andredecourts foton från 2006-07-11

 

Continuamos na mesma região do post de ontem, a casa e seu passadiço podem ser vistas, inclusive, junto a chaminé da City.

Mas o tópico principal da foto é o Largo da Glória, bem como a sua amurada e o velho mercado de 1855, que na data da foto, 1903, já começa ir ao chão após uma curta e atribulada história.

Na foto podemos observar a amurada da rua da Glória ainda em seu estado original como foi construída no governo do Vice-Rei Marquês do Lavradio para proteger o principal acesso as freguesias ao sul da cidade da força das ondas, que muitas vezes invadiam o local, com o mar avançando mais de 10 metros para dentro do continente.

No largo era onde desaguava o riacho Catete, um dos braços do rio da Carioca, que corria pelo leito da rua homônima, e que pelos textos referentes aos melhoramentos do logradouro, ainda corria em 1844 quando foi construída uma ponte de cantaria, à beira mar para substituir outra anteror de 1771. O que contradiz Vivaldo Coaracy que afirma que o riacho secou com o avanço da cidade e o desmatamento de suas margens.

Ao fundo vemos os aterros da praia do Russel, já bem adiantados, mas ainda desconectados dos novos aterros que surgiriam em pouquíssimo tempo. A curiosidade é que essa área que vemos, onde se encontra o mercado já foi consquistada ao mar nas obras de 1844 onde o largo da Glória foi em muito aumentado.

Continua amanhã….

Comments (17)

Rafael Netto 2006-07-11 09:58 …

1844? Depois do Passeio, devem ter sido os primeiros aterros da cidade.

No mapa do livro “Xangô de Baker Street”, por volta de 1880, mostra mais ou menos isso aí, não havia rua contornando o pé do Outeiro, a Rua do Russell só existia da ponta onde hoje está o Hotel Glória em diante. A ligação devia ser feita através das ladeiras.

É um mistério o lugar onde a foto foi tirada. Pela posição das casas, parece que foi tomada de algum edifício alto… só que não existia!

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

andredecourt 2006-07-11 09:59 …

Rafael, acho que a foto pode ter sido tirada da caixa d’água do chafariz da rua da Glória, que fica mais ou menos nessa posição

jban 2006-07-11 10:12 …

Rafael,

Esta cidade vem sendo aterrada desde 1565 …

edubt 2006-07-11 10:46 …

Eu não consigo ver passadiço algum nessa foto…

:-) ))

Derani 2006-07-11 10:49 …

É.. a passagem principal para a Zona Sul se dava mesmo pela Rua do Catete. Dá para ver bem isso na foto..

uirah 2006-07-11 12:39 …

NHÉÉÉ… PASSOU!

Marcelo Almirante 2006-07-11 12:45 …

Essa região é rica em mistérios.

Pelo que parece a Augusto Severo também foi construída sobre um aterro. Por acaso sabe de alguma coisa ?

Marco – rj 2006-07-11 12:48 …

Seu fotolog é muito bom. Tem alguma coisa do Largo do Boticário antes que aquilo vire mais uma favela???

andredecourt 2006-07-11 13:48 …

Sim Marcelo, a Augusto Severo, até o fim da mureta da rua da Glória, foi construída em outra obra posterior, em 1858/1861, para melhoria de acesso à Glória e reforço contra as invasões do mar, foram desaparecidas duas praias a do “Mar de Espanha, perto do Passeio Público, e a da Glória debaixo das muradas construídas pelo Marquês do Lavradio, aliás nessas obras as muradas foram novamente reforçadas

Evelyn 2006-07-11 16:43 …

Tuminnelli
Então somos dois! Também não consegui visualizar!
(Parabéns pela bela exposição no Forte, extensivo ao André.)

Lefla 2006-07-11 16:51 …

Não quero implicar, mas faço coro: não vejo passadiço algum…

:) ))

Rafael Netto 2006-07-11 17:02 …

O passadiço eu não vejo, mas a casa está lá, encostadinha na chaminé.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

Evelyn 2006-07-11 17:55 …

Lefla
Oi!
Que bom, mais um que não vê!!!!

Jorge Silva 2006-07-11 18:52 …

André,esta foto foi tirada do Morro do Castelo?

Pedro Figueiredo 2006-07-11 20:37 …

Estou fazendo uma pesquisa e preciso saber o significado do nome Praça Glauce Rocha. Andre poderia me dar algum endereço com informação sobre a Praça?

andredecourt 2006-07-12 15:05 …

Pedro, a praça é bem antiga e era um mirante bem usado por fotógrafos desde o Sec. XIX, o nosso amigo Rafael Netto possui fotos da praça atualmente e links para flog’s amigos que mostram a praça no passado.

Infelizmente não sei detalhes de partilhamento e organização urbana que foram responsáveis pelo surgimento da praça, mas acredito que a localidade é muito antiga, por ser o caminho natural da tubulação de água que abastecia o chafariz da Glória, vindo da principal que descia a Alm Alexandrino

Pedro Figueiredo 2006-07-12 21:41 …

Muito obrigado por ter me dado todos estes detalhes. Buscarei mais informações e se encontrar algo novo informarei.