andredecourt's Foto von 19.03.07

Terça Feira passada postei um mapa dos anos 60 que mostrava a variação da orla da Lagoa desde os séc. XIX até o ano de 1965.

Impressionava a quantidade de aterros, principalmente na região do Jockey Club, onde o novo litoral avançou centenas de metros e onde curiosamente foi realizado o primeiro aterro no ano de 1880.

O mapa também nos mostrava que em algumas partes da antiga orla “penínsulas” se projetavam, algumas chegando muito perto do litoral de hoje, e que explicam elevações discretas nas topografias dos bairros.

Hoje vemos uma dessas. A foto mostra os grandes aterros da segunda metade dos anos 20 ao início dos 30, na região da Fonte da Saudade até a propriedade Lage. No meio do grande vazio, ainda não arruado e ocupado, vemos na parte inferior direita da foto um pequeno trecho, no fim do aterro, que tem a ocupação diferenciada.

Essa parte do bairro já ocupada era uma das penínsulas que avançavam de forma natural para dentro da Lagoa, sendo essa a de maior penetração. E engloba trechos das atuais ruas Maria Angélica, Frei Leandro, Gal. Tasso Fragoso da Av. Alexandre Ferreira além da Praça Sagrada Família.

Curiosamente o aterro de 1880, que regularizou o Cais da Gávea, bem como acertou e alinhou vários trechos da Rua Jardim Botânico, além de construir a derradeira versão da Ponte de Tábuas, previa a regularização desta pequena península, o que aparentemente só foi feito na sua esquerda, sendo a Rua Frei Leandro a prova disso, pois ela era a via que ficava na beira da Lagoa acertando o aterro, já na direita parece que o aterro não foi concluído, sendo a margem aí engolida pelos grandes aterros posteriores.

Ao fundo vemos os aterros na região de Ipanema, feitos com areia e também ainda não arruados e ocupados.

Comments (16)

dani__steele 19.03.07 08:41 …

Muito interessante seu flog. Está de parabens!

Marcelo Almirante 19.03.07 08:48 …

Vale lembrar que o mesmo arquiteto que “projetou” a estranha Barra da Tijuca em 1969, e que assinou o laudo de demolição do Palácio Monroe, também tinha idealizado aterrar a Lagoa para abrigar uma cidade universitária !!

Rafael Netto 19.03.07 08:53 …

Mas esse aterro da Cidade Universitária não seria aquele do Plano Agache, na enseada do Cantagalo?

Luiz D’ 19.03.07 09:08 …

A duras penas a Lagoa vai sobrevivendo às agressões.

E, na minha opinião, tem melhorado: há tempos que não acontece uma mortandade de peixes, a fauna da região está bastante aumentada, a água mais limpa.

Se o povo colaborasse um pouco evitando jogar lixo…

http://fotolog.terra.com.br/luizd

rock_rj 19.03.07 10:42 …

Concordo com o Luiz D’, cada vez vejo mais espécies de pássaros pela Lagoa.
Mas o problema do recalque das margens persiste, e de vez em quando faz-se uma regularização do nível das margens, e isto vira vira um círculo vicioso. Com o recalque das margens o material vai para o meio da lagoa diminuindo a profundidade, aí faz-se uma dragagem e assim por diante…

edubt 19.03.07 11:20 …

Devia ser uma delícia andar pelo areal de Ipanema em direção à Lagoa. Sem prédios, sem poluição, sem tumulto e multidão.

Wagner Bahia 19.03.07 11:20 …

Parece que andaram reduzindo algumas emissões clandestinas de esgoto nos últimos anos; daí a melhoria na qualidade da água.

jban 19.03.07 12:06 …

Parece que até a Anta Copacabanensis está voltando ao seu habitat depois de um período desaparecida…

Marcelo Almirante 19.03.07 12:31 …

Rafael,

Que eu saiba o “plano” do Lucio Costa pra lagoa previa um aterro maior que a “enseada” do cantagalo.
Se ele aproveitou a “genial” idéia do Agache – outro arquiteto duvidoso – isso nâo sei.

aryjr51@hotmail.com 19.03.07 12:59 …

Prezado Senhor André de Court (Espero ter escrito seu nome de forma correta,
Faz pouco tempo, descobri o seu fotolog (+ ou -manas) e fiquei maravilhado com a quantidade de informações ne contidas. Desde que o descobri, já verifiquei e lí todas as informações até Janeiro de 2004. Faz pouco tempo que adiquiri este computador de onde vos escrevo e, por este motivo, somente agora consigo ampliar meus conhecimentos sobre essa “MUI GLORIOSA CIDADE DE SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO”. Descobrir seu fotolog foi um presente, uma bençao para uma pessoa tão ávida por conhecimento sobre essa nossa cidade e com tão pouco tempo disponível para pesquisas.
Dentro do que consegui observar até agora, não ví nada que se refira a Jacarepaguá e sua baixada. Há algum tempo atrás encontrei fotos, inclusive da região onde moro (chamada de “Juca do Rio”), em um site do qual não lembro o nome (quando ví, estava em horário de trabalho. Gostaria de utilizar de seu fotolog para solicitar àqueles que tiverem conhecimento de material sobre toda a região de Jacarepaguá e arredores, que o divulguem para que eu possa tomar conhecimento e muitas outras pessoas que, como eu, gostariam de saber masi sobre nosso bairro.
Peço desculpas por ocupar tão grande espaço e agradeço desde já a quem ajudar.

aryjr51@hotmail.com 19.03.07 13:03 …

P.S. desculpe-me pelas falhar ortográficas.

derani 19.03.07 13:28 …

O que existiu de idéia estapafúrdia para destruir a cidade, foi impressionante…

AG 19.03.07 22:31 …

Dr. Decourt.
Maravilhosa foto e texto.
Não vou falar nada porque nem eu mais me aguento falando sempre as mesmas coisas.
É lastimável o que já se fez (e o que se faz ainda) com essa cidade.

E no capítulo Lagoa, não esquecer o sandeu que deixou a Sra. Tommie Otake, que do Rio só tinha ouvido falar (e mal), jogar um pedaço de ferro dentro dentro d’água nomeando aquilo “obra de arte”. Em poucos meses parecia o casco enferrujado de um cargeiro afundado.

É cada uma…

André Costa 20.03.07 11:54 …

Acaba de dar um problema de direitos autorais no Antolog, pena pois parece inesperiencia de um lado e um pouco de exagero do outro lado, podiam exigir a retida dos textos e ou imagens apenas, mas é triste ver ameaças pela internet, … PAZ.