andredecourt's Foto von 04.05.05

Vemos a região de general Severiano em Botafogo, o ano é 1938, e com essa foto constatamos que muita coisa mudou desde essa época. O destaque da foto é o estádio do Botafogo com pedaços ainda sendo construídos, pois nesse ano foi feita uma grande remodelação de projeto de Raphael Galvão, bem como o casarão sede do clube em toda sua imponência, construída há apenas 10 anos.

Mas as cercanias do estádio nos mostram pequenos detalhes muito interessantes, na parte inferior direita da foto vemos que grande parte das construções não existe mais, talvez tendo sido demolidas quando a favela do Pasmado foi removida, podemos só identificar entre elas os angulosos telhados de um prédio que flerta em estilo normando que hoje abriga um departamento do governo federal dedicado a energia nuclear, acho que é a CNEN.

Na parte inferior esquerda vemos o prédio do hospital Rocha Maia, inaugurado no período Passos cujo terreno é do Botafogo Futebol e Regatas, algo que pouca gente sabe, pois o Dec. 289/36 dá ao Clube o aforamento de toda a área contígua ao seu campo, com a ressalva que a unidade de saúde pública ali existente permanecerá, e não sendo mais necessária, o domínio do terreno retornará ao Alvinegro, na realidade toda a área antes do aforamento pertencia ao Ministério da Justiça que o cedia à Saúde e lá funcionou por anos o desinfectório, na chegada do Botafogo já abandonado e em ruínas.

Bem à direita da foto a grande construção é a do Educandário Santa Therezinha, mantido pela Santa Casa, e que tinha a função primordial recolher e dar educação a órfãs abandonadas o edifício foi projetado por Bitencourt da Silva e inaugurado em 1866, com a saída da instituição religiosa, o prédio foi por muitos anos arrendado pelo colégio Anglo Americano.

Em termos de urbanismo temos muitos pontos curiosos, logo na parte inferior da foto vemos que a rua General Severiano era servida por bondes, que aparentemente seguiam até a rua da Passagem, dando a volta e só na praça Juliano Moreira, vindo pela atual rua Gal Góis Monteiro chegava a Av. Lauro Sodré para aí seguir para Copacabana via túnel Novo, pois aparentemente a Lauro Sodré não tinha sido aberta no trecho entre o campo do Botafogo e o educandário.

A própria praça Juliano Moreira como as construções que a envolvem são completamente diversas de hoje, havia um grande número de casas no sopé do morro de São João, que certamente foram demolidas quando “quaduplicação” do túnel Novo, hoje as fraldas do morro dão diretamente na rua, a praça também praticamente não existe mais sobrando uma pequena nesga na frente da sede social do clube, atrás das construções vemos uma escadaria e um pedaço de pista que certamente faziam parte do conjunto do Hospital dos Estrangeiros (ou ingleses).

Constatamos também que a Av. Venceslau Brás possuía um canteiro central, com árvores e postes de iluminação, onde hoje fica o Canecão era um grande terreno baldio.

 

Comments (22)

jro 04.05.05 10:40 …

Ali em cima é que fica a Morada do Sol ?

Jro :-) )

andredecourt 04.05.05 10:46 …

Isso, no lugar do hospital

rbpdesigner 04.05.05 10:59 …

é…
até o futebol mudou…
hehehehe
[]s

jban 04.05.05 11:33 …

André,

Belíssima foto !!! Um primor de documentação do local. Mais um recanto do Rio que foi completamente modificado com os anos. O tráfego para Copacabana, transformou a região em passagem de automóveis em alta velocidade e nada mais. Um grande deserto urbano.
O estádio do Botafogo era uma construção muito interessante e foi triste ver aquele resto de demolição abandonado durante anos. O que veio no seu lugar é uma construção puramente utilitária, sem nenhum charme.
A General Severiano é uma rua mutilada. A grande demolicão dos prédio do lado direito da foto, foi causada pela abertura do tunel do Pasmado e daquele trevo de retorno e acesso que passa por cima do tunel. Com certeza ele foi a causa da favela, ou talvez existissem algumas construções no local , que com a saida dos prédios teve espaço para se espalhar pela encosta. Felizmente essa favela foi removida à tempo, antes que o Brizola chegasse…

jban 04.05.05 11:34 …

Esqueci de dizer … O Canecão é um lixo ! Deveria ser demolido e em seu lugar construido uma casa de espetáculos decente que aproveitasse melhor os terrenos vazios da UFRJ, que hoje não servem para nada. Algo com alguma arquitetura, que é melhor que nenhuma…

jason_1900 04.05.05 11:50 …

Impressionante esse registro.

