foto de andredecourt em 12/01/06

Ontem Roberto Tumminelli postou uma foto de uma alagada Av Presidente Vargas em 1954( http://www.flickr.com/photos/carioca_da_gema/85224921/ ).

Fazendo então um post duplo com o amigo, publico essa foto de um local muito próximo ao mostrado pelo Roberto e 24 anos antes.

Vemos uma alagada Av. Francisco Bicalho em 1928, quase na antiga junção com as ruas que acompanhavam o canal do Mangue após a praça XI, que depois foram incluídas na Av. Pres. Vargas.

Comments (18)

Rafael Netto disse em 12/01/06 08:00 …

Alguém sabe quando o viaduto ferroviário teve as arcadas substituídas pelos tabuleiros retos com “mãos francesas”?

E o carro parece estar na contra-mão.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

luiz_d disse em 12/01/06 08:29 …

Park-way, town-house, Parafuso de Arquimedes, blaugas, mãos francesas, tabuleiros retos, made in France, brises…

Estes “fotologs”…

http://fotolog.terra.com.br/luizd

AG disse em 12/01/06 08:42 …

Cada enchente dessa devia gerar doença que não acabava mais. Já Imaginou ?
Nessa época o canal do mangue devia ser uma cloaca só.

antolog disse em 12/01/06 09:30 …

Nada muda…

betotumminelli disse em 12/01/06 10:27 …

Parkway under water!

:-) )))))))))

jban disse em 12/01/06 11:11 …

Waterway !

Lefla disse em 12/01/06 12:33 …

Tadinhas das putas, ainda tinham que ficar de rodo na mão… (no bom sentido, claro)

jason_1900 disse em 12/01/06 12:48 …

Deixa eu ver se entendi: essa foto foi tirada da Francisco Bicalho, mais ou menos em frente à Car Place, extinta concessionária GM. Exatamente do outro lado do canal está a Leopoldina. É isso?

Então o Fordeco está na contra-mão…

Mauro_AZ disse em 12/01/06 12:56 …

A questao e’: Antes do aterramento para a construcao do canal, aconteciam esses alagamentos quando chovia? E’ de pasmar que neguinho projete uma canalizacao a ceu aberto sem levar em conta o indice pluviometrico.

andredecourt disse em 12/01/06 14:00 …

Não Jason, é mais para frente, mais ou menos onde hoje tempos as rampas dos viadutos, a Francisco Bicalho avançava até o encontro com Pres. Vargas quando o canal fazia a curva

jban disse em 12/01/06 14:56 …

Mauro,

Antes do aterro, aquela area era um braço de mar e mangue..
Ao longo dos sec XVIII e XIX foi sendo aterrada, mas sempre foi o desaguadouro de várias bacias hidrográficas da cidade.

tunanut disse em 12/01/06 16:14 …

wow

prfragoso disse em 12/01/06 16:44 …

O Rio sempre sofreu com essas enchentes de verão. Fiz pesquisa num site da Defesa Civil e é alarmante a quantidade de ocorrencias. Foram mais de 10 brabíssimas:
08.1906 – Canal do Mangue;
04.1924 – Canal do Mangue/Pça da Bandeira;
11.1940 – Santo Cristo;
01.1942 – Morro do Salguiro;
01-1962 – Canal do Mangue/Rio Maracanã;
01-1966 – Laranjeiras – c/250 mortes;
01.1967 – Laranjeiras – c/200 mortes;
03.1983 – Santa Teresa;
02.1988; 01.1991; 01.1999 e por aí vai…
E por falar em Rio Maracanã, me lembro de uma enchente em março de 1971, que me deixou ilhado no Estádio e, quando sai, vi alguns carros boiando dentro do rio que havia transbordado.
Mas esses desastres não só por obra da natureza,não; são por culpa dos governantes e da má educação do povo que joga o lixo nas encostas…

Mauro_AZ disse em 12/01/06 17:42 …

Exato, Joao, e o braco de mar terminava num saco, que se nao me engano, agora acho que me lembrei, se chamava Saco de Sao Diogo. O manguezal nas margens do braco de mar devia alagar nas enchentes. Mas o que me estarrece e’ que se constroi um canal que nao da’ vazao as cheias dos rios que nele desembocam.

Mauro_AZ disse em 12/01/06 18:50 …

prfragoso:
Eu tambem fui a esse jogo em 1971. Vasco x Botafogo, suspenso no intervalo por causa do diluvio. Voltei para casa com agua (sujissima) pela cintura, usando o mastro da minha bandeira como bengala de cego para nao cair dentro de algum bueiro e nao dar topada no meio-fio. Nao dava nem para ver onde estava o rio Maracana. A proposito, o jogo estava 0×0 quando foi suspenso e quando foi novamente realizado o Botafogo ganhou por 4×2.

Rafael Netto disse em 13/01/06 06:43 …

Agora eu entendi!!! A pista é a que vai para o Centro, depois do viaduto! Dá pra ver com certa dificuldade a silhueta da Leopoldina ao fundo.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

Rafael Netto disse em 13/01/06 07:00 …

Meu pai também esteve nesse jogo e tem uma história muito interessante de como “resgatou” seu carro (uma Rural) que ficou submerso.

Diz ele que muitos carros caíram no rio e só foram ser encontrados muitos anos depois durante uma obra de dragagem.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto