andredecourts foton från 2005-04-05

Marqueting de rua agressivo dos anos 30.

Vemos na Av. Rio Branco com rua do Ouvidor um pequeno furgão chevrolet que fazia propaganda da lotérica Fasanello, uma das maiores da cidade na época e conhecida pelas inovações de como vendia seus produtos, loterias e corridas de cavalos, inclusive com o uso do rádio na década de 30.

O curioso é notar o alto-falante escondido por uma grande cabeça, seria o próprio Fasanello ????

Atrás do pequeno ônibus, entre as duas árvores já na rua Miguel Couto vemos a Farmacia Central, que já foi por alguém aqui arguída.

Foto enviada por João Novello

Coleção John Deal

 

Comments (35)

jban 2005-04-05 09:53 …

Aquele sujeito de terno branco estava tentando atravessar a avenida ou estava lendo o reclame ?

odeon 2005-04-05 09:56 …

Fui domingo ao Parque da Cidade depois de muitos anos. Para meu espanto, a entrada é praticamente no meio de uma favela. Fiquei arrasada!!!!!

Alvaro Gabriel 2005-04-05 10:01 …

E atrás do ônibus deve estar a estátua do Pequeno Jornaleiro; se é que ela ainda já estaria lá no encontro d Rua Miguel Couto com Ouvidor.

A cabeçona em cima da camionete da Lotérica Fasanello é bem o exemplo de uma época em que os meios de comunicações eram, em termos de propaganda e promoção, praticamente zero.
Vencia a guerra pela conquista do consumidor quem fizesse o que os portugueses fizeram com os índios na colonização do Brasil, isto é: encher o público alvo de presentinhos, brinquedinhos, chocalhinhos, brilhinhos, sustinhos etc.

Vou chutar. Acredito que daquela bocarra aberta ali do boneco, saía algum som que surpreendia os passantes. Vamos lembrar que naquela época os sistemas de som ainda eram da idade da RCA Victor lascada mas, mal ou bem, sacudia a população pela novidade.

O Largo do Machado como já foi dito aqui, tem seu nome tirado de um material de promoção que o dono de um açougue ali do local, botou na entrada do seu estabalecimento: um machado descomunal que chamava à atenção de quem passava. Eram os idos do século 18. De lá pra cá, tivesse o nome que tivesse — Duque de Caxias, Nossa Senhora da Glória etc — nunca mais aquela praça deixou de ser chamada Largo do Machado. O que prova que promoção e merchandising funcionam.

jban 2005-04-05 10:15 …

A estátua do Pequeno Jornaleiro não está mais lá. Passei por aí outro dia e havia sumido !!! Alguém sabe onde está ?

Rafael Netto 2005-04-05 10:40 …

Está na rua Sete de Setembro, junto da Rio Branco, numa área que recebeu o nome “Largo do Pequeno Jornaleiro” (tem uma placa lá).

Luiz D 2005-04-05 10:45 …

Será que a foto seguinte mostra o atropelamento do homem de terno branco?
Em Petrópolis, na década de 50, também havia propaganda assim da Loteria Faraco. Inclusive patrocinava aquele trenzinho que percorria o Centro Histórico.
http://ludaol.multiply.com/

andredecourt 2005-04-05 10:47 …

Exatamente mudaram a estátua de lugar no Rio Cidade da Av. Rio Branco, ela estava no local primitivo desde 1931, é a dança dos monumentos muito comum aqui no Rio

andredecourt 2005-04-05 10:48 …

Gente, em 1931 ainda havia canteiro central na Rio Branco, os dois carros em primeiro plano estão estacionados no recuo formado por eles, ou seja o cara de terno branco está abrigado.

jban 2005-04-05 11:29 …

Realmente os dois carros parecem estar parados. Ampliei bem a foto que eu tenho e deu para ver o motorista do carro da esquerda de quepe e tudo.

lucia 2005-04-05 11:32 …

Propaganda de rua agressiva, foi ótimo!
Cara, que bocarra feia!!! :)
Muito legal, André!

Buenas tardes! :) )

jro 2005-04-05 11:39 …

Gosto mais dos onibus escondidos lá atrás.

:-) )

rodperez 2005-04-05 12:57 …

muito bom!

Leflas 2005-04-05 14:39 …

Hoje as pessoas jogariam bolinhas na bocarra… E poderiam, até, ganhar prêmios, né não?

Lefla 2005-04-05 14:44 …

Totalmente sem tempo aqui, mas acho que tem um assunto que não foi polemizado ainda nesse fotolog. O que são os motoristas de táxi do Rio de Janeiro? Vc pode pedir QUALQUER rua em QUALQUER bairro, que 80% dos pilotos perguntarão onde fica ou pedirão que vc ensine o caminho. Portanto, isso aqui virou Lima, no Peru, onde ser táxi é só parar o carro e negociar a corrida, com o infeliz que entrou tendo que falar onde é, onde dobra, onde fica, e onde parar. Isso é uma vergonha. Outro dia peguei um taxi na Pompeu Loureiro e pedi para ir para a Timóteo da Costa. O motorista investiu: Timóteo da Coooosssta….. Onde fica? Eu: no Leblon, é a rua que sobe para o Alto Leblon. O homem já na Lagoa vira para a direita, ou seja na direção oposta a que deveria ter ido e me diz: o senhor pode me indicar o caminho, é que eu não ando para esses lados… Dá vontade de saltar e quebrar o parabrisa a golpes de bastão de beisebol…

Lefla 2005-04-05 14:46 …

E um que me pegou e não sabia como ir da Barata Ribeiro a Ipanema???

Já em Londres, há provas e testes para ser motorista de táxi. Por que não pensam nisso por aqui???

Aquele homem sofre de miopia, atravessou para ler a propaganda. Eu tinha uma camiseta com essa propaganda, mas não sabia o que queria dizer…. eheheheheheh

tumminelli 2005-04-05 14:51 …

Acho esses carros muito simpáticos.

:-) ))

andredecourt 2005-04-05 15:02 …

Ahahahaha, deixa a ruiva ver seu comentário sobre a propaganda, Lefla…….

Quanto aos taxis é o que conversávamos sábado entre picanha, batata e farofa; com a crise muita gente que não sabe nem dirigir direito entrou numa garagem de português, pegou um taxi por 100 reais a diária e saiu por aí tentando sobreviver, ou seja tem uma porção de taxistas que não são do ramo….. antigamente os taxistas ficavam contando vantagens de como sabiam chegar na rua mais remota do subúrbio mais esquecido…bem, hoje isso parece estar acabando.

bemaia 2005-04-05 15:21 …

Tá velho mesmo o coitado, está até esquecendo o que significam as coisas…
Beijos, Bê.

Lefla 2005-04-05 15:22 …

Pois é, André, mas ser guia de um serviço pelo qual vc é cobrado depois, não é justo. Da proxima vez, vou sentar na frente, pegar a direção e ir até o local. Lá serei cobrado na metade da corrida, e acho que terá sido um bom negócio para ambas as partes.

Lefla 2005-04-05 15:24 …

Andre, vc já explicou para a ruiva o que é Aeroespatiale? Olhe lá, olhe lá…

Pior que isso, só o amigo dela, que para sair de casa faz contagem regressiva de lançamento de foguete baiano, ou seja, quando chega no final, tem prorrogações infinitas. E ainda me aparece sem carro para depois voltar pra pegar. Dizem por aí, com razão: diga-me com quem andas que….

