andredecourt's photo from 11/21/04

Um belo crepusculo na Av. Pres vargas nos anos 60.

A iluminação pública ainda é a original da via, e o costume de se estacionar à 45 graus na pista central, que vinha desde os anos 50 ainda era mantido.

Comments (17)

soso 11/21/04 8:00 AM …

que bela foto!!!!!!!!!
abraços!!!!!!

ze_lobato 11/21/04 8:13 AM …

Uma foto bem escolhida! A iluminação da avenida era muito mais bonita que a atual, e a luminação da foto então nem se fala!
Abraços e um bom Domingo!

Marcelo Almirante 11/21/04 8:18 AM …

Engraçado, por fotos e filmes o Rio dos anos 60 tinha uma atmosfera mais “limpa”.

rio_antigo@ig.com.br 11/21/04 8:57 AM …

A avenida Presidente Vargas sempre teve um espírito modernista, com seu grande fluxo de veículos e os altos edifícios, sede de grandes empresas. Ela já nasceu botando abaixo o passado da cidade e abrindo uma reta para o que pudesse ser considerado progresso. E a sobrevivente Candelária está lá, como um estranho altar para esse grande corredor, templo de concreto e asfalto.

lucia 11/21/04 9:56 AM …

E ai, matou a garrafa?
GustavomaridodaLucia

Rafael Netto 11/21/04 10:44 AM …

É impressão ou os carros estão estacionados na pista central da avenida??? A iluminação realmente é mais bonita, mas devia ser muito menos eficiente. E é bom lembrar que até pouco tempo atrás não havia “canteiro central” na Pres.Vargas, só um canteiro “virtual” de asfalto delimitado por faixas. Será que nessa época também era assim?

pikyto 11/21/04 11:21 AM …

Linda imagem! Uma coisa que me incomoda na Pres. Vargas é a Candelária “ao contrário”. Abs.

rockrj 11/21/04 12:19 PM …

Linda foto!
Ouvi dizer que foi pensado inverter a posição da Candelária, é verdade???

derbo 11/21/04 1:03 PM …

Sensacional a foto! Muito legal mesmo, ainda mais sendo da minha cidade e do Centro da cidade que tanto gosto ! Legal!

angemon 11/21/04 1:11 PM …

showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww

mapas 11/21/04 2:48 PM …

Mesmo estando “ao contrário”, a Candelária teve muita sorte de não ser derrubada para a construção da avenida, como aconteceu com três importantes igrejas da cidade: a de São Pedro dos Cléricos, a de Bom Jesus do Calvário e a de São Domingos.

Dessas, o maior crime foi contra a Igreja de São Pedro dos Cléricos, demolida em 1944. Era uma das mais importantes igrejas da cidade, uma jóia do barroco carioca, interior totalmente decorado por Mestre Valentim. Sua construção datava de 1733 e só restaram duas igrejas no Brasil no mesmo estilo “arredondado”, a do Outeiro da Glória, no Rio, e a de S. Francisco de Assis, em Ouro Preto.

andredecourt 11/21/04 4:02 PM …

Tentaram virar a Candelária usando uma técnica de congelamento de solo, como também quase arrastaram a igreja de São Pedro para a margem da avenida usando uma técnica de roletes metálicos, mas pelo que parece a guerra inviabilizou a obtenção do material e ela foi demolida.

Quanto a iluminação a eficiência pode ser colocada na ponta do lápis, nesses globos haviam lâmpadas incandescentes de 1500 W hoje a avenida usa lampadas de sódio de 400 ou 600 W, com maior eficiência, mas a cor mais humana das lâmpadas incadescentes ainda não foi reproduzida nessas lampadas de descarga, a noite não fica tão bonita

nemsodecao 11/21/04 4:47 PM …

“Genial essa, André! :) ” Magali

Marcelo Almirante 11/21/04 6:02 PM …

A avenida Presidente Vargas é uma tragédia. Ninguém gosta dela, tanto que até hoje não se encontra devidamente ocupada, apesar de todas as facilidades de transporte, n linhas de ônibus, metrô e supervia.

trymeon 11/21/04 8:56 PM …

demais!!!

essa vista da candelaria é foda!

nos dias de hoje de vez em quando, passa um avião em cima da igreja, que tbm dá um visual alucinante…

:-)

Rafael Netto 11/21/04 11:07 PM …

Sobre as igrejas… há algum tempo houve no CCBB uma exposição sobre projetos não realizados no Rio, e mencionava as alterações feitas pela Pres.Vargas. Pelo que dizia lá, a técnica de “congelamento do solo” foi cogitada para mover a igreja de S.Pedro. Quanto à Candelária, embora a exposição sugerisse que haviam pensado em “rodar” a igreja (tinha até uma maquete interativa), o material da época indicava que a idéia era apenas fazer uma nova fachada voltada para o eixo da avenida.

carlosmarcelo 11/22/04 3:57 AM …

Eu nunca tinha me dado conta q era ao contrário, só há 5 anos, pq alguém me falou! :) hehehe!

Foto belíssima.

Nos finais de semana, a Pres. Vargas ainda é usada em parte como estacionamento, inclusive a Rio Branco.