andredecourt's foto van 2-12-04

Uma foto de Malta, do início dos anos 20 mostrando com nitidez e uma bela luz o velho prédio do Jockey Club, localizado na esquina das Avenidas Rio Branco e Almirante Barroso.
Podemos ver com detalhes, os trabalhos de decoração da fachada, os elegantes toldos, no último andar, bem como a interessante volumetria do prédio.
O conjunto dos prédios do Jockey e do Derby, foi demolido no início dos anos 70, apesar dos protestos, pois com a sua demolição se desfigurou o único quarteirão da Av. Rio Branco que se mantinha intacto, com o Clube Naval, Teatro Municipal, e Museu de Belas Artes.

Comments (35)

joelmarinho 2-12-04 7:08 …

André,
nas minhas memórias a Panair já tinha sido extinta. Ou foi a Real …?!

fkremer 2-12-04 7:11 …

Muita sacanagem derrubarem uma obra dessas! :/

everjoy 2-12-04 7:12 …

O ser humano vem destruindo muitas coisas maravilhosas em pró da ganância… abraços

rockrj 2-12-04 7:16 …

Um crime demolirem um prédio destes…

natureco 2-12-04 7:18 …

Bom dia André. Não sei como tiveram coragem para demolir. :(
O que temos que fazer é lutar pela preservação do que ainda resta.
Abçs.
Luiz.

agimenez 2-12-04 7:26 …

Imponente.
Como seria por dentro da cúpula? Essa entrada devia ser linda, olha só a altura do pé direito.
Milu

joelmarinho 2-12-04 7:29 …

interessante a questão do inconsciente coletivo. vc conta da panair no globo de hoje. ainda há pouco li sobre drummond ter sido farmacêutico, ainda que não tenha exercido, na folha de são paulo….existem mais coisas no ar além dos aviões de carreira…

Lefla 2-12-04 8:14 …

ressaca de novo…

alvarogabriel@openlink.com.br 2-12-04 8:15 …

Voltando ao assunto da “transformação” necessária. Dá para defender a derrubada de um prédio como esse ? Por mais “pilotizados” e “brisesoleizados” que estivessemos por nossos arquitetos dos anos da “redenção socialista” considero um crime derrubar uma obra dessas. Aí vem aquele papo do “espaço” da “luz” dos “vãos livres…” Acho que os “vãos” é para essa gente todo ir para Mérida.

alvarogabriel@openlink.com.br 2-12-04 8:16 …

Refazendo a piadinha: ” Vãos, vãos…vãos à Mérida”.

andredecourt 2-12-04 8:22 …

Pô Lefla, novamente…..e eu sóbrio

andredecourt 2-12-04 8:24 …

Álavaro já conversamor por aqui na soberba dos modernistas, achando que suas obras seriam as definitivas, como tudo nesse mundo se transforma, as obras deles hoje estão ameaçadas de demolição pelos bregas pós modernos das CHL e Wrobel da vida.
A vontade que dá de falar é : “destruam os brises e os pilotis”, mas estaremos sendo tão levianos e egoístas como eles foram !

alvarogabriel@openlink.com.br 2-12-04 8:29 …

É, você tem razão, André. Eu é que, vez em quando, tenho uma recaída revisionista he he he he he he. Procuro não ser radical mas, sabe como é né…o stresse, a Rosinha, o Jabour…

amaccord 2-12-04 9:03 …

Por que é que não constroem coisas tão bonitas assim hoje em dia..? :-( ((

andredecourt 2-12-04 9:12 …

Aline, porque simplesmente hoje não há mais mão de obra suficiente para fazer os milhares detalhes que esses prédios ecléticos tinham.
A arquietura moderna pode ser tão bonita e interessante quanto a da foto, mas aí no caso é a mediocridade dos que constroem, de não contratar bons arquitetos, e não terem peito de inventarem nada de novo

riobus 2-12-04 9:12 …

que predio bonito

riobus 2-12-04 9:12 …

ah sim, andré…. é o Mercado!

helena_circe 2-12-04 9:18 …

Que pena terem demolido algo tão belo…
O poste com as luminárias também é divino!
Bjs!

amaccord 2-12-04 9:19 …

Ah, André… Acho até que mão-de-obra não faltaria. O que pode faltar é verba pra pagar…

De qualquer forma, concordo que tem coisas modernas que podem ser lindas, mas, mesmo assim, é justamente esse cuidado com os detalhes que eu acho o máximo. Seria tão impossível assim fazer uma obra moderna com esse trabalho lindo de artesãos? :-( ((

lucia 2-12-04 9:40 …

Amor prá dar e possesividade e o que não falta ali….

