foto de andredecourt en 22/09/06

Av. Lauro Sodré anos 50

Vemos a Av. Lauro Sodré logo após o término das obras de quadruplicação do Túnel Novo.

Na pista sentido Copacabana vemos os trilhos do bonde no famoso “Mata Paulista”, no extremo direito da foto parcialmente aparece na base da Ladeira do Leme o hospital São Zaccaria em sua nova sede após a demolição do Morro do Castelo.

À esquerda da foto vemos a elegância déco da igreja de Santa Therezinha, e os terrenos do Solar da Fossa.

A foto também demonstra o qual foi alargado o acesso para Copacabana, a pista original de acesso ao bairro e ao velho túnel pode ser vista junto aos muros do solar e hoje um pouco alargada serve como pista de serviço do Shopping Rio-Sul, podemos tirar essa conclusão ao observarmos essa foto, que mostra o Túnel Novo no início das obras de quadruplicação (  http://www.rioquepassou.com.br/2004/05/16/)

A obra provocou a demolição de muitos imóveis, não só em Copacabana, como também em Botafogo, onde todo o urbanismo da região foi profundamente alterado, com a supressão de logradouros e o desaparecimento de um lado inteiro da antiga Lauro Sodré e demolições para o alargamento da Av. Venceslau Brás, cuja a maior cicatriz é o hospital Rocha Maia, com partes de seu prédio construído no período Passos literalmente debuçadas na avenida.

Junto as galerias do túnel vemos a fonte Ramos Pinto retirada da Glória poucos anos antes para mudanças viárias.

Comments (32)

brites 22/09/06 9:39 …

Uma pena q a construção do RioSul tenha deixado a igrejinha tão fora de escala!!!
*s Boa sexta!

Vinicius 22/09/06 9:43 …

Pelo menos nesse caso, o resultado final de tantas demolições foi positivo. Construíram um túnel bem bonito, que infelizmente hoje se encontra abandonado. André, o que seria esse Solar da Fossa?

edubt 22/09/06 9:49 …

A Fonte Ramos Pinto foi esculpida pelos Bernardelli, vizinhos e amigos de meus bisavós, ali no Lido.

É curioso como todas as fotos dessa região são feitas a partir do mesmo local, que me parece ser o Hospital dos Ingleses (ou dos Estrangeiros), hj aquele monstro Morada do Sol.

:-) )

andredecourt 22/09/06 9:53 …

Vinícius, o Solar da Fossa era um grande pensionato, um hotel mais barato com quartos alugados por mês, esse nome foi dado pelos tropicalistas que em tempos de grana curta dominaram o local, mas certamente deveria ter um nome oficial, vou ver se descubro.

derani 22/09/06 9:57 …

O Rio-Sul é um monstro hoje em dia entupindo este lugar…

edubt 22/09/06 10:02 …

Meu tio andou morando no Solar da Fossa. Tinha uma amiga maluca dele que morava lá e que arrumou um canto pra ele por ali. Pena não existerem fotos e ele ter morrido, senão perguntava o nome verdadeiro de lá. Será que minha mãe sabe? Tenho cá minhas dúvidas.

:-)

Vinicius 22/09/06 10:13 …

Obrigado André. Pelo tamanho que o Rio Sul ocupa, o terreno desse hotel parecia ser bem grande.

Rafael Netto 22/09/06 10:26 …

Não sabia dessa história da pista interna do Rio Sul e também não conhecia a outra foto (postada em 2004).

Essa história do “mata paulista” foi mais um dos grandes absurdos viários da cidade, já contada aqui em detalhes. Já devia fazer parte da conspiração para acabar com os bondes.

Quando afinal foi inaugurado o túnel? Acho que tem uma gravação na pedra do lado de Copacabana dizendo isso, no lugar onde moram os marginais.

E a igreja de Santa Teresinha é uma das mais belas construções decô da cidade, e talvez a única igreja (não conheço outra).

http://fotolog.terra.com.br/rafael_Netto

rodperez 22/09/06 11:16 …

morada do sol… rio sul….

osama bin laden podia fazer uns trabalhinhos aqui.

photomechanica 22/09/06 11:19 …

Beleza de foto, seu André.

:-) ))

cayocezar 22/09/06 12:07 …

por acaso achei esse fotolog e achei muito legal a ideia de fotos da cidade de certo tempo…

vou adcionar aos favoritos…

:*

luiz_d 22/09/06 12:42 …

Já não vimos uma destas colorizada?

andredecourt 22/09/06 12:49 …

É mais recente

andredecourt 22/09/06 12:51 …

aqui está, é colorida mesmo, nos anos 60 http://ubbibr.fotolog.com/andredecourt/?pid=9482054

MARCELO 22/09/06 14:11 …

O PIOR E QUE ESSA ESCULTURA LÁ NA PAREDE DO TUNEL VIVE SUJA E PICHADA, ESSES VANDALOS NÃO TEM NADA NA CABEÇA, TUDO UM BANDO SEM EIRA E NEM BEIRA.
POBRE DO RJ, POBRE DE NOSSA MEMÓRIA, TÁ DIFÍCIL.

