Uma linda panorâmica feita por Elizeu Visconti da região do Lido nos anos 30.

Passados os obstáculos jurídicos que impediam a venda de grande parte do Posto II desde o séc XIX surgia no local da grande área vazia o novo modelo de ocupação não só de Copacabana mas sim do Rio.

Os prédios nessa época de boas linhas, alguns altos outros com um razoável número de pavimentos foram transformando a ocupação dessa parte do bairro até que ela ganhou o apelido de ” Babilônia dos Arranha-Céus”.

Todos os prédios eram de bom padrão, tinham fachadas coerentes com a ocupação e muitas vezes eram de alto luxo. Infelizmente com a especulação imobilária de logo depois da guerra os prédios da cidade nunca mais seriam como esses pioneiros.

A foto é no tema das imagens que fazem parte da exposição “Copacabana Sob a Lente de Seu Morador”, feita por mim e pelo Roberto Tumminelli que foi aberta ao público hoje de manhã.

Ela está sendo exibida no Salão de Exposições Temporárias do Forte de Copacabana, bem ao lado da Colombo, até o dia 6 de Julho, no horário das 9 horas até as 17 horas. Há estacionamento no próprio forte, que também possuiu um ótimo museu militar.