andredecourt's photo from 8/18/04

Uma foto que mostra como o era a região hoje conhecida como trevo das Forças Armadas, mas na época dessa foto a região era conhecida apenas como Ponte dos Marinheiros, numa remissão histórica a primitiva Aguada dos marinheiros, onde os navios entravam pelo mangal de São Diogo a fim de se reabastecer das águas até então límpidas do Rio Comprido que desciam pelas fraldas do Maciço da Tijuca, sendo irmãs das do Rio carioca, outra aguada importante, essa virada para a parte sul da cidade.
Com o progresso e a expansão da cidade para São Cristóvão, foi construída na região uma ponte ultrapassando o rio na altura de uma das pistas da atual Av. Pres. Vargas (pista sentido Zona Norte), no leito da antiga rua Senador Euzébio, conhecida por muitos anos por caminho ou estrada do Aterrado ou das Lanternas, lanternas estas que iluminavam toda a via, e que possui duas versões uma oficial e outra maldosa, a oficial é de padre Perereca, onde as lanternas penduradas em postes ora pintados de vermelho ou ora de branco serviam de aviso para que os veículos não se desviassem do caminho e caíssem dentro do mangue que cercava ambos os lados da estrada, a outra oficiosa e bem maldosa é nos dada por Vivaldo Coroacy, que D. João VI além do medo do escuro, tinha muito medo de ali ser emboscado, nas voltas do Paço rumo a Quinta quando a noite caía, bem essa versão tem um que de verdade, quando passamos a conhecer melhor quem foi dona Carlota Joaquina.
A primeira versão da ponte foi construída pelo grande Marquês do Lavradio, e reformada e ampliada por D. João VI, e nos seus primórdios contava com um posto da guarda que com cancelas fechava aquela entrada da cidade, foi por ela que os corsários de Duclerc invadiram a cidade vindo de Guaratiba.
A ponte antes de Pombal também servia de limite das terras da cidade com a dos jesuítas.
Com o passar dos anos, a regularização dos mangues primeiro por Mauá, na atual Pres. Vargas, e posteriormente com Passos na Francisco Bicalho, novas pontes foram surgindo, principalmente após a criação do largo do Matadouro atual praça da Bandeira.
No governo Lacerda, a ligação centro-zona Norte-zona Sul, foi implementada com a Radial Oeste, e o túnel Rebouças juntando-se com a Pres. Vargas ficando seu ponto chave justamente na região da velha Aguada dos Marinheiros e seu velho tecido urbano se mostrava incompatível com as novas exigências.
Decidiu-se então construir um conjunto de grandes viadutos que foram sendo realizados durante os anos 60 e 70, vemos aqui o primeiro ligando a Pres. Vargas a praça da Bandeira, do velho traçado existem restos ainda vistos através dos gramados na forma das muretas que aparecem nessa foto já bastante destruídas.

Comments (23)

jro 8/18/04 8:46 AM …

Onde é isso hoje, André ?

andredecourt 8/18/04 9:02 AM …

No final da Pres. Vargas, ou da Praça da Bandeira, ou da Francisco Bicalho ou do Paulo de Frontin, é naquela zona de viadutos !!

lexved 8/18/04 10:15 AM …

Será q ainda não existia aquela chaminé do açúcar pérola (na rua Pedro Alves) ou será q o ângulo não foi favorável? (deveria aparecer na extrema direita da foto, se ofsse o caso)…
Quanto aquela construção larga lá atrás, seria a estação da Leopoldina?
Conheço bem essa área pois trabalhei por 10 anos na Pedro Alves…
Um abraço!

jro 8/18/04 10:19 AM …

Saquei.
Então aquele Chevy escuro ao lado de uma camionete Chevrolet devia ser o pai do Jason levando ele para o estágio que ele fazia na Rua Irineu Marinho.
Alias, dizem até que a vaga que o Dodge Dart do Agamenon usa hoje em dia era dele …

JRO :-) )))))))))))))))

betasat@yahoo.com.br 8/18/04 10:41 AM …

André,
vi o site e adorei.
Eu sou carioca, mas moro em BH.
Sou bisneta do Marechal Souza Aguiar, projetista da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro.
Adoro o Rio e gostaria de manter contato.
Roberta

love_kau 8/18/04 10:42 AM …

passei pra um beijinho pra lá de devido e atrasado…
sorry pela ausência constante…
bom dia procê…
PAZ E BEM!

tumminelli 8/18/04 12:23 PM …

Imagina o caos que seria a cidade sem essas pontes. Já é uma loucura… Seria uma cidade parada!

andredecourt 8/18/04 12:46 PM …

A chaminé não aparece realmente, dei uma conferida na foto original, mas ela pode ser posterior, pois essa foto tem 40 anos
O prédio maior que vemos lá atrás realmente é a estação da Leopoldina, a sua direita podemos ver um dos reservatórios do gasómetro

Jason 8/18/04 1:20 PM …

Nunca pensei que a referência aos “marinheiros” para batizar o viaduto vinha de tão priscas eras.