Hoje li, com tristeza, que o terreno dos Paula Machado será desmembrado. A mansão será mantida, mas os jardins vão abrigar seis blocos de edifícios.

Para quê, meu Deus? Mais destruição…

Será que as construtoras não aprendem? Será que a prefeitura não aprende? Será que o povo não aprende?

Rafael Netto 04.05.05 12:07 …

Tenho duas curiosidades em relação a esta área. Uma delas é porque a rua Góis Monteiro é tão larga? Pode-se ver na foto que na época o seu lado esquerdo era tomado por casas geminadas. Hoje existem ali umas 5 (?) pistas que não fazem sentido.
Outra dúvida, que não aparece na foto, é a Rua Bartolomeu Portela. Hoje ela é (e parece que sempre foi) uma rua sem saída, mas já vi inúmeros mapas que mostram ela continuando até o “viaduto” sobre o Túnel do Pasmado. Pra aumentar o mistério, a configuração da mureta do “viaduto” dá a entender que foi projetada uma saída bem na direção que os mapas indicam que a rua estaria.

Alvaro Gabriel 04.05.05 12:28 …

A reação de todos que frequentam esse flog não me surpreende nem me engana. Há uma revolta geral contra o que a ganância, o egoísmo e a incúria fizeram com a nossa cidade. E há quem culpe o tal “desenvolvimento” pela razia que essa raça de políticos e financeiros conseguiram.
Tornar o Rio moderno, desenvolvido de “primeiro mundo” é sempre a desculpa para se destruir, amontoar pessoas, poluir os ares, encobrir paisagens, dinamitar beleza.

Enquanto isso…enquanto os Maias (o espertalhão e o burrinho)ladram pela televisão, uma mulher morre de madrugada, por falta de atendimento, na fila do Centro Municipal de Saúde Ernesto Zeferino Tibau Jr, em São Cristóvão.

Mas vamos sediar o Pan e, quem sabe, construir o maior Museu Guggenheim que o mundo já viu.

Puxa aí a campainha que acho que vou saltar.

Luiz D´ 04.05.05 13:04 …

André, uma das melhores fotos dos últimos tempos!
E que saudades do campo do Botafogo: mesmo não sendo botafoguense, nunca me cansei de ir até aí assistir aos jogos do Botafogo com Garrincha, Didi, N.Santos, Quarentinha, Zagalo, Amarildo, Manga & Cia.
E há mais de 50 anos o Hospital Rocha Maia finge que é um local para atendimento de emergência (experimenta ir lá com algo um pouquinho mais grave e veja se não é imediatamente transferido para o Miguel Couto ou o para o Souza Aguiar) – uma vergonha!
O trajeto do bonde Praia Vermelha vinha pela Praia de Botafogo, entrava na Rua da Passagem, Rua General Severiano,para após um pequeno trecho da Wenceslau Brás fazer a curva que contorna o hospício (ao lado do Inst.Benjamin Constant) para entrar na Av. Pasteur e ir fazer a curva para voltar em uma circular em frente à estação do Pão de Açúcar. Era o bonde usado pelos alunos da Faculdade Nacional de Medicina, entre outros.
http://ludaol.multiply.com/

tumminelli 04.05.05 13:20 …

Fotaça!!!!!

O Recolhimento das Órfãs e Desvalidas de Santa Teresa ta lá jogado às traças depois que o Anglo Americano saiu de lá.

Agora, ja que o Jason falou em mais demolições… a CHL vai derrubar tres casas em Ipanema, vão virar mais um predio. Uma delas está o tradicional Cabeça Feita! é isso o Rio cada dia mais perdendo sua identidade por causa de meia duzia de empresarios.

andredecourt 04.05.05 14:15 …

Quanto a casa dos Paula Machado, será mais uma dos desmembramentos dos jardins que no início do sec. XX chegavam até a Voluntários, mas acho que se associação de moradores de Botafogo julga ser ativa, é hora dela berrar, junto com o resto da sociedade civil, pois Botafogo não pode perder aquela área verde, nem receber mais prédios na D. Mariana nem a Guilhermima Guinle pois as duas ruas vivem engarrafadas.

