foto de andredecourt en 5/03/05

Esse é um post duplo com o flog do Roberto Tumminelli

No dia 27/02 o Roberto postou uma foto área do Mercado Municipal, e mencionou a sua demolição, bem como a sobrevida do último torreão do Mercado, hoje ocupado pelo restaurante Albamar ( http://ubbibr.fotolog.net/tumminelli/?photo_id=9531519 ) .

Na realidade toda a região permanece sub utilizada, e decadente com a demolição desenfreada das construções que lá existiam, como o antigo ministério da Agricultura e do próprio mercado; como também a feia sombra projetada pelo horrendo viaduto da Perimetral.
A foto de hoje mostra um arremedo de revitalização da área, executada no primeiro governo Chagas Freitas, ainda no tempo da Guanabara, publicações da época falam que foram plantadas 1000 árvores no local, como também jardins, e o revestimento da área com pedras portuguesas.

Hoje ao passarmos por ali vemos que poucas das mil árvores sobreviveram, outras reurbanizações foram feitas no local durante os anos, mas de nada adianta reurbanizar se a área permanece sub-utilizada e envolta na mais pura decadência, acentuada pelo grotesco terminal de ônibus e por vários estacionamentos que ajudam a piorar o quadro.

Comments (17)

zecarioca 5/03/05 9:41 …

Realmente, mais uma das muitas áreas da cidade que merece uma revitalização consciente e inteligente!!

maluara 5/03/05 9:42 …

Você tem razão… há um descaso total em relação à área.
O próprio Albamar está decadente !
Estive lá no início de novembro, e fiquei muito decepcionada …

Beijos,
Maria Luiza [ /maluara e /marialuiza2608 ]

nelson369 5/03/05 9:47 …

Essas dobradinhas com o Tumminelli vão longe. Como sua família reage a isso?

E /maluara, pra variar, tem razão: dia desses dei o azar de ir pro Albamar. Horroroso.

aragorn_br 5/03/05 9:48 …

Por que será que as coisas só tendem a mudar pra pior?
{:^)

sandrafigueiredo 5/03/05 9:55 …

Adorei esse flog! Tá add!!!

esanchez 5/03/05 9:57 …

Argh… também odeio aquele viaduto! Aliás, toda aquela área é um tremendo disperdício!

lylla_lausanne 5/03/05 10:01 …

Vcs dois sâo feras, mesmo!
Becs

Alvaro Gabriel 5/03/05 11:14 …

Irresponsavelmente vou dar aqui uma meia informação; mas prometo que semana que vem eu completo com detalhes precisos e verídicos.

Seguinte: o Restaurante Albamar está em vias de revitalização. Falta apenas um acerto técnico/jurídico que permita que um outro grupo interessado na participação possa entrar.

Eu, por acaso conheço um dos atuais donos (filho de um velho e falecido sócio) que me contou esta história e que, infelizmenten não guardei os detalhes. Ele me disse também que um dos principais probblemas do Albamar é a idade avançada dos sócios; as razões são óbvias.

Semana que vem, se conseguir encontrar esse conhecido, volto com detalhes mais definidos.

luiz.darcy@uol.com.br 5/03/05 12:35 …

Como sempre, nenhuma preocupação com o patrimônio histórico da cidade. O Mercado Municipal,com seus 4 torreões, além do pavilhão central, era lindíssimo. Se a cidade já não comportava o tráfego de caminhões para abastacer o mercado naquele local, a estrutura poderia ter sido preservada para outras finalidades (um Centro Cultural, por exemplo). A desculpa de que a demolição foi devida à construção do horroroso Viaduto da Perimetral também não se sustenta.
htpp://ludaol.multiply.com

tumminelli 5/03/05 12:42 …

Psiu!

Post duplo com o seu!

:-) ))))))))

rbpdesigner 5/03/05 13:02 …

obrigadão, André!
agora é ver se pinta alguma coisa…
[]s

JBAN 5/03/05 16:44 …

A demolição do Mercado Municipal foi um crime. Toda a estrutura foi trazida da Inglaterra e segundo meu Pai e Avô era linda. Meu avô era peixeiro ambulante e todos os dias ia ao Mercado de madrugada comprar peixe. Dizia ele que os italianos iam todos juntos por causa dos assaltos nos terrenos baldios que existiam depois do desmonte do morro do castelo. Acho que esse problema sempre existiu no Rio.

Forte abraço,

João Novello

andredecourt 5/03/05 17:09 …

João, muito interessante essa sua história sobre os assaltos na área arrasada do Castelo !!

Rafael Netto 5/03/05 20:58 …

Na época em que o Mercado foi destruído, não havia consciência de preservação, tanto histórica quanto ambiental. Isso é coisa recente, dos anos 80 pra cá. Centros culturais também, acho que o primeiro foi o CCBB inaugurado em 1989.
Quando fiz estágio na área de Meio Ambiente em Furnas, assisti a um vídeo dos anos 50 sobre construção de hidrelétricas, que mostrava orgulhosamente uma enorme árvore sendo derrubada, enquanto o locutor exaltava: “A mata virgem já cumpriu sua função.”

sao_paulo 6/03/05 0:16 …

Sendo uma estrutura de ferro poderia facilmente ser desmontada e reconstruída em outro local. Mas algum débil mental achou melhor arrasar com tudo, ou quase tudo. Resta o consolo de ter sobrevivido a torre.
Em São Paulo, o nosso Mercado não só foi preservado por algum milagre, mas ultimamente foi revitalizado e virou atração turística. Pelo menos nessa comparação nós não precisamos sentir inveja de vocês!

lefla 7/03/05 8:57 …

O restaurante é podre!
Já foi bom, nos anos 70. Nos 80, ficou comum. Nos 90 morreu. Vai ver que os sócios estão meio velhos, mesmo…

ANGEMON 7/03/05 22:50 …

lindas rosas..ops…lindas árvores!
hahahahahahahahha
bjs