andredecourts foton från 2006-06-02

Maison Moderne

O “Maison” era um dos típicos mafuás que existiam na cidade no final do sec. XIX início do XX, segundo Vivaldo Coaracy possuía “…galeria de tiro ao alvo, roda gigante, montanha russa, carrossel, cabeça de turco (???) e todos os mais apetrechos comuns a esse gênero de estabelecimento. No fundo um pequeno palco para o café-cantante. Parte ao ar livre, parte sob cobertura. Mesas espalhadas pelo “parque” em que eram servidas cervejas e outras bebidas. Freqüência muito popular. Já naquela época ( período Passos), era um escarro no centro da cidade.”

Ele estava na rota de colisão com as reformas implementadas pelo grande prefeito, que previa no local o alargamento da rua do Espírito Santo, hoje Pedro Primeiro e o realinhamento da rua da Carioca junto a praça Tiradentes, por isso deveria ser demolido. Segreto tentou inúmeras manobras jurídicas, conseguindo uma série de liminares que garantiam o estabelecimento ali, seus advogados apregoavam por toda a cidade que conseguiriam manter essa situação indefinidamente. Mas não contavam com a garra do grande prefeito. Enquanto a batalha jurídia se acirrava e os ânimos se exaltavam o prefeito se mantinha serano, e quando perguntado qual seria as providências, ele apenas respondia que tudo ao seu tempo, certamente já com seu plano arquitetado

A meia noite do dia 6/03/1903, data que perdia força a liminar conseguida por Segreto, mais de duzentos trabalhadores da prefeitura, desviados de várias obras de modernização da cidade, munidos de marretas, picaretas, carroças e animais de tração e ainda supervisionados pelo próprio prefeito, atacaram o lugar igual uma tropa toma um campo de batalha, ao alvorecer não restava mais uma estrutura de pé, estando o terreno praticamente limpo.

Realinhadas as vias o “Maison”foi reinaugurado no dia 5/04/1903 com a pretensão de ser segundo Segreto “um grande parque famíliar, a exemplo dos grandes parques da Europa”, mas na verdade continuou sendo o mafuá de sempre, com a imprensa metendo o pau e acusando de ali se exibir filmes pornográficos e de ser uma casa de tavolagem.

Em 1912 sofre nova reforma, com a modificação de sua estrutura metálica a fim de suportar diversos usos, mas as críticas continuam. A revista “Teatro e Esporte”, desce a ripa no Maison em uma edição de 1922 “Com aquelas inestéticas e imoralíssimas barraquinhas que, em pleno coração da nossa maravilhosa e civilizada cidade, dão-nos a impressão de uma festola de igreja lá num longínquo rincão do interior do Brasil! E o tal barracão de feira que a empresa chama de cinema? Uma cocheira, um estábulo! Contra todas as exigências municipais, o Maison Moderne é para o público inexperiente que ali vai um grande e sério perigo!”.

O estabelecimento apesar de todas as críticas funcionou até 1932, período próximo o qual acredito que essa foto tenha sido tirada, sendo em seu lugar construído o hoje vetusto Ed. Gaetano Segreto.

Curiosamente a história do Maison é muito parecida com a do Pavilhão Internacional, cuja a história pode ser vista neste post de Fevereiro: http://www.rioquepassou.com.br/2006/03/20/

Agradeço a Vivaldo Coaracy em suas “Memórias da Cidade do Rio de Janeiro”e a Evelyn Furquin Werneck Lima em seu livro “Arquitetura do Espetáculo”no qual sem eles esse post não seria possível

Comments (26)

Rafael Netto 2006-06-02 08:37 …

Tá funcionando? Não entendi qual foi o problema ontem…

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

jaymelac 2006-06-02 08:38 …

Blitz Krieg???!!! Pelo jeito sim, em proporções muito maiores que a responsável pela destruição da Estação Rádio-Telegráfica do Arpoador. O Tivoli Park da Lagoa, mafuá de nossos tempos foi retirado de onde estava de modo mais pacífica, e deixou muita gente protestando. Hoje, pensando em termos de direitos constitucionais, penso nos mafuás de luxo que ocupam, sabe-se lá sob que forma furídica de concessão, os espaços da Lagoa adjacentes ao Parque dos Patins…

