Nossa modelo posa para o fotógrafo num tranqulo Leme, nos anos 30.

O Morro da Babilônia ainda podia ser visto da praia pois os prédios eram esparsos e não passavam de 8 andares, sendo Copacabana e Leme dominados pelas casas.

O pequeno prédio que aparece, flertando com o Déco existe até hoje com sua fachada bem modificada e talvez pavimentos extras, ao lado do hotel Le Meredien. Sendo que, a casa que vemos à direita da moça era a que ficava na esquina da Rua Antônio Vieira, a primeira do Leme moderno e hoje fechada ao transito.

Em pouco mais de 10 anos todas as casas que vemos na nossa imagem seriam demolidas para a construção de edifícios dos anos 40, no boon especulativo de logo após a guerra, que se tornaria nos anos 50 e 60 uma bola de neve sem controle que destruiria o urbanismo dos dois bairros.