foto de andredecourt em 15/05/06

No último dia 9, coloquei a foto de um vendedor de doces, bolos e salgados, no largo da Misericórdia em 1919.

De imediato o amigo Flávio Sertã de Mendonça, publicou em seu blog ( http://www.flaviorio.globolog.com.br ) uma foto do mesmo largo, em sentido inverso poucos anos após a aqui mostrada. Na foto postada pelo Flávio já víamos a construção dos pavilhões da expo de 1922 que alterariam o lugar significativamente pela primeira vez no sec. XX.

Hoje então posto uma nova foto do velho Largo da Misericórdia, um dos lugares mais antigos da cidade, e talvez hoje, com a destruição do Morro do Castelo é junto como o que sobra da ladeira homônima o espaço urbano mais velho da cidade.

Nessa foto de 1967, o largo é mostrado mais ou menos como está até hoje, mas há modificações, a sombra que vemos encobrindo os carros estacionados e o pedestre que esta em um local muito parecido como o vendedor fotografado em 1919 era a sombra do prédio do Ministério de Agricultura, que seria demolido menos de 10 anos depois de feita essa fotografia. Acompanhando o prédio da Santa Casa de Misericórdia, vemos junto a rua de Santa Luzia outra construção, mais uma que não chegou aos nossos dias, o prédio que vemos no fundo da foto era um pedaço remanescente do velho pavilhão de Festas da Expo de 1922, já bem modificado e que foi destruído por um incêndio no início dos anos 80, quando abrigava a Secretaria Municipal de Fazenda.

O nosso fotógrafo se encontrava nos restos da ladeira da Misericórdia, como podemos reparar as árvores presentes nas duas fotos mais antigas não existem mais, só há um pequeno jardim no centro do largo.

Comments (18)

jban disse em 15/05/06 09:17 …

Vale a pena ler a reportagem na revista de Domingo sobre o Morro do Castelo e os túneis dos Jesuitas. A foto mostra este local.

andredecourt disse em 15/05/06 09:20 …

Xiiiii, vou ter que pegar o encalhe com o jornaleiro

luiz_d disse em 15/05/06 09:28 …

Este prédio da Secretaria Municipal da Fazenda que, “convenientemente”, pegou fogo, foi onde tirei a minha inscrição do ISS para começar a trabalhar, ainda estudante.

E considero muito simpática a Igreja de Nossa Senhora de Bonsucesso, não citada no texto.

andredecourt disse em 15/05/06 09:40 …

A igreja de Nsa de Bonsucesso, guarda algumas relíquias, como conjunto de talhas que foram da igreja dos Jesuítas no Morro do Castelo

derani disse em 15/05/06 10:50 …

É um ótimo passeio ainda dar uma caminhada por aí. Volta-se no tempo.

Rafael Netto disse em 15/05/06 11:51 …

É uma pena que esse lugar seja tão esquecido, num canto do Centro.
Eu nunca vi a igreja de N.S. de Bonsucesso – a mais antiga do Rio – aberta.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

AG disse em 15/05/06 12:43 …

Rapaz, olhei essa foto e me lembrei de um lugar em Luiboa ou no Porto, igualzinho a este. Inclusive onde estacionei a minha “carrinha de aluguer” , é exatamente como aquele ali com os automóveis contra a parede.
Quase caí pra trás.

edubt disse em 15/05/06 12:46 …

tai um local que acho estranho… Toda essa redondeza.

:-)

marisbr disse em 15/05/06 13:35 …

O Rio de Janeiro continua lindo!

FlavioM disse em 15/05/06 15:59 …

Me lembro de que um dos argumentos para a demolição do Pavilhão dos Estados era que este largo precisava ser resgatado, por ser um dos locais mais antigos do Rio. Que o Pavilhão estaria “sufocando” e escondendo o Largo da Misericórdia. Ora, este largo nunca foi muito mais largo do que isso! Talvez, no século XIX, até se avistasse um pouco da antiga Praia dos Jesuítas. Mas hoje o que se avista é a Perimetral, ora.

(Vou sair de fininho e corrigir o nome da igreja para “Bonsucesso” nos meus sites. Estava chamando de N. Sra. da Misericórdia.)

http://www.flaviorio.globolog.com.br

Evelyn disse em 15/05/06 16:14 …

Rafael Netto
Para pegar a igreja aberta, tem q ter sorte dela estar sendo preparada para algum casamento, tive essa sorte 2 vezes uma num sabado pela manha e outra num sabado à tarde, vale a pena, faça suas tentativas!boa sorte!

Evelyn disse em 15/05/06 16:16 …

RAFAEL NETTO
NA PIOR DAS HIPOTESES vc sea recebido por camelos,acho q argentinos, q fazem ponto ali, como ja aconteceu…

jban disse em 15/05/06 16:25 …

Sempre que eu olho para o que restou da Ladeira da Misericórdia, me pergunto se foi mesmo necessária uma intervenção tão radical….

Evelyn disse em 15/05/06 16:30 …

FlavioM
Mas realmente a ideia procede, poderia mesmo se chamar Nossa Senhora da Misericordia e Bonsucesso ou se preferirem Nossa Senhora de Bonsucesso e Misericordia, assim como a Praça Salgado Filho poderia ser no Meier aonde ha um hospital com mesmo nome, e essa se chamaria Praça Santos Dumont,nao mais dando nome `a praça em frente ao Jocquei Club na Gavea.

Evelyn disse em 15/05/06 16:32 …

andreeeee
Oiii
Voce nao esclarece mais as minhas perguntinhas…As ultimas, nem uma palavrinha a respeito…
Sera por influencia do/de/desse JBAM?
(((

Evelyn disse em 15/05/06 16:48 …

jbam
ha alguma participaçao sua nesse silencio andrediano decourtiano?
fique calminho para responder por favor )))
tb vou sair de fininho…

Evelyn disse em 15/05/06 16:54 …

edubt
Aquele “kit” ali da uma impressao meio escalafobetica, todo aquele entorno q abrange o MHN, O MIS, a ladeira, a igreja, etc mas e de tao grande importancia !!

Keila disse em 16/05/06 02:11 …

Só uma sugestão, Evelyn: tenta fazer um post só ao invés de vários. Por isso que os rapazes ficam irritados qd lêem o seu nome. (rs)