Engraçado, para mim sempre foi Viaduto dos Marinheiros, e o é até hoje… nunca chamei de trevo das Forças Armadas. Esse nome para mim é novidade.

Sempre que passo pela região dirigindo o Chevrolet (ou seja, quase todo santo dia) lembro da seqüência de abertura do filme “Toda nudez será castigada”: Herculano (Paulo Porto) dirigindo um Cadillac 51 preto conversível (que nos anos 70 era um carro de burguesia bem decadente). Começa no Aterro e segue até a Praça da Bandeira.

Já passei pelo Arnaldo Jabor duas vezes e quase disse isso. Mas achei melhor ficar quieto e não bancar o maluco…

andredecourt 8/18/04 1:43 PM …

Cada viaduto tem o nome de uma arma, esse é dos marinheiros, o nome histórico, depois como era época da ditadura, desvirtuou-se o nome histórico do local , v/c tem agora dos Aviadores, Pracinhas e Fuzileiros …..

jro 8/18/04 1:50 PM …

Não falei que o Jason passava por ali…????

JRO :-) ))))))))))))))))))

Antolog 8/18/04 1:54 PM …

Para quem é do suburbio e trabalha no Centro é quase passagem obrigatória. Também sempre conhecí como viaduto dos Marinheiros, e nunca imaginei que embarcações chegaram até alí…

alvarogabriel@openlink.com.br 8/18/04 2:14 PM …

Engraçado, André. Fiquei com a impressão que a foto está invertida. Acho estranho ver, dessa posição o que parece ser a Leopoldina e lá atrás, o gasômetro. Será que estou errado ?

alvarogabriel@openlink.com.br 8/18/04 2:33 PM …

Desculpe, desculpe, desculpe.
Agora entendi a posição da foto; desculpe mas este meu sanguezinho português….

Jason 8/18/04 3:22 PM …

Essa foto deve ser de 63 ou 64, é isso?

lexved 8/18/04 3:39 PM …

Alvaro Gabriel, essa foto foi tirada mais ou menos da altura de onde hoje fica o prédio do teleporto

andredecourt 8/18/04 7:10 PM …

Essa foto é dessa data mesmo Jason

Luís Felipe Pires 8/18/04 8:34 PM …

Quando eu era criança, ainda não existia nenhum viaduto, e os ônibus na volta para o subúrbio tinham que passar por uma pequena ponte com arcos, bem ao lado da linha do trem ( ponte que até hoje ainda existe )e ficava tudo engarrafado…!Esta ponte pode ser vista em :http://antolog.flogbrasil.terra.com.br/foto2060516.html
E a sequência de abertura de “Toda Nudez Será Castigada” é antológica, imperdível, para quem quer ver o Rio dos anos 70 ! Aliás, esse filme marcou muito a vida de quem era adolescente nos anos 70 !!!:-)))

rbpdesigner 8/18/04 8:37 PM …

até que estava bem bonito o projeto…
[]s

lfcastro 8/18/04 10:14 PM …

Esse Rio era bem mais bonito! Seu Flog é maravilhoso.

sergioaraujo 8/19/04 12:38 AM …

Que loucura
abs

Edu 8/25/04 8:51 PM …

À ESQUERDA AO fundo ve-se SANTA TERESA.Logo NADA tem a ver com a chaminé do Açucar Perola que fica
BEM à esquerda e a câmera não poderia pegar.Angulo desfavorável comentaram tambem.
Passei muito por esse viaduto.Os carros estão indo em direção ao CENTRO da cidade OK ? O viaduto ainda ESTÁ LÁ e à sua direita vê-se alguns prédios cujo endereço ACREDITEM (!) é
Av Pres.Vargas.O final do viaduto sai no que hoje é o prédio dos correios…

Edu 8/25/04 9:03 PM …

Andre, estivemos juntos hoje com o Tumminelli que me apresentou a voce na estação do metro na deliciosa exposição de fotos de Copacabana.DESCULPE mas NÃO pode ser a estação da Leopoldina.Nem com foto invertida.Do lado de CÁ tinha a tal pontezinha que alguem comentou que ainda está lá até hoje.LOGO não pode ser a Leopoldina porque ela está ATRÁS da tal pontezinha.Esse foi o PRIMEIRO dos 3 ou 4 viadutos e o ano é eu diria 1965.Ou 63 quem sabe ? Isso eu não peguei mas meu pai conta que chamava-se PRAIA FORMOSA (tinha uma PRAIA de rio MESMO ali !!!) e o bonde saía da rua do livramento e passava por ali e ía em direção ao centro…Ah, a propósito esse era o título que eu pretendia usar num site sobre o Rio Antigo… mas
valeu !Obrigado.Publica mais fotos !