andredecourt's foto van 18-2-05

  •  
Av. Atlântica

Foto tirada após 1953, pois o ed. Justus Wallerstein, bem na esquina de projeto do grande Sérgio Bernardes já estava pronto, reparem também no edifício Ypiranga, ainda justificando seu apelido de Mae West por causa de suas protuberantes varandas, realçadas ainda mais por em sua maioria estarem livres das feias esquadrias de alumínio que as fecham hoje em dia .
Na rua um Cadillac passeia

Foto: Cadernos do Edmundo

Comments (26)

backup 18-2-05 8:38 …

Meu brother.
Sem noçaum!… Pô, show mesmo.
Sexta-feira!!!
Abraços ae,
:-)

lucia 18-2-05 8:42 …

Bom dia, André!

:)

rossana_design 18-2-05 8:44 …

bom dia!

bjs
/rossanah

lucia 18-2-05 8:45 …

Birita????? :O

gabriel_andrade 18-2-05 9:06 …

Boa tarde Sr. Deco!

lucia 18-2-05 9:32 …

Depois eu te conto a baixaria…
hehehehehe!
:)

jro 18-2-05 9:45 …

Calillacaço!!!!

Vamos beber no fim do dia de hoje ?????

Jro :-) )

Alvaro Gabriel 18-2-05 9:46 …

Ainda não havia Sandálias Havaianas em doses industriais. Quem era machão mesmo, quando ia à praia, enfrentava as calçadas e areias torturantes descalço. O nosso amigão aí, pelo jeito e pelo ritmo, está vindo lá do posto seis. No trajeto, com certeza, pisou em muita chapinha de Crush e de Guará, tampa de Pomada Minancora, vidrinho de esmalte Page, palito de Kalu, tampa de Glostora, bico de Quina Petróleo Sandar, embalagem de Odorono, tampinha rosqueada de Noskote, tampinha laminada de leite CCPL, saquinhos de Delicados, recipente ocular de Lavolho, munidor de lâminas Gillette, caixa de palitos Marquesinho e muita, muita , muita, muita guimba de cigarros Astória e Continental.

jason_1900 18-2-05 9:51 …

Além do Mae West, tem outra coisa na foto que ganhou apelido de atriz americana por causa de curvas voluptuosas: as garras do pára-choque dianteiro dos Cadillac 53 eram bojudas, em forma de ogivas – e são chamadas pelos americanos de “Dagmars”.

Era uma referência a uma peituda apresentadora da TV americana chamada Dagmar.

Falando em apelidos desse tipo, tivemos aqui o Fusca Fafá… A turma viu nas lanternas traseiras dos modelos pós-1979 uma semelhança com os pectus fartus da cantora paraense.

aragorn_br 18-2-05 9:57 …

Que vontade de voltar no tempo…
{:^)

jason_1900 18-2-05 9:58 …

O comentário do Alvaro (é assim mesmo, sem acento?) Gabriel me lembrou das idas à praia sem chinelo mesmo quando era petiz de uns cinco anos. Hoje, provavelmente, minha mãe seria indiciada por maus tratos pelo Siro Darlan…

As havaianas só vieram depois que eu pisei numa guimba ainda acesa na esquina de Figueiredo com Domingos Ferreira. Além disso, atravessar a faixa de areia de Copa, recém-alargada, estava se tornando um desafio digno de faquir indiano.

Sobre as havaianas, havia a mania de virar a sola ao contrário (parte branca para baixo), para que a sandália ficasse toda de uma cor só. Coisas dos anos 70.

Alvaro Gabriel 18-2-05 10:20 …

Jason, me conta uma coisa: é verdade que o Fusca teto solar só não pegou porque neguinho começou a chamar o carrinho de “cornowagen” ?
Já ouvi essa história e fez um certo sentido diante de uns “causos” de fracasso de produto que conheço nessa mesma linha.

Em tempo: Só boto acento quando me dá na telha: literalmente :-) ))))

eduardo bertoni 18-2-05 10:26 …

Adisdurpa a inguinorança mais…
este tal de Justus fica em que esquina?
Abs,
Bertoni
http://fotolog.terra.com.br/outromundo

luiz.darcy@uol.com.br 18-2-05 11:12 …

Nesta praia da década de 50 todos descalços mas com camisa. Só se retirava a camisa quando se pisava na areia. Atravessar o areal fervendo tinha uma tática: uma corrida, cavar um buraco até a areia mais fresca, nova corrida…E muitos levavam boias feitas com câmaras de ar dos pneus (quem conseguia uma de pneu de avião fazia sucesso!). Ainda antes do Biscoito Globo, nesta época o “must” era esperar o vendedor de “casquinhas”, que se anunciava com sua matraca. E procurar as moças com os primeiros “duas peças”!!!

andredecourt 18-2-05 11:13 …

Com Júlio de Castilhos, Eduardo

girandodenuevo 18-2-05 11:52 …

guau…buscando buenos flogs me encontré muuuuucho tiempo atras, en blanco y negro….me encantó

vodca 18-2-05 12:39 …

e aí menino!!! quando o chopp?

everjoy 18-2-05 12:49 …

Gente que tempos maravilhososss, um abraço

Sergio Luis dos Santos 18-2-05 12:53 …

Jason, e tinha a pick-up “Marta Rocha” pelos, creio que belos belos “quadris”.

Sergio Luis dos Santos 18-2-05 12:53 …

Esse troço aqui tá duplicando palavra ou fiquei com soluço ortográfico…

Julia Cunha 18-2-05 15:31 …

Este edifício vai até a Av Copacabana. Era lá que moravam a Paula Thomaz e o Guilherme de Pádua, com os pais dela, na época em que assinaram a Daniela Perez.
E no “Mae West” fica o escritório do Niemeyer.

gabriel_andrade 18-2-05 16:19 …

Richard Gere!

bandman 18-2-05 18:37 …

The world remains constant. The ocean keeps our perspective focused. I walked that avenida in 2004. It was wider but otherwise the same sun, the same sand only a step away. The same amazing stone sidewalks.

principioativo 19-2-05 2:17 …

caraca maluco, eu reconheço esses predios aí!!!
ficam lá perto do posto 6, né?

abraços e bom finde, velinho ;)

caffaria 19-2-05 11:03 …

Fantástico! que foto legal!

sergioaraujo 19-2-05 17:52 …

que beleza
ano que nasci
abs amigo