andredecourt's photo from 7/18/05

Final dos anos 30 início dos 40.

Jim Frost, aluno da escola americana patina por uma deserta e bucólica Av. Visconde de Pirajá em Ipanema, o trecho é o hoje movimentado quarteirão entre as ruas Garcia D`Avila e Maria Quitéria, no fundo da foto à esquerda podemos vislumbrar o arvoredo da praça Nossa Senhora da Paz embora a resolução da foto não seja boa.

Nesse quarteirão na década de 90 caiu a última casa residêncial da Visconde Pirajá, perdida com seu muro baixo, cerca viva e um pequeno quintal, sem dúvida anacrônica à uma Ipanema que se sofisticava em excesso perdendo suas características originais de ser um bairro descompromissado, boêmio e tranquilo, habitado pelos que não queriam morar na agitada Copacabana ou não tinham dinheiro para isso.

Coleção Desmond Cole

Comments (31)

macintosh 7/18/05 8:59 AM …

uma viagem ao passado. imagino como estes bairros eram super tranquilos, belo registro!
abracos

Luiz D´ 7/18/05 9:03 AM …

Até a década de 1960 a Visconde de Pirajá era mais ou menos assim.
A rua, toda de paralelepípedos, era tranquila.
Tomar o bonde de Copacabana até o Bar 20 (onde o bonde 13-Ipanema fazia a volta) ou o bonde 12 até o Leblon, era passar quase que por um deserto.
Quem tomasse o 14-General Osório, iria só até a Teixeira de Melo, onde este bonde entrava para fazer a volta no sopé da favela da Barão da Torre.
Na Visconde ficavam os cinemas Ipanema, Pirajá e Astória.
E o sorvete do Morais…
http://fotolog.terra.com.br/luizd

Luiz D´ 7/18/05 9:04 AM …

E o cinema Pax, é claro!

Rafael Netto 7/18/05 9:26 AM …

1) Onde ficava essa casa? Lembro de uma bem interessante que ficava na quadra da praia da Garcia d`Ávila até pelo menos 1992. Um casarão marrom, com gramado mal cuidado, onde morava (acho) uma velhinha.

Se eu tivesse muito dinheiro, muito mesmo, uma das coisas que faria seria comprar alguns prédios da região, botar abaixo, e construir casas no lugar…

2) Acabei de me lembrar… na tradução brasileiroa do livro “Asterix entre os bretões” existe um personagem “Cinemapax”!!!

andredecourt 7/18/05 9:33 AM …

Rafael, ficava do lado direito da rua, quase na esquina com a Maria Quitéria

rick 7/18/05 9:56 AM …

caramba como mudou….
ai queria ter uma maquina do tempo e passear nesta epoca…

rick 7/18/05 9:57 AM …

voce lembra da sorveteria zero?
tem alguma foto dela?

na entrada havia um gigantesco sorvete

andredecourt 7/18/05 10:00 AM …

Claro que me lembro, mas não tenho nenhuma foto dela, ela fica na Av. Nossa Senhora de Copacabana ao lado do Metro, hoje é uma loja de tecidos, a Lealtex

bacellar 7/18/05 11:08 AM …

maravilhas antigas, quer melhor? NÂO!!! rsrsrs
viva o Rio de Janeiro !!!
viva Andre de Court !!!!!!

jro 7/18/05 11:55 AM …

Adorei a lembrança do Cinemapax!!!
:-) ))

André, ainda existem algumas casas na Visconde de Pirajá.
São escondidas atrás dos prédios com servidões discretas como entrada.
Existem também algumas vilas com o mesmo tipo de entrada.
Jro

AG 7/18/05 12:16 PM …

Aí por volta do final dos anos 40,meu pai e minha mãe, mudaram para Ipanema. Contam coisas maravilhosas. Por exemplo, ali depois da esquina da Maria Quitéria tinha uma chácara. Os donos eram um casal de portugueses que vendiam todo o tipo e planta e flor.
Confesso que não me lembro deles; lembro das duas filhas (portuguesinhas, branquinha, lindinhas)que acho que encerraram as atividades depois da morte dos pais.

Outra coisa que eu lembro e que às vezes ficou pensando se é verdade ou mentira; me ajuda aí Luiz, Sr. Tutu e André. Mas, na minha cabeça a Chaika, depois da esquina da Joana Angélica) já existe desde o início doas anos 60; ou não ?

Um dia peguei a Maria Clara Machado (linda, vivíssima, sesibilíssima)para recordar do tempo que o Anibal Machado, a mãe, ela e as irmãs moravam aí na Maria Quitéria. Lembramos (quer dizer, ela lenbrou :-) ) do seu Jason e da Casa Poity, da Sapataria Estrela da Paz do seu Albano, da Casa Tupã da Neide, da oficina do Armindo e do Mel, da Tinturaria Tip Top, do Bazar Enigma.

É Ipanema era só felicidade.

Rafael Netto 7/18/05 12:41 PM …

Falando em Chaika, por detrás daquele letreiro será que não existe uma fachada antiga?

jro 7/18/05 12:44 PM …

Escrevi chaika no Google, e alha só o que achei:
http://www.chaika.com.br/

Antigo Café Progresso, o Chaika tem 50 anos.

E da Farmácia Jurupary, quase na esquina da Paul Redfern?
Minha mãe comprava meu material escolar, que eu usava no Chapeuzinho Vermelho, na Casa Reis.

Jro :-) )

jro 7/18/05 12:45 PM …

o alha ai em cima é do verbo alhar – eu alho, tu alhas, ele alha.
:-) )))))))
:-) ))))))))))))))
:-) ))))))))))))))))))

Luiz D´ 7/18/05 12:48 PM …

Sobram, ainda, algumas lojas de mais de 50 anos. Entre elas a Sapataria Canella, ali na Farme de Amoedo, ao lado da loja de sucos.
http://fotolog.terra.com.br/luizd

rick 7/18/05 1:08 PM …

andre, logo atras do predio horroroso na praia de botafogo, aquele que esta mais ou menos onde ficava o mourisco,
ha uma casa no meio da vegetacao, pela arquitetura que podemos ver no meio das arvores, vemos que eh do inicio do seculo passado,
voce sabe o que eh e o que era ?

Leflaneur 7/18/05 1:24 PM …

Rick,

Pelo que eu sei é uma residência particular. Parece que era a casa da Viscondessa de Fonseca Costa e deve hoje estar nas mãos de seus descendentes. É uma casa lindíssima e quase não se fala dela, de fato.

André,

Te dei um bolão, né? Acontece que o telefone morreu, mas tb sai tarde daqui e nem fiz nada no final das contas. Dormi.

Essa semana??

andredecourt 7/18/05 2:20 PM …

Lefla essa semana sim te ligo depois prá combinarmos um arcool !!!

Rick e Lefla a casa que se encontra nas encostas do morro do Pasmado foi de Oscar de Almeida Gama, principal acionista da empresa Sociedade Anonima Empresa Urca, que foi a responsável pela construção do bairro da Urca, e depois sócia também do Hotel Balneário Urca

nickellis 7/18/05 2:52 PM …

Chega a ser deprimente ver como o Rio mudou, e para pior.
Abraços!

Leflaneur 7/18/05 3:03 PM …

O Elio Gaspari disse que é aquilo era residência dos Fonseca Costa, não sei… Se vc está dizendo, acredito, até porque a casa sempre me pareceu mais moderna que os barões. Tipo anos 20.

jban 7/18/05 3:03 PM …

Acabei de chegar de Ramos. Apesar da Av. Brasil ser um horror, dá gosto ficar admirando aquele prédio Mourisco do Instituto Oswaldo Cruz…

andredecourt 7/18/05 3:16 PM …

Exato Lefla, a casa é dos anos 20

rick 7/18/05 3:52 PM …

ela é tombada,
ela parece lindissima, mas quase nao da para ve-la

sabe fico olhando e passando nas ruas, nem digo na area de botafogo, mas ate mesmo em areas mais humildes, vejo predios e lojas construido no inicio do seculo passado e vejo os detalhes e ornamentos que hoje sao completamente esquecido.

um exemplo claro, olhe os armazens que voce na viaduto da perimetral…
voce detalhes de flores e predios usados com lugar para estoque
agora olha a cidade do samba,
cara sera que estamos evoluindo??

jban 7/18/05 4:07 PM …

A medida que a população cresce a Quantidade de Inteligência(Constante Universal criada por mim) média diminui, se diluindo entre os habitantes humanos do planeta. Como a distribuição da inteligência não é igual, havendo pessoas mais e menos inteligentes, podemos concluir que a humanidade fica cada vez mais burra a medida que a população aumenta…

Leflaneur 7/18/05 5:05 PM …

Encontrei a casa entre os bens tombados em Botafogo: a casa chama-se, de fato, Residência Fonseca Costa, fica na Praia de Botafogo, 530 e é tombada pelo Município. Porém só tem o nome de Fonseca Costa, foi moradia da Sra. Gloria Paulo de Frontin Muniz Freire, filha do ex-Prefeito, Conde Paulo de Frontin. Estávamos todos certos, André acertou tb quando disse que o prédio é assinado pelo dono original, Oscar de Almeida Gama Pereira. A casa é de 1913 e o estilo mistura Luis XV e XVI. Não há informações sobre o uso dela hoje, ao que parece continua residencial. Deve ser bom morar lá no meio da mata, olhando a Enseada de Botafogo… O problema é o Mourisco ali em frente!

andredecourt 7/18/05 5:11 PM …

A família Frontim tem laços estreitos com Oscar de Almeida Gama, vou apurar, mas talvez a filha de Paulo de Frontim tenha sido casada com Oscar

zelobo 7/18/05 9:43 PM …

Oi André,
Sou /erika22, esposa do /zelobo.
Fiquei louca quando vi essa foto !!!! : D
Gostaria de postá -la no meu fotolog.
Visite – o e verá porque, visite também o meu site :
http://www.erikacordeiro.com.br
Aguardo uma resposta sua !
Bj.

zelobo 7/18/05 9:44 PM …

Com os créditos, é claro ! : )

Marcelo Almirante 7/19/05 1:04 AM …

Ipanema era, e ainda é , um pedaço da Europa na América do Sul. Foto sensacional.

Pra quem pensa que na Europa também não tem praia e também não faz calor, deveria conhecer o sul da França, por que não Saint Tropez, no verão é claro. Por sinal está o maior calor agora, beirando os 40 graus.

http://www.touristonline.de/files/photos/370823_01.jpg

rbpdesigner 7/19/05 1:42 AM …

cara, impressionante!

como tudo mudou….

[]s

Rafael Netto 7/19/05 9:24 AM …

Já diziam os mestres, há 30 anos..

Rua Nascimento Silva 107, você ensinando pra Elizete as canções de `Canção do Amor Demais`.
Lembra que tempo feliz, ai que saudade, Ipanema era só felicidade, era como se o amor doesse em paz.
Nossa famosa garota nem sabia a que ponto a cidade turvaria nesse Rio de amor que se perdeu.
Mesmo a tristeza da gente era mais bela, e além disso se via na janela um cantinho de céu e o Redentor.
É meu amigo, só resta uma certeza, é preciso acabar com essa tristeza, é preciso inventar de novo o amor. (Toquinho e Vinícius)

Rua Nascimento Silva 107, eu saio correndo do pivete tentando alcançar o elevador.
Minha janela não passa de um quadrado, a gente só vê Sérgio Dourado onde antes se via o Redentor.
É meu amigo, só resta uma certeza, é preciso acabar com a natureza, é melhor lotear o nosso amor. (Tom Jobim)