andredecourt's photo from 11/1/04

Um flagrante da movimentação da Av. Rio Branco no início dos anos 20.
O mais engraçado da foto é a desconfiada figura de chapéu de palhinha que fita o fotógrafo com uma cara meio contrariada.
Aliás, chapéu é uma unanimidade, até as crianças à direita do foto estão usando.
Essa foto foi tirada, um pouquinho depois da rua da Assembléia, já quase Sete de Setembro e tomada em direção à Cinelândia.

Valeu Jason

Comments (32)

marcelomartins 11/1/04 9:31 AM …

Foto para pesquisa de figurino…gostei! E esse moço da frente hein…só na pose pro fotografo!!! ahahahah…
bom dia amigo…que calorrr!!!! ;0)
marcelinho

Lefla 11/1/04 9:36 AM …

…tô trabalhando… :(

andredecourt 11/1/04 9:44 AM …

Que M heimm Lefla, a costela foi um evento privado, um amigo apresentando a nova namorada, e pelo visto o pai que é um piloto de churrasqueira de primeira classe !

kasersose 11/1/04 9:53 AM …

Não lembra um pouco a “Avenida de Mayo”, em Buenos Aires?

kasersose 11/1/04 9:54 AM …

Legal tammbém ver o camarada de terno branco andando calmamente pelo meio da rua…

Quando é que a gente toma um chope de novo, hein?
abração
e.

rodperez 11/1/04 9:56 AM …

rio branco é hoje um local caótico!

Marcelo Almirante 11/1/04 10:00 AM …

Foto sensacional. Que tranquilidade era a Rio Branco. Não conhecia esse postal. O Rio dos anos 20 me fascina. Tenho uma foto da Rio Branco nos anos 40 também com pedestres, no seguinte link, na minha página:

http://geocities.yahoo.com.br/row701/rio-bus-06.htm

angemon 11/1/04 10:05 AM …

olha que beleeeeeza!!
amihgo, valeu!

jro 11/1/04 10:29 AM …

Será que a calça dele é de linho??

Jro :-) )

angemon 11/1/04 10:30 AM …

ops..André, qual é o nome daquele flogger que foi tb? amigo do TTT? heeeeelp!

alvarogabriel@openlink.com.br 11/1/04 10:39 AM …

Belíssima foto. Dá para viajar horas nela. Tá bem, horas pode ser um pouco de exagero mas o que eu mais gosto é ficar imaginando a vida de cada um; quem era, o que fazia, o que pensava do Epitácio Pessoa o presidente da época (ou já seria o Arthur Bernardes ?)se ia ao “foot-ball”, se torcia pelo Fluminense ou pelo Flamengo. O janota, por exemplo, que vem ali pelo meio da rua não me engana, era funcionário público e flanava à toa depois de ter assinado o ponto.

heilborn 11/1/04 11:14 AM …

Olha a criança de botas ortopédicas e chapéu!
Como disse o Kaser, parece Bs.As. hoje.

E tem lugares lá, como Palermo Viejo, que vc se sente na Espanha. Mas estou offtopic.

Av Rio Branco era bem francesa.

angemon 11/1/04 11:21 AM …

merciiii!

maluara 11/1/04 11:32 AM …

Linda essa foto mostrando também os trajes da época!

O dia ontem foi ótimo!

Beijos,
Maria Luiza

violetamafalda 11/1/04 11:38 AM …

Esse bonitinho aí de branco parece o meu Pai, meu querido e saudoso Pai. Nessa época êle devia estar andando por aí… Um beijo.

mapas 11/1/04 11:41 AM …

Curioso esse “ralo” redondo circundando as árvores (o cavalheiro escabriado está com o pé sobre ele). Cheguei a ver desses alguns anos atrás. Acho que não sobrou nenhum, já que conforme o André informou noutro dia, o ferro fundido tá valendo uma grana.

garanhuns 11/1/04 11:49 AM …

Que registro ótimo!! Olha os carros, olhas as roupas. Realmente, a cara de poucos amigos desse cara é ótima. :)
Este local parece muito com a Rua do Bom Jesus, no Recife, numa parte conhecida como Recife Antigo, onde temos alguns imóveis bem conservados, outros nem tanto.

agimenez 11/1/04 12:00 PM …

Passa lá e dá uma olhadinha na ilustração dos cartões postais de 1932.

alvarogabriel@openlink.com.br 11/1/04 1:18 PM …

Mas vem cá, esse “ralo redondo” (deve ter um nome específico) ainda existe em alguns lugares do Rio, né não ? Não me lembro onde mas já vi alguns deles por aí. Vou ficar de olho.

Antolog 11/1/04 1:22 PM …

Trabalhei próximo a este local, não na época…
Mas é bastante interessante ver a Rio Branco assim, tão calma…

Marcelo Almirante 11/1/04 2:27 PM …

Mais calma, mais limpa, mais européia não só na arquitetura mas no povo também, por ser menos miscigenado. Do que jeito que anda a natalidade das nossas “comunidades”, a cidade tende a se transformar numa cidade africana, incluso na arquitetura, que é um reflexo de quem mora dentro.

thiagostoco 11/1/04 3:32 PM …

É uma foto melhor q a outra!!!!
Parabéns, parabéns e parabéns!!!

guscar 11/1/04 3:42 PM …

Não André. O único fotologger que não tira fotos agora sou eu (risos). Mas espero perder esse título em breve.

maluara 11/1/04 5:07 PM …

Cabos, mas não faço idéia do que seja.
Creio que seja apenas uma escultura moderna!!!

Beijos,
Maria Luiza

jornalistabr 11/1/04 6:08 PM …

Como diria o Giovani “FELOBENAL”!!!!
Abração

jro 11/1/04 10:02 PM …

André,
Tutu está a perigo.
Anda fantasiando que é um naufrago a busca das ilhotas da salvação…

Jro :-) )))))))))

gerard_3 11/1/04 10:14 PM …

André quinta estou te esperando!
Bj!
De

bandman 11/1/04 11:18 PM …

Wonderful photo of old Rio. I will be moving to Rio from NJ, USA in 2 weeks. I will be living in an apartment in Copacabana and I can`t wait to get there. It has been my dream to live in Rio for many years and now that I am retired, i am doing it.

IO have added you to my F/F list — if it works! Fotolog has been having growing pains again.

A fellow fotologger, Riobus, told me about your fotolog and I can see why he likes it so much. Your pictures are outstanding, both of today`s world and yesteryear.

carolrosachoque 11/2/04 12:01 AM …

Adorei a foto, e muito engraçada mesmo a cara do homem rs tipo não estou gostando nada nada, agora ficou para a posteridade!! :-P Legal demais!!
Vou conferir seu flog e suas fotos!!
Obrigada pelo comentário lá no meu ;-) Tb não curto dia das bruxas, foi o único q participei rs Para o Brasil não dá, aqui o bom mesmo é o nosso folclore riquíssimo e bem melhor né
Bjos

vodca 11/2/04 7:01 AM …

caríssimo não tenho mais seu telefone…foi no meu aparelho velho, ainda não tinha passado para o palm. Mas o lefla, a heil e a be tem. Liga hj. beijos