Nessa foto, enviada pelo amigo Carlos Ponce de Leon de Paiva, vemos numa foto da Associação Brasileira dos Produtores de Cimento Portland, as pistas recém feitas do terminal terrestre do Aeroporto Santos Dumont. Para  demonstrar mais ainda a obra a foto foi retocada e as pistas, revestidas no novo pavimento bem realçadas.

A imagem mostra muito além do aeroporto, nos dando uma bela panorâmica de boa parte do Centro da cidade, ainda não tão verticalizado. Estávamos em 1941 e o american way não era tão forte como como aconteceu nos anos subsequentes.

Apesar da resolução não muito favorável, podemos vislumbrar ao fundo o solitário prédio da Central do Brasil, ao seu lado o Ministério da Guerra e constatar também a cicatriz da recém aberta Av. Pres. Vargas. Na região do Calabouço, além do terminal da Panair, vislumbramos vários pavilhões da Expo de 22 ainda de pé, com destaque para o de Festas.  A torre do Pavilhão das Grandes Indústrias, construída por cima do Forte do Calabouço  aparentemente já não está mais lá.

Ao fundo vemos várias vias da Esplanada já bem ocupadas, o vazio na região da futura Av. Mal Câmara nos permite ver, com clareza, os eixos das avenidas Roosevelt e Churchil. Mais a direita temos a massa do Ministério da Fazenda, e ao seu lado o terreno do prédio do Jockey ainda vazio. O miolo da cidade, entre a Av. Rio Branco e o Campo de Santana não possuia um só edifício, sendo dominado pelos sobrados e pequenos prédios de concreto armado.

Na foto, o atual terminal de passageiros do SDU estava em obras, e Aterro da Glória realizado mais ou menos até a Av. Calógeras.

A partir de hoje, por motivos profissionais o horário das postagens mudará.  O post de Segunda já estará disponível nas noites de Domingo, e os da semana seguirão o mesmo horário, sendo o último da semana postado na noite de Quinta.