andredecourts foton från 2003-11-30

Iniciarei uma breve seqüência sobre Santa Teresa, primeiro vai essa foto fantástica do sec. XIX, certamente onde hoje é o Largo do Guimarães onde os únicos indícios de urbanização é a amurada que servia para suportar as tubulações que levavam água do Silvestre para a cidade, os bondes puxados a burro, e os lampiões a gás

Comments (9)

Dani 2003-11-30 21:47 …

Puxa, pena que eu não conheço Santa Teresa o suficiente para saber como está o Largo do Guimarães hoje.
Olhando essa foto só vejo uma rua que corta a mata e mais nada!
Imagino que hoje esteja IRRECONHECÍVEL!!!
:) ))

Dani 2003-11-30 22:04 …

Oh céus… fui pesquisar e acabei de descobrir que o Largo do Guimaraes é o centro do bairro!
É isso!? (eu não sou do Rio, dá um desconto!)
Se for isso mesmo, então essa foto é inacreditável!

lanari 2003-11-30 22:58 …

Adorei! Nunca tinha visto uma foto de Santa Teresa dessa época.

rioantigo 2003-12-01 05:40 …

Ainda era um lugar bucólico, tranqüilo, silencioso, ar puro.

the_BRYAN 2003-12-02 06:54 …

Muito boa essa foto.Como a urbanização mudou esse lugar… RIO SEMPRE !
Obs.: Andre,dá um toque no seu amigo do “rioantigo”,pra ele disponibilizar novamente os comentários para quem só quer “voyeurizar” os flogs. :)

nelson369 2003-12-02 11:11 …

Largo do Guimaraes? Acho pouco provável, prezado, mas valeu pela foto. É rara mesmo. Impagável. Vai fundo.

guimacaco 2003-12-02 15:44 …

Isso quer dizer que o adega e o sobrenatural ficam à direita. Essa foto está do além…
Mas, para ser franco, acho que não se trata do mesmo lugar, pois pode ser uma daquelas ruas que sobem nas casas da Alm. Alexandrino.
Mesmo assim está um luxo.

andredecourt 2003-12-03 17:49 …

pode até ser a rua do aqueduto, mas as fotos foram tiradas do site de um grande conhecedor do sistema de bondes de Santa Teresa e colocadas agrupadas mas essa amurada certamente faz parte das tubulações que conduziam a água, reparem na próxima foto onde o largo já tem cara de largo

afranio@ 2004-09-15 02:05 …

Belíssima foto, mas parece pouco provável ser do Largo do Guimarães. Na época já haviam residências e na foto não aparecem. Pelo lugar dessa foto parece mais ser do final da rua Almirante Alexandrino, indo para o Silvestre.