Quando a Gal. Goes Monteiro é um mistério, já descobri a razão de várias ruas largas sem sentido, como a São Clemente e Real Grandeza, ea Visconde Silva (planos dos anos 40 de uma avenida de ligação Humaitá-Glória depois conectando em outra Glória-Zona Portuária) mas a Goes Monteiro ainda é um mistério, mas acho que seria depois emendada à rua da Passagem que possui vários trechos bem alargados à direita da mão de direção.

jro 04.05.05 14:59 …

O que diabos é FERRO DE ENGOMAR?????

Voce ainda não me disse.

Waldenir 04.05.05 15:55 …

Da para ver uma area aparentemente vazia a direita, ao lado do orfanato.Seria obra para acesso ao tunel? E ,provavelmente,o trecho arborizado deve fazer parte do mesmo,certo?

jucafii 04.05.05 17:13 …

bela foto, andré… cheguei a ir com um tio, que era Botafogo doente, ver alguns treinos do Botafogo aí… embora seja Flamengo. Mas , naquele tempo eu era criancinha…

aí, uma brincadeira/charada, pra vcs:

jro, tumminelli, andré, ruy
vcs, que entendem bastante de carro, matem essa charada…
:0)

uma senhora do “interiorrr” de Minas saiu com seu
carrinho pra passear. no primeiro quarteirão, errou a curva, atropelou um ciclista, amassou dois
carros estacionados e derrubou um poste…
qual é o nome da mineira?

respondam lá no /jucafii.

Leflaneur 04.05.05 17:58 …

Eu tb não sei o que é ferro-de-engomar.

André, precisamos nos ver, né? Estou meio chumbado de gripe e depressão. Essa foto me deixou mais jururu ainda, junto com a notícia do desmembramento do terreno da casa do Dr. Lineu, um solteirão, bon vivant, bom papo. Já visitei a casa por dentro, quando tinha meus 17, 18 anos, levado por um Mello Franco. Foi presente dos Guinle, sempre eles, por ocasião de um casamento que uniu as famílias Guinle e P.Machado. Fico triste por pensar em quantos carros devem ter passado por lá distribuindo tapetes, obras de arte, cinzeiros, pequenezas, a parentes ávidos por dar-lhes destino certo: passar nos cobres!

A vida e a vida do Dr. Lineu… Triste isso.

Valerio 04.05.05 18:08 …

Como morador de Botafogo,acho esse desmenbramento
um absurdo.

principioativo 04.05.05 19:42 …

vir aqui é sempre uma aula!
=D

jconde 04.05.05 20:47 …

Beleza essas fotos antigas, essa porcaria de fotolog tem impedido de eu enviar mensagens , estou la no flickr

Marcelo Almirante 04.05.05 21:28 …

As tais “obras Viárias” nessa região, com a abertura e alargamento de túneis, também dilapidou o patrimônio do glorioso clube de Botafogo, que perdeu inúmeros terrenos, instalações e associados. A linha de bonde pra Urca foi inaugurada em 1890, ainda em tração animal, com um prolongamento a partir da Praia de Botafogo até a Praia Vermelha, atendendo à Escola Militar. O bonde elétrico chegou ao Mourisco em 1900.

andredecourt 04.05.05 23:14 …

Exato Marcelo, o Botafogo foi muito prejudicado por estar no caminho do Túnel dos Pasmado (dos dois lados) e também da ampliação do túnel Novo, me parece que eles tb tinham instalações na Av. Lauro Sodré no sopé do morro São João

joelmarinho 05.05.05 15:42 …

…lugar “animado” nos anos 60/70… – bom que já passou.

eduardo bertoni 05.05.05 21:36 …

MAGNÍFICA FOTO!
VÍ MUITO JOGO DO MEU FOGÃO LÁ QUANDO ESTRAÇALHAVA OS ADVERSÁRIOS….SAUDOSOS TEMPOS…
ABS,
BERTONI