Lefla 2006-06-02 08:59 …

O que é uma “casa de tavolagem”? Vamos abrir uma, André? Acho que não existem casas de tavolagem no Rio, não com esse nome pelo menos…

andredecourt 2006-06-02 09:04 …

Na Princesa Isabel e PJ está cheio de casas de tavolagem

Lefla 2006-06-02 09:09 …

Mas não tem esse nome. A gente inaugura a Casa de Tavolagem Leflaneur/Decourt. Com o atrativo do apelido francês, a imaginação correrá solta e a máquina registradora tb… Casa de Tavolagem é mais ou menos a mesma coisa que Assembléia Legislativa, então. Interessante, interessante…

Rafael Netto 2006-06-02 09:19 …

Repetindo o comentário que fiz no post deletado… não entendi onde ficava esse mafuá.

A Pedro I sai da praça perpendicular à Rua da Carioca, mas o lado que foi alargado da Carioca foi o “lado de dentro”.

Aquele morro ali só pode ser o de Santo Antônio, portanto desconfio que isso aí seria a esquina da Pedro I, em frente ao Teatro Carlos Gomes.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

andredecourt 2006-06-02 09:30 …

Pois é Rafael, ele ficava na esquina da hoje Pedro I, antiga rua do Espirito Santo bem na frente da praça Tiradentes, nessa foto o fotógrafo possivelmente está na beira da praça, mas no período Passos houve um realinhamento geral no entorno da praça

jban 2006-06-02 10:30 …

Então alí atrás é o Morro de Sto Antônio…

Que mafuá ? Aliás, de onde vem este nome ?

Evelyn ? A “nossa” Evelyn… Uau ! Meus Parabéns !!

:-) ))

Derani 2006-06-02 10:47 …

Parabéns, ótima ideía de refundar a Casa de Tavolagem. É melhor registrar logo antes que qualquer aventureiro lance mão.
As descrições do Coaracy deste “antro” são deliciosas.. o pessoal saindo dos teatros da Praça Tiradentes e ia sentar por lá para degustar a cerveja “marca barbante”.

Waldenir 2006-06-02 11:53 …

Bem, “casa de tavolagem” ainda vai, mas exibição de filme pornô em 1903 eu acho difícil – até havia, na verdade,mas geralmente eram exibições particulares,em festas,etc.,pelo que eu saiba.
Seria curioso ver um jornal desta época, fazendo estas colocações.

Luiz D´ 2006-06-02 13:20 …

Grande resgate!

AG 2006-06-02 13:51 …

Andresíssimo, com a tua permissão e do Leflaneur gostaria de entrar de sócio na Tavolagem Esporte & Lazer. Mas gostaria de acrescentar à casa alguma coisa que me chamou especial atenção. Trata-se da “Cabeça de Turco”. Garanto que sem uma bela “Cabeça de Turco” a Tavolagem For Man & Co. (nome fantasia) terá sucesso.
Hoje mesmo farei algumas pesquisas em casas de meditação e tavolagem da rua do Rosário, Buenos Ayres e Quitanda e colherei preciosas informações.

Quanto ao mafuá do Segreto e a briga com o Passos , nada mais parecido do que o mafuá do Orfei e a briga com o Maia.
E para quem não lembra, o Tzar Maia, num dia de santa ira, ameaçou também chegar lá no Tívoli, com meia dúzia de buldozer humanos, e não deixar pedra sobre pedra como o templo de Salomão na Bíblia.

E lembram quando o nosso alcaide pegou-se de implicância (dessa vez com razão)com a Santa Casa da Misericórdia que fazia corpo mole para construir no Rio um crematório ?
Mas isso é uma outra história.

andredecourt 2006-06-02 13:57 …

A santa casa enrolava a cidade há mais de 10 com a estória do crematório, só o fez quando foi ameaçada de perder o maná dela, a administração dos maiores cemitérios da cidade.

Já quanto a cabeça de turco, pesquisei, pesquisei e a única coisa que acho é o livro daquele alemão !!!