andredecourt 22/09/06 14:13 …

Marcelo, não é uma escultura, mas sim um chafariz

Fco Patrício 22/09/06 15:08 …

A tão mal tratada fonte Ramos Pinto foi inaugurada na Glória (mais precisamente no Largo Visconde do Rio Branco) em 1905 na presença do ótimo Presidente Rodrigues Alves. No livro “O Rio de Janeiro do Bota a Baixo”, pag 48 tem uma magnifica foto do dia da sua inauguração. A Casa Ramos Pinto, de propriedade do Sr. Adriano Ramos Pinto era uma pequena empresa em Portugal de vinho do Porto. Todavia no Brasil foi a pioneira na comercialização deste vinho fermentado com aguardente e, também, durante muitos anos a unica que tinha representação no Brasil. O sucesso comercial foi extraordinário, sendo a expressão “Ramos Pinto” sinónimo de Vinho do Porto, inclusive este ultimo termo era quase desconhecido – se pedia um “Ramos Pinto”. Espantosos e extremamente raros são seus cartazes originais no mais puro estilo art-noveau, onde aparece aquela castiça frase: Cont.

Fco Patrício 22/09/06 15:13 …

cont:
” – Os Quinados de Adriano Ramos Pinto são um regalo”.
Sou um fanático por vinhos do Porto como qualquer bom português, que se preze, deve ser. Asim sendo tenho, entre outras preciosidades, dois Vintages Ramos Pinto 1917 além de um Cartaz original de 1900/05 que posso fotografar e enviar para que todos possam apreciar.
Abraço

Ilan 22/09/06 16:03 …

André, vc teria fotos do Solar da Fossa? Não faço a mínima idéia de como era este hotel. Interessante q como esta região (da foto de hj) sofreu poucas alterações nos últimos 50 anos, considerando as demais áreas praticamente irreconhecíveis.

andredecourt 22/09/06 17:41 …

Taí uma grande lacuna no meu acervo, nunca consegui uma foto pegando o solar de perto !!!

jban 22/09/06 18:21 …

Ontem mesmo bebi uns cálices de Ramos Pinto, depois de um caldo verde e um bolo de bacalhau….

Estava gira ó pá !

FlavioM 22/09/06 19:40 …

Aquilo ali por trás do muro parece ser uma horta. É isso mesmo?

Sempre achei que a razão para a existência do Mata-Paulista fosse alguma dificuldade (ou falta de prioridade) para transferir um dos trilhos da boca antiga para a boca nova. Mas, olhando esta foto e a outra, postada em 2004, chego à conclusão que os 2 trilhos estão na boca nova. É iso mesmo?

http://www.flaviorio.globolog.com.br

Mauro_AZ 22/09/06 20:05 …

Talvez a razao para a existencia do Mata-Paulista era mesmo, digamos, a que estava expressa no nome. Quem sabe… :)

Vinicius 22/09/06 21:17 …

Flávio, também já tinha reparado essa “horta” em outras fotos. Pelo tamanho do terreno, talvez o o local tenha sido o que sobrou de alguma antiga chácara da região.

zecarioca 23/09/06 11:26 …

Muito interessante poder comparar com a outra foto postada por você (link acima) e ver a evolução dessa região. Pena que esteja tão abandonada, como, de resto, quase toda a cidade.

zecarioca 23/09/06 11:31 …

Ah, me lembrei da cena do filme “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura”, em que ele sobrevoa de helicóptero justamente essa área e ainda passa com o helicóptero DENTRO do túnel Lauro Sodré!! Dá pra ver a região (e mais a Presidente Vargas e Copacabana) com muito detalhes. Adoro ver nos filmes antigos, um Rio que não conheci! nesse ítem, o Canal Brasil é um deleite para os olhos!

FlavioM 23/09/06 12:14 …

Ramos Pinto 1917? Deve ser bom isso, hein?

Está reservado para alguma ocasião especial, ou vai ficar na coleção?

A inauguração do conjunto da Ramos Pinto, na Glória, gerou muita polêmica. Alguns achavam ousada demais, outros diziam que era publicitário, que o Município não tinha nem que aceitar a doação, muito menos o Presidente prestigiar a cerimônia.

A fato é que está toda depredada…

http://www.flaviorio.globolog.com.br

Flavio Mendes 23/09/06 20:25 …

O solar da fossa não aparece nessa foto, não era colado à igreja, era junto do que hoje é aquele posto (será que já foi desativado?). A Betty Faria foi moradora de lá e tirou essa dúvida, e disse inclusive que em breve sairá um livro sobre o Solar da fossa. Ela disse que os apartamentos que eram colados ao prédinho de dois andares que existia ali (vide, imperdível via you tube, o já citado filme do Roberto Carlos com a famosa volta de helicóptero pelo Rio em 68) sofriam muito com o barulho da oficina mecânica que ficava ali perto do posto.

De qualquer forma, são pouquissimas as imagens que ficaram do famoso e histórico Solar da fossa.

Alexandre Figueiredo 24/09/06 23:00 …

Pelo ônibus de cor mais clara que aparece na direita da foto, esta deve datar de 1958.