andredecourt's photo from 8/23/05

Continuando a série…….

Essa maquete dos anos 50 mostra um dos trevos rodoviários, ou um dos viadutos mais complexos que eu já vi.

Ele seria o responsável pelo entroncamento da Av. Brasil com a Av. Lobo Júnior, dentro de um projeto de um novo distrito industrial, visto que, o velho bairro agrícola cada vez mais desaparecia, cedendo lugar para a sua nova destinação.

A associação agrícola na Fazenda Velha, tinha seus limites diminuídos, vendidos para um matadouro e outra parte para o IAPI levantar seu conjunto habitacional.

O grande Curtume Carioca cada vez crescia mais, urbanizando seguidos quarteirões, criando canais fluviais para dissecar a região, o canal da rua Gruçaí é o mais marcante, a fazenda de Juca Lobo tinha partes de sua área destinadas à construção do hospital Getúlio Vargas, ainda na prefeitura de Pedro Ernesto, e num outeiro na divisa com Brás de Pinna surgia talvez o bairro mais português da Penha, estritamente residencial até hoje e muito agradável com ruas calmas e arborizadas, que tem sua principal via a Av. Lusitânia.

Para isso, o bairro que crescia a largos passos, precisava ser integrado as principais vias da cidade e para fora dela, pois nessa época a Av. das Bandeiras era aberta, conectando a Av. Brasil na nova Rio-São Paulo e aos sertões da zona Oeste.

Foi então planejado esse trevo sobre a Av. Brasil, conectando os dois trechos da Av. Lobo Júnior, por ela cortada. A visão da foto é do continente para o mar, vemos duas transversais as ruas Ourique e Castelo Branco ( respectivamente, de baixo para cima da foto), após a Av. Brasil vemos uma vasta área ainda vazia, destinada futuramente ao mercado São Sebastião e a instalações da Marinha como o clube dos Marinheiros.

Infelizmente essa região após a Av. Brasil está sendo sufocada pela favela Marcílio Dias que já engolfou várias ruas do mercado, que vem sendo seguidamente abandonado e com a favela a cada abandono ganhando mais espaço num círculo perverso.

Além do viaduto-trevo o conjunto viário englobava uma duplicação da Av. Lobo Júnior, que pode ser comprovada até hoje examinando o afastamento dos prédios mais novos construídos em obediência a esse PA, o único trecho que foi alargado até hoje é da Av. Brasil até a esquina com a rua Cuba, contando com 6 faixas de rolamento e canteiro central.

Amanhã continua…..

Comments (18)

natureco 8/23/05 9:05 AM …

Muito interessante isso André.!!!!
Você viu a história da Fonte da Saudade num jornal da Globo?? Aquela fonte antiga que tem no bairro da Saudade!!. Você tem alguma foto dela???? Parece que está no jardim de um prédio na Lagoa….
Abçs.
Luiz.

buenas 8/23/05 9:08 AM …

buenas!
muito legal a foto e a explicação …
e mais ainda por eu me esconder por esses lados …
abraço
e quem disse q flog não é cultura!?
muita PAX!

brites 8/23/05 9:13 AM …

Q obra mais doida seria esta, não? Parece coisa de druida com tecnologia de concreto protendido…
É realmente uma pena a favelização da Av Brasil e cercanias! Uma área com completa estrutura urbana se transformando em terra de ninguém…
Nunca vi a fonte da Saudade… bem q gostaria de conhecer e saber seu destino!
*s Bom dia!

photomechanica 8/23/05 9:57 AM …

Isso ai é o resultado da cruza de um Maracanã com o Pavilhão de São Cristovão…

Waldenir 8/23/05 10:36 AM …

Se este viaduto-trevo tivesse sido feito,garanto que hoje haveria uma favela enorme no meio.Falando nisto,o que seria colocado ali,uma praça?

AG 8/23/05 11:02 AM …

Rapaz, nunca vi um projeto tão, como diria, cabuloso quanto este.
Fiquei aqui andando com um carrinho imaginário tentando encontrar o fluxo ideal de tráfego.
Acho que em algumas coisas acertei mas em outras bati de frente com um caminhão, duas camionetes, quatro carros, dois burrinhos sem rabo e atropelei um cachorro.

photomechanica 8/23/05 11:12 AM …

Um “roundabout” suspenso, quase babilônico.

Leflaneur 8/23/05 12:24 PM …

Concordo, Waldenir, ali no meio haveria uma enorme favela e debaixo dos viadutos tb. Nós só poderíamos passar por ele se houvesse permissão do tráfico. E se ousássemos, poderíamos ficar rodando ali, feito pato de brinquedo de tiro de parque de diversões…

o_jirau 8/23/05 12:25 PM …

Cansado de só reclamar?
Nós também!

O Jirau – A partir de 7 de Setembro

Rafael Netto 8/23/05 12:50 PM …

Vocês não entenderam, por baixo passaria o fluxo da Av. Brasil, a rotatória suspensa seria só pra quem entra/sai da Lobo Júnior.

Cá entre nós, não seria muito mais fácil passar a Brasil por cima e fazer a rotatória embaixo?

jban 8/23/05 1:20 PM …

Ainda bem que não construiram essa coisa horrorosa aí…No mesmo estilo da ponte velha da Ilha do Governador com as duas curvas a 90 graus que já jogou muita gente para fora e o viaduto sobre a linha férrea em Bangu, outro horror dos anos 40/50…

jban 8/23/05 1:21 PM …

A “Fonte da Saudade”, segundo fontes (!), está nos fundos do predio número 111 da Rua Fonte da Saudade..

jban 8/23/05 1:34 PM …

André, O Chopp com os antigos vai rolar ??? Hoje é um excelente dia !!

antolog 8/23/05 2:53 PM …

Seria um negocio bem esquecido mesmo. Cheio de acessos e saídas para Av. Brasil.

andredecourt 8/23/05 5:39 PM …

No meio passaria a pista central da Av. Brasil

Marcelo Almirante 8/23/05 5:42 PM …

O pior é que a Av Brasil se transformou em terra de ninguém com a conivência do próprio poder público. A cidade virou a terra do VALE TUDO, terra sem lei. Uma merda. O pior é que a própria população reelege esses incompetentes que brincam de adminstração pública e sabem muito bem enganar a população com o marketing.

Uma pena. E segue a Agenda de Destruição da cidade com a população mansa. Quanto mais favelização maiores conflitos sociais.

Reaparo que muita gente já abandonou a cidade, principalmente mais jovens, em buscas de locais com menos conflitos.

Quanto ao trevo, ainda bem que valeu o bom senso, ao terem abandonado essa aternativa. Os novos viadutos, que eliminaram o cruzamento semaforizado, foram inaugurados em 1967.

betotumminelli 8/24/05 1:19 AM …

Que coisa bizarra!!! E concordo e faço coro ao Lefla… imagina a quantidade de barracos que haveria ai embaixo. E se hoiuvesse um incendio como ocorreu ha uns anos debaixo da Linha Vermelha afundando trecho dela.

:-) )

Larbac 5/24/07 8:37 PM …

Fantástico, as informações são todas verídicas, trabalho na Lobo Junior, e realmente até a rua Cuba existe o recuo. Dali pra frente os prédios estão alinhados com calçadas à frente que chegam a 7, 8 metros de largura. Um desperdício, hoje em dia menor, pois a avenida é mão única, mas há dez anos, era uma loucura, quando a Lobo Júnior era mão dupla, o trânsito ficava engarrafado durante todo dia, e ambulâncias pediam histéricas para chegar ao Getúlio Vargas mais rápido. Fora o CO2, era de ficar sujo de fuligem ao final do dia.