:) ))))))))))))
:) ))))))))))))))
;) ))))))))))))))))))

Como assim????
demoliram isso???????? :O

amaccord 2-12-04 9:44 …

hehehe
Não é essa a minha área… Mas eu estou aqui é pra complicar!
hehehe

lucia 2-12-04 10:00 …

Me conta da corda… :) ))

myrmoura 2-12-04 10:10 …

Demoliram e construíram no local um prédio horrendo em vidro fumê, onde funciona, no térreo, uma agência do Itaú Personnalité. Pela bela foto de Malta, parece que o prédio do Jockey não ocupava todo o quarteirão, havendo um mais alto do lado – que não é o da Academia de Belas Artes. Que prédio seria esse?

andredecourt 2-12-04 10:13 …

O do Lado é o prédio do Derby Club, e do mesmo arquiteto, Heitor de Mello, com a fusão das duas agremiações turfistas nos anos 30, eles passaram a ser um prédio só, mas distintos em arquitetura.
Os dois foram demolidos junto

jro 2-12-04 11:12 …

Me conta da corda…

Jro :-) ))))

andreleblon 2-12-04 12:13 …

Que absurdo destruirem isso!
Sem comentarios.
É isso que dar vivermos num país cheio de gente ignorante que nao tem a minima noçao do valor do passado.
Buneos Aires hoje se orgulha de uma fraçao do que eram os magnificos predios do Rio.
Só que lá preservaram.
Como diz o ditado: “Deus nao da asas a cobra”
O que deveria passar na cabeça desses “mordenistas” que arrazaram com a arquitetura da cidade? Complexo de tupiniquim?
Será que todos eram movidos pelo ego ou pela ganancia financeira com a especulaçao imobiliária?
Por que nao constroem de novo esses prédios?
Vejamos várias capitais da Europa que foram arrasadas durante a II Guerra e tiveram vários predios e palácios totalmente reconstruidos.
Acho que esse negócio de sempre está querendo inventar algo novo na arquitetura muitas vezes acabam inventando algo monstruoso como é o caso da grande maioria dos prédios brasileiros dos anos 70. O que é belo deveria ser mantido ou copiado. O maior probelma talvez seria alem da dificil mao de obra, o material que alem de ser caríssimo muito já nao existe mais.
Por mim podem demolir aquela catedral horrível, o prédio da petrobras,etc, e até aquele Palacio Capanema que de palacio na minha opiniao só tem o nome.
A única coisa que sinto qdo vejo essa foto e o prédio da Quinta da Boa Vista caindo aos pedaços sem que as autoridades nao façam nada é: um imenso pesar!
Desculpa, mas precisava desabafar.
Abraços a todos
André

rio_antigo@ig.com.br 2-12-04 12:14 …

Mas afinal, quem derrubou esse lindo prédio? De onde veio tanta ganância e ignorância? Ora essa! Veio dos próprios diretores do Jockey Club. Vamos dar nome aos bois (ou aos cavalos). E o que se pode esperar de patrocinadores de corridas de cavalos? Muita ganância e ignorância, com certeza. Venderam o antigo terreno e construíram a nova sede “caixão branco” na esquina da Antônio Carlos com Almirante Barroso. Transformaram suas sedes históricas em poeira. Se eles próprios não deram o devido valor histórico a esses prédios, quem vai dar? O poder público?

gerard_3 2-12-04 15:21 …

Me conta da corda…:)))

abk 2-12-04 19:04 …

Realmente esta foto está muito boa e mostra muito bem os detalhes arquitetonicos dessa construção,André.
Estou de volta na área.
Um grande abraço.

del_del 2-12-04 22:46 …

Nossa sem palavras!!!
Vou te add no meu ok!!
abraaaços :-D
C.O.R.E.®

peixynha 3-12-04 1:57 …

Olha…essa foto está simplesmente maravilhosa!!!!!
Como antigamente as construções eram esmeradíssimas né!!!! Cada detalhe lindo!
beijão!******

Ana Clara 3-12-04 16:41 …

Cada vez que entro aqui eu viajo.
Lembro que frequentava este Joquei bem criança com meu pai para assistir ao desfile de carnaval na Rio Branco.
O porteiro era um homem imponente com um uniforme lindo que eu chamava de Almirante (não me pergunte porque).
Este mesmo porteiro ainda trabalhou por um tempo na sede nova do Joquei e cada vez que eu ia almoçar com meu pai lá ele tirava o chapéu e eu o cumprimentava “como vai almirante”?

Ana Clara 3-12-04 16:50 …

Cada vez que entro aqui eu viajo.
Lembro que frequentava este Joquei bem criança com meu pai para assistir ao desfile de carnaval na Rio Branco.
O porteiro era um homem imponente com um uniforme lindo que eu chamava de Almirante (não me pergunte porque).
Este mesmo porteiro ainda trabalhou por um tempo na sede nova do Joquei e cada vez que eu ia almoçar com meu pai lá ele tirava o chapéu e eu o cumprimentava “como vai almirante”?

Oliveira 14-12-04 7:33 …

Só a burrice e canalhice dos milicos de 70 fizeram muitas, essa burrada, eita milicada safada, hoje todos devem estar ardendo no mármore do inferno.