lagoa-fabrica-antiga1

Nessa foto enviada pelo amