andredecourt's photo de 04/01/05

Vemos nessa foto de Marc Ferrez tirada por volta de 1890 o primitivo chafariz do Jardim Botânico, que ficou no local do atual até o ano de 1905.
O atual chafariz é de origem inglesa e ficava no Largo da Lapa até o ano de 1905, quando as reformas de Passos, para realinhamento do largo e a abertura da avenida Mem de Sá provocaram sua retirada, o na época diretor do Jardim Botâncio ( João Barbosa Rodrigues ) o levou para enfeitar a aléia principal.
Do chafariz que está na foto pouca coisa se sabe, embora ainda exista, largado estático num pequeno largo da aléia Pacheco Leão, a poucos passos do atual chafariz.
Não há placas indicando o que a “escultura” foi no passado, bem como se encontra em péssimo estado de conservação.
Faziam parte das alegorias desse velho chafariz, os vasos de mármore que até hoje existem perto do chafariz principal, bem como duas estátuas de Ceres e Diana, esculpidas em mármore, de origem francesa, hoje também removidas de seu local original, se encontrando as duas na entrada do Cactário e do jardim Sensorial, a estátua de Ceres se encontra sem cabeça, e as duas estão tomadas por fungos que inclusive impedem que se descubra que as duas são esculpidas em mármore.

O chafariz velho nos dias de hoje pode ser visto aqui, (  http://www.fotolog.com.br/visaocarioca/8207933 ), onde podemos comprovar seu abandono e péssimo estado de conservação

Comments (24)

backup 04/01/05 07:51 …

Grande brother.
Vou esquecer tudo. A história, o contexto, seu trabalho minucioso… Vou esquecer tudo…
Que foto!!!
Show cara.
Abraços ae,
:-)

brites 04/01/05 08:03 …

Incrível, esta foto! Dá a medida do qto a vegetação do JB cresceu nestes mais de 100 anos! Apesar de todos os problemas gerenciais…
É um local lindo e um oásis de paz em meio à turbulência da cidade. []s

rossanah 04/01/05 08:09 …

uau, essa á linda :) )))))))))))))))
bom dia!

jconde 04/01/05 08:23 …

Tenho essa foto em um livro aqui .
Qt ao ensaio dei sorte de ter levado a digital , só q levei a errada, se fosse com a 5700 seria melhor.
Depois coloco outras fotos, tem umas q o fotolog não vai deixar eu postar se não serei expulso :)
Um abraço do Zé

andredecourt 04/01/05 08:27 …

Essa foto é da coleção Moreira Sales, Zé.
Foi editado um livro, livro não livrão, com algumas imagens da coleção de 1862 até 1926, é ótimo fora alguns errinhos em algumas poucas legendas, se encontra hoje acho eu esgotado

Lefla 04/01/05 08:41 …

O chafariz de mijo foi transferido para a casa da prima da dona. No dia de ano novo ele correu pela casa portando na boca a ponta do rolo do papel higiênico. Quando eu adentrei o recinto, devidamente alcoolizado, julguei que tinha entrado no vizinho e que ali, provavelmente, morava a mulher aranha, tal o emaranhado de papel…

alvarogabriel@openlink.com.br 04/01/05 08:44 …

Então; essas esculturas de Ceres e Diana não são aquelas que estavam num chafariz de mármore do mestre Valetim no Passeio Público? Não sei de onde eu tirei (ou sonhei) com essa história do chafariz do Passeio Público que foi transferido para o JB e aí caiu em desgraça. Quanto à foto, essa é belíssima e as palmeiras verdadeiramente imperiais.

jornalistabr 04/01/05 08:56 …

Mais uma aula de história felomenau!!!! rsssssssssss
Amigo, ainda em tempo quero te desejar um FELIZ 2005 que vc consiga realizar todos os teus sonhos.

Abraços

bwanis 04/01/05 09:14 …

Que maravilha de foto!!!!
:) ))

andredecourt 04/01/05 09:20 …

Não Álvaro, as esculturas de mestre Valentim são de ferro ou chumbo fundidos, representando a Ninfa Eco e Narciso.

Faziam parte do chafariz das Marrecas, no fim da rua das Marrecas e não no Passeio.
O chafariz foi demolido nos anos 20 para aampliação do QG da PM, as estátuas foram elvadas para o JB e separadas durante décadas e algumas das bicas, em forma de marrecas, foram para o Museu da Cidade.

Infelizmente fotos do chafariz das Marrecas são praticamente impossíveis de se achar, nunca vi nenhuma

Lefla 04/01/05 09:49 …

O que são aqueles bichos (tartarugas, etc) do chafariz da Gal Osório?

Lefla 04/01/05 09:50 …

Vamos fazer um chafariz em Laranjeiras com cães malteses mijando em cima de bêbados caídos, com copos na mão?

alvarogabriel@openlink.com.br 04/01/05 10:17 …

Lefla: a escultura que você imagina já tem um nome:”Os últimos dias de Pompéia”. Evidentemente uma Pompéia mais carioca do que paulista.:-)))))

andredecourt 04/01/05 10:21 …

Aquele da Gal Osório é o chafariz das Saracuras, tb de mestre Valemtim, ficava dentro do convento da Ajuda, onde hoje é a Cinelândia.
Valentim adorava espécimes de nossa terra como tartarugas, jacarés, marrecas etc.

O chafariz em Laranjeiras ficaria ali perto do Fluminense e palácio Guanabara ?? hehehehe

agimenez 04/01/05 10:44 …

Essa foto é linda…
Não sei se é um Junkers, infelizmente não entendo do assunto.
Mas o cartão é bem interessante.
feliz 2005, Milu

rbpdesigner 04/01/05 10:57 …

essa é relíquia!!!

1890?
faltava pouco para eu nascer…
[]s

jro 04/01/05 13:52 …

Aston Martins não são gatinhos.
Quando muito poderão ser gatões…

Jro :-) ))

heilborn 04/01/05 17:44 …

Neusa é uma ajuda e tanto. Mas, se eu souber que vai dar jaca, engov primeiro.

angemon 04/01/05 18:42 …

amigo, que foto liinda! adorei!

tumminelli 04/01/05 18:59 …

O que me impressiona é a baixa altura das arvores ao lado das palmeiras. Hj estão exuberantes!

:-) )

mapas 04/01/05 20:22 …

Show de bola, André!
Abraços, Celso

jaymelac 04/01/05 21:04 …

Linda foto, André. Belos documentários do passado você nos apresenta. Hoje, em meu flog, apresento eu um trabalho de futurologia do óbvio. Apreciaria seu abalizado parecer sobre o assunto.
Grande Abraço,
Jayme

Jason 05/01/05 00:30 …

Respondendo à pergunta que você fez no /agimenez, o avião da foto é um Junkers F13, um dos primeiros modelos usados em linhas comerciais. Foi criado no fim da década de 10 e produzido em boa quantidade por uns 15 anos. Tinha capacidade para cinco passageiros e a Varig chegou a usar alguns no início dos anos 30.

O que aparece na foto provavelmente era da Luftahnsa (a matrícula, começando com a letra D, é alemã).