andredecourt's photo from 5/17/06

Dois parentes de Minas, não identificados posam de fronte a velha estação do Morro da Urca.

Será que estavam tensos de andar no bondinho ???

S/D

Foto do arquivo de família

Comments (14)

glenlivet 5/17/06 7:37 AM …

Tio Zezinho e Tio Cantiflas!

Lefla 5/17/06 9:00 AM …

O da direita é meio fifi (como se dizia na época), não? Acho que são namorados… Isso explicaria a combinação, o match perfeito das roupitchas…

André, tô indo pra Escócia. Acho que não volto nunca mais (rs) ou, se voltar, volto engarrafado!!!

abs

luiz_d 5/17/06 9:06 AM …

Será que já havia “shows” no Morro da Urca?
Talvez tenha ido apresentar um espetáculo baseado em Fred Astaire…

Podiam estar tensos mas estavam elegantíssimos.

glenlivet 5/17/06 9:28 AM …

Lefla! Scotia?
Andre, vc vai continuar me ignorando? Grrrrr

Derani 5/17/06 11:26 AM …

Sei não André… esse da esquerda parece que tá todo borrado.. tá até querendo esconder alguma coisa atrás (desculpa, não pude evitar..)
:-) ))))))))

jban 5/17/06 12:07 PM …

Lulu e Dudu !!!

edubt 5/17/06 1:07 PM …

Estavam tensos pq tavam vendo o marzão lá embaixo uai!

:-) )

AG 5/17/06 1:28 PM …

Mas que falta de respeito com os parentes do Andresíssimo.
Pois saibam que o moço da direita é o famoso Alcebiades Florisbaldo Decourt, inventor do paraquedas de bolso, equipamento que se levava no bolso do paletó ou da gandola militar.
Nesta tarde memorável, Bibi (apelido carinhoso em família) foi ao Pão de Açucar com um primo e nunca mais foi visto.

O rapaz da esquerda, Ignatio Morales Decourt, era próspero industrial de Minas Gerais, exclusivo fabricante de artigos de grande utilidade. Por exemplo é das Indústrias Morales & Decourt o praticíssimo desentortadar de clips, o recarregador de canetas esferográficas, e o fantástico cinto de segurança para elevadores.

Nesta tarde, seu primo Bibi, ia demonstrar “in loco”, sua nova e fantástica invenção do paraquedas de bolso.
Havia um boato que o exércio brasileiro já havia adiantado, pelo invento, aos dois primos, a quantia de 300 contos de réis.
Ignatius também nunca mais foi visto.

patricio 5/17/06 4:55 PM …

Mas que turma de malidicentes! Não vejo nada de errado nessa moçada da foto.
Francamente …

patricio 5/17/06 5:03 PM …

Correc: se eles fossem uma turma de “malidicentes” estaria tudo bem , o problema é que essa turma é de “maledicentes”! Aí não dá! Rsss.

mayaguerrero 5/17/06 5:12 PM …

wow q bonitas fotos q saudagis o como se escriba

anapinta 5/17/06 8:01 PM …

mineiro n]ao teme as alturas e sim a proximidade com o mar ! Considere …
otima foto !
Bjs

bemaia 5/17/06 10:41 PM …

Gargalhando com os comentários!!! KKKKKKKKKKKKKK
Nádegas a declarar….
Bjs