bemaia 2005-04-05 15:46 …

MEU DEUS!!! O caso é crônico!! Alzheimer, na certa! Até o nome certo da trasportadora ele erra…rsrsrsrs

andredecourt 2005-04-05 16:09 …

Ahahahaha Aeroespatiale é um consórcio de indústria aérea e espacial que envolve alguns países europeus ..hehehe

bemaia 2005-04-05 16:21 …

É, mas estávamos falando da Aeropostale…

andredecourt 2005-04-05 16:23 …

Por isso mesmo ;-) )))))))

Lefla 2005-04-05 16:37 …

Falando de quê?

xiiii…. melhor sair assobiando…

jban 2005-04-05 19:48 …

Motorista de Taxi e Pombo no Rio de Janeiro, é praga !!

heilborn 2005-04-05 22:19 …

É a mesma coisa dos tempos medievais, vinha um cara com uma corneta e anunciava tudo, de impostos, nomeações a produtos e novidades.

No velho oeste, a indústria farmacêutica ia junto do carro forte, de diligência, anunciando tônicos milagrosos.

Mapas Antigos 2005-04-05 23:39 …

André, saudações!

Essa foto faz parte de uma série do site www.brazilbrazil.com, do texano John Deal, com quem esporadicamente troco informações sobre mapas.
A original está em http://www.brazilbrazil.com/h/hst_193r02.jpg

Sei que o John não se importa em ter seu material republicado, mesmo sem crédito, mas creio que ele ficaria chateado se visse a referência como consta acima, da qual se poderia, inadvertidamente, pensar que a imagem é da lavra do sr. João Novello ou de sua coleção, e não um material copiado de outro site.

Creio que ele até prefere que não haja crédito, como no caso dos seus cartazes de aviação que viu copiados no flog /jban, a maior parte com a sua marca digital retocada.

Como sei que você é avesso a mal-entendidos desta espécie e certamente desconhecia estes fatos, achei conveniente lhe dar este toque.

Você pode obter dezenas de outras fotos maravilhosas, muitas inéditas, sobre o Rio Antigo diretamente no site do John, em http://www.brazilbrazil.com/allhst.html

Abraço,
Celso Serqueira

Mapas Antigos 2005-04-06 01:14 …

Obrigado, André. Creio que agora, com o acréscimo da fonte “Coleção John Deal”, não há mais possibilidade de confusão. Abraço!

carolrosachoque 2005-04-06 01:25 …

Muito legal este carro de propaganda, gostei!!
Bjs

Luiz D 2005-04-06 05:08 …

Belíssimo o “site” citado por Celso Serqueira. É importante citar a fonte das fotos, quando identificável. A publicação duplicada, tantos são os “sites” e fotos, pode acontecer sem má-fé, mas é preciso ficar clara a origem.
http://ludaol.multiply.com/

jban 2005-04-06 07:40 …

Prezado Celso et al.

Nunca retoquei nenhuma foto ou cartaz de aviação ou qualquer outra coisa que seja para publicar como se fosse meu material. Se não citei a fonte,
é porque ou não tive acesso a ela, ou porque as ditas fotos ou cartazes já vinham devidamente retocados por outros. Como sabemos, é da natureza da internet a proliferação decontrolada de imagens e textos depois de publicadas por seus criadores. Acredito que este é um dos objetivos de quem publica material em um site. Difundir uma informação ou conhecimento de maneira rápida e infinitamente barata.

João Novello

natureco 2005-04-06 08:57 …

É André, se eles vissem a poluição visual de hoje… :D
Não esqueça de me enviar aquela foto ampliada daquele casarão das torres .
Abçs.
Luiz.

Leflaneur 2005-04-06 10:04 …

Apoio inteiramente o jban, muitas vezes reproduzimos imagens que não possuem crédito algum de tanto que foram proliferadas descontroladamente. É princípio que deve existir entre todos o da boa-fé. Muitas vezes há roubo de imagens, até aqui no fotolog. Isso é uma coisa; e uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, que fique bem claro. Jamais este fotolog iria reproduzir algo sem dar o crédito, se soubesse a quem atribuir a imagem, e disso tenho certeza absoluta.