Evelyn 2006-06-02 14:50 …

Oi LUIZ D,vc perguntou por mim, legal sua lembrança!
JBAN:
-o senhor teria proferido “Ufa”, de alivio,porque eu nao havia postado nada, ne? entao ta…!!!
-Tenho o livro da Evelyn e tb ja assisti palestra dela ano passado no Memorial do macrocefalo…
-rs nao tenho sobrenome Furquin Werneck…
-esse Segreto e o mesmo do Passeio Publico, Paschoal Segreto?
-no dicionario Aurelio achei cabeça de varias coisas mas nao de turco

Derani 2006-06-02 15:23 …

Cabeça de Turco:
Descobri uma pista:
“cabeça do turco”, expressão do género da que em Portugal manda alguém para a cabeça do touro.
Em outro site, numa entrevista com o famoso jogador Figo, de Portugal ele explica que estava chateado porque era o “cabeça de turco” do time, toda culpa, todo erro caía sobre ele, culpavam-no.
Então pode-se deduzir que quer dizer saco de pancada, boi-de-piranha, talvez fosse aquela cabeça de boneco com a boca aberta onde tenta-se acertar uma bola na abertura da boca, ganhando aí pontos.. não sei, mas faz algum sentido.

Evelyn 2006-06-02 15:48 …

Acho q havia os irmaos Segreto, seria isso?

apinnola 2006-06-02 16:33 …

Cara, só você pode apagar. Se não foi você, troca tudo que é senha. Estou fazendo o mesmo!
Abraço

andredecourt 2006-06-02 17:07 …

Sim Evelyn, parace que o Segreto era tipo um “ricardo amaral” ou “chico recarey” da época, explorava muitos estabelecimentos de diversões, na praça Tiradentes então eram vários, de cinemas a restaurantes.

Curiosamente ele tinha algumas das caracteristicas dos nossos contemporâneos, nem sempre seus estabelecimentos eram bons, como vemos no post de hoje e no linkado, e também fazia muitas modificações nos mesmos para sempre atrair o público !

Luís Felipe Pires 2006-06-02 22:55 …

Gostaria de saber como eram os filmes pornográficos de 1912 !!! Se abrirem a casa de tavolagem me avisem !!

rodperez 2006-06-03 14:45 …

eu já vi filme porno de 1912

simpleboy 2006-06-03 15:19 …

cara que fodá ;B
a roda gigante é a melhor ^^

RENATO 2006-06-03 19:43 …

Descobri hoje este site FASCINANTE, que resgata e disponibiliza fotos de um Rio que me dá nó na garganta ao ve-lo. Uma vez em 88 ou 89 vi na TV o Silvio Santos ao voltar de um tratamento no exterior dizer com a voz embargada que de nada adianta ser milionário num país cercado de miseráveis, pois o medo lhes ronda (aos ricos) 24 horas por dia. É o que acontece no Brasil, 200 famílias detém o poder econômico enquanto 179.999.800 apenas sobrevivam. Isso teria de explodir um dia, e está explodindo agora, herança de nossos antepassados. Quando imaginaríamos que policiais seriam caçados feito ratos e que militares das forças armadas que outrora não distante ostentavam esta posição usem atualmente no dia a dia carteira de órgão civil de identificação o IFP pois se derem carteirada sem saber a quem poderão levar um tiro de fuzil ou granada. Criaram cobras e outros peçonhetos em caixinha de sapatos para que agora nós paguemos pelas desdenhas sociais do passado

RENATO 2006-06-03 19:45 …

Escrevi acima após ter lido uma discussão deste blog sobre a FGV, e os prédios de péssima fama na praia de Botafogo. Moro na Glória e a cada dia vejo a degradação de um dos mais históricos bairros carioca

mauro 2006-06-04 09:17 …

vcs estão em que lado da historia? dos miliários ou dos 179.999.800?

mauro 2006-06-04 10:13 …

esta tudo degradado no brasil um país onde os politicos roubam e a policia tbm não podia dar outra coisa…e a sociedade q não é cidadã sabe de tudo e não faz nada mas tenta na sua desesperada busca de status aliviar sua pobreza, sabe como é brasileiro é rico com muito pouco é aquela velha historia morro teso mas não perco a pose.Basta ver o pobre do SSantos rico as custas da ignorancia do povo

/protesto 2006-06-05 07:28 …

Os que morrem, que morreram ontem, a falta de respeito pela vida, pelo outro, pelo próximo – por causa social ou pior, para satisfação própria, para cobrir frustrações. Os sociólogos e psicanalistas vão tentar explicar, mas o fato já ocorreu: Netinho está morto.