andredecourt's photo de 20/09/04

O sobrevivente

Esse simpático prédio está ainda de pé, fica na esquina da praia do Flamengo, com Av. Oswaldo Cruz, e possui interessantíssimas gárgulas certamente inspiradas nas da catedral de Notre Dame em Paris.
O prédio foi projetado pelo famoso arquiteto Heitor de Melo, e com talhas de Woldemar Bogdanoff para ser uma residência unifamiliar, certamente inspirada nas town houses americanas, mas com uma linguagem francesa, o projeto é de 1913, e o prédio é muito curioso em sua divisão interna original.
No primeiro andar tínhamos 2 quartos, um vestíbulo, um Wc com sala de banho, um depósito de malas !!, uma dispensa, e em todo lado à direita da porta de entrada um grande salão de bilhar com mais de 24 metros quadrados.
No segundo andar tínhamos a parte social da casa, com copa e cozinha com uma boa metragem para a época, uma grande sala de jantar, um hall, e um grande salão com a mesma área do bilhar abaixo, e também um curioso toalete de forma circular.
No terceiro andar temos, dois quartos, um quarto de vestir, uma biblioteca, um grande salão de banho, há também uma pequena escada em caracol que dá acesso ao terraço e aos cômodos na mansárgada.
Essa divisão interna talvez não seja a definitiva, pois na planta que tenho a pequena torreta que há no segundo andar e que vemos na foto, não existe, talvez seja o toalete do segundo andar que trocou de lado na execução ou aprovação final, ou seja, apenas estética.
O Castelinho hoje se encontra imprensado entre prédios, mas seu terreno era bem mais profundo, nos anos 40 um prédio foi construído em seu terreno na Av Oswaldo Cruz, deixando-o completamente sufocado.

Comments (37)

jro 20/09/04 10:20 …

Como é que vc sabe destas intimidades arquitetônicas do prédio????

JRO :-) )

leflaneur 20/09/04 10:32 …

Eu tenho a planta dos apartamentos, num livro sobre arquitetura eclética do Rio de Janeiro que vc deve ter, um em 4 volumes, cada um para um estilo.

André, eu não lembrava mais daquelas ruínas, desde o tempo em que me apresentei. Naquele tempo tinham muitas ruínas, como aquelas do Arpoador… ruínas

vou te dar crédito lá, porque nunca soube que eram do guindaste da construção, achava que eram de canhões. Abs

bwanis 20/09/04 10:37 …

Eu tbm fiquei impressionada com a riqueza dos detalhes que vc mencionou nesse texto!!!!
:) )

rockrj 20/09/04 10:47 …

Na próxima vez que passar lá, vou tentar vê-lo.
Por causa do seu flog, vou reparar mais nas construções antigas…
E o castelinho da Praia do FLAMENGO, já apresentou ele aquí?

andredecourt 20/09/04 10:49 …

Eu já mostrei ele aqui em outro angulo, como parte de um dos postais do Carlos Cattoi, o link :
http://ubbibr.fotolog.net/andredecourt/?photo_id=7614729

Sergio Luis dos Santos 20/09/04 10:55 …

André!
Que coincidência esta foto. Tempos atrás, quando pedi ao Tumminelli uma foto do Cine Jussara, falei sobre este prédio. Sempre fiquei curioso com os detalhes, tais como a torre ali perdida. Nunca me parecera um prédio para vários moradores e agora você confirma. Cheguei a achar que tivesse sido alguma escola ou embaixada, visto que acima do portão têm o que me parece ser o suporte para um mastro de bandeira.
O prédio agora, além de muito escurecido pelo tempo, ficou muito escondido pelos prédios de ambos os lados e as árvores na frente. Muita gente nem percebe na hora que o ônibus faz a curva “delicadamente”…
E o prédio na Praia do Flamengo que têm uma estátua, tipo animal alado no topo. Alguém por aí têm referencia dêle ???

andredecourt 20/09/04 10:59 …

Que prédio é esse com essa escultura ??? No topo ou em cima do frontão da portaria ????

betotumminelli 20/09/04 11:02 …

Há na fachada do predio, no seu lado esquerdo, o nome do “esculptor” e “architeto” desse predio e se não me engano data…

:-) ))

andredecourt 20/09/04 11:08 …

1913 ..hehehe

garanhuns 20/09/04 11:26 …

Olá! Esse castelinho que está de pé e impressado :) está sendo usado? Se sim, o que funciona lá?

Como é a questão de tombamento aí no Rio? Assim, existem muitos prédios tombados?

apessoa(unplugged!) 20/09/04 11:34 …

Esse prédio ainda funciona como moradia.

Sobre a fachada do Cine Palácio:
Ela, e somente ela, pena, está sendo restaurada pelo arquiteto Rodrigo Azevedo, e por ser em “neo-mourisco” com consultoria da equipe aqui do DPH da Fiocruz.
Quanto aos tombamentos:
Se muito não me engano o Rio é cidade com o maior número de edificações tombadas, tanto pelo IPHAN, em esfera federal, tanto quanto o INEPAC e DGPC, em níveis estadual e municipal, sem contar o tanto de edificações tuteladas. Para ter uma idéia recomendo uma visita ao site do IPHAN, www.iphan.gov.br, onde há a listagem de todas as edificações tombadas do Brasil. Abraços, galera!

riobus 20/09/04 11:41 …

sei onde é!

andredecourt 20/09/04 11:41 …

Está sendo ocupado ainda como residência, temos muitos imóveis tombados, através de vários tipos de tompamento, muitos tombamentos são feitos por leis específicas englobando bairros inteiros da cidade, as chamadas APAC`s, temos também o corredor cultural, no centro, e asAPA`s que além de tutelarem imóveis tutelam juntamente áreas de cobertura vegetal, restringem a ocupação reduzindo o gabarito e restringindo o tipo de comércio e indústria do bairro.
O maior problema hoje, é no Centro, Santo Cristo, Lapa e Gamboa a decadência da região, onde não se mora mais, alguns bairros sofrem com a favelização e a violência que anulam qualquer medida de tombamento

alvarogabriel@openlink.com.br 20/09/04 11:49 …

No fútil terreno da cultura inútil,em Portugal, a mansarda tem um nome muito curioso: trapeira. O que, na minha opinião, faz muito mais sentido do que o termo afrancesado que usamos no Brasil. Lá em Santa Teresa, minha atual terra, tem dois castelinhos famosos. Um é o Castelinho São Valentim feito por um português doido para moradia da sua família com seis filhos. É enorme e vale o esforço de vê-lo (pelo menos por fora porque, hoje sendo um edifício, não devem deixar entrar) O outro castelinho (castelão) é onde fica o CEAT. Centro Educacional Anísio Texeira que fica logo depois do Corpo de Bombeiros Florestal, indo para as Paineiras. Também foi feito para abrigar uma só família. Inacreditável.

diario2004 20/09/04 12:02 …

eu adoro esse predinho, e se não fosse pela confusão que é aquela esquina hj em dia, adoraria morar nele

Sergio Luis dos Santos 20/09/04 12:53 …

André, vou te passar as coordenadas por “navegação” pois nunca anotei a rua !!
Indo da Zona Sul para o Centro da Cidade, um pouco antes das quadras de futebol, temos um prédio, acho que é a administração do Parque do Flamengo. É onde têm também as quadras decadentes para basquetebol/voleibol e as mesas sobreviventes para “jogos de mesa”. Se localizou? Bem, olhando para a esquerda, onde ficam os prédios, têm um muito bonito em cor escura, me parece marrom, com detalhes em claro, creme ou branco escurecido. Lá em cima, temos o tal animal, um Grifo, se é este o nome correto. Já pensei em ir até lá e pedir para fotografar ou do prédio na esquina em frente. Eu mesmo já conversei uma vêz com um Tumminelli uma caçada por detalhes perdidos, como estas estátuas, portas em madeira, nomes de antigas firmas como nos prédios da rua Buenos Aires. Já reparou em um prédio que têm bem defronte ao Procon?? Têm até efígies dos fundadores!

Sergio Luis dos Santos 20/09/04 12:57 …

Falando em Santa Tereza, quem aqui conhece um condomínio onde para se chegar nas casas, só se pode ir pegando um “trenzinho” na portaria, que é um pequeno veículo movido à gás?? Muito charmoso mas péssimo para quem tem carro. Tem de ficar na rua. Um pequeno paraíso que vai sendo cercado pela favelização, uma pena.

tumminelli 20/09/04 13:25 …

Sergio,

eu coneçho muito bem esse condominio. Passei parte da minha infancia lá… Tenho planos de fazer uma serie sobre ele… O estacionamento foi o unico item qua a prefeitura da epoca impediu de ser construido… Uma pena. O resto espero poder em breve contar lá no log.

:-) )))

andredecourt 20/09/04 13:37 …

Sérgio, o prédio que v/c fala deve ser o Seabra, o famoso “Dakota Carioca”

leflaneur 20/09/04 15:16 …

Não é, André, acho que é esse mesmo. Esse não é aquele preto, cheio de cobras e bichos, na esquina da Praia do Flamengo com a Rui Barbosa?

jro 20/09/04 16:06 …

André, uma pergunta que não quer se calar :
O que vc tinha de tão importante para falar com o Roberto hoje quando ele ainda estava dormindo ?

JRO :-) )

vodca 20/09/04 16:59 …

cada dia que passa…mais enrolada…mas sobrevivendo. ahahah

andredecourt 20/09/04 17:28 …

é esse meso Lefla

eduardorj 20/09/04 17:43 …

Arquitetura bonita, eu ainda não reparei muito bem esse prédio a noite.
Ele tem iluminação boa? Pode ser que fique interessante umas fotos.
abs

andredecourt 20/09/04 17:49 …

Eduardo é muito escuro !!

zecarioca 20/09/04 19:24 …

Acho que nunca reparei neste prédio ou então não estou ligando a foto ao original!!

www.fotolog.net/antigos 20/09/04 22:27 …

Continue sempre assim……..

yas_snape 20/09/04 23:36 …

Hum… Ela não é operadora de balança… Muito menos aquilo é um restaurante à quilo… Aquela moça é minha tia, e aquela é uma pizzaria chamada Stravaganze… hehehehe.

Beijinhos

leflaneur 21/09/04 00:14 …

O golpe republicano levou o País aonde está. O Imperador tinha respeito. Hoje temos o quê? quem é cidadão no Brasil? No Império a Princesa Isabel lutava pela abolição. Hoje quem luta por nós na República (desde 1899?)

carolrosachoque 21/09/04 00:41 …

Gostei da foto ;-) Ainda bem q mesmo prensadinho este ainda sobrevive não? rs
Bjos

neilimarts 21/09/04 01:33 …

Olá, amigo André!
Fiquei me deliciando com o bate-papo deste espaço de comentários! Cada qual tem um detalhe conhecido para acrescentar. Muito bom isso! A gente só a aprender mesmo!
Um forte abraço!
E o cabeção vai continuar lá, olhando imponentemente para os passageiros incautos nos ônibus que passam ali…

natureco 21/09/04 08:20 …

Muito lindo André. Esse é um dos poucos que tenho uma fotografia atual. É um milagre estar preservado.
Abçs.

jaymelac 21/09/04 08:40 …

A Praia do Flamengo ainda abriga preciosidades do passado. Não me lembro desse prédio talvez porque ficasse próximo à residência do embaixador da França, uma construção de estilo que ocupava uma enorme testada de rua e foi desnecessariamente vendida para dar lugar a um horrível prédio chapado, que me ofusca a vista quando passo pelo local. Pobre cidade a nossa, descaracterizada por construções predatórias até poucos anos, e agora por favelas…
Grande abraço, Jayme

abk 21/09/04 09:13 …

André, vou passar a reparar nele, quando passar por lá.Bastante detalhada a sua descrição e muito interessante.
Abraços.

dannie_witchery 21/09/04 11:28 …

Eu amo esse prédio! Meu sonho de infância era morar nele…

pedrofontes 22/09/04 13:18 …

que diferença poder vê-lo com luz direta… Agora é até difícil “encaixar” sua existência só na sombra… Já deve ter deixado de ser um bom local pra morar por causa disso também!

Oliveira 14/12/04 08:10 …

Muito interessante minha tia morou no prédio que fica a frente desse castelinho no Flamengo, sempre tive curiosidade em saber dele e aqui consegui saber na procura de fotos muito interessante.
Interessantíssimo é o palacete que hoje é o centro cultural Julieta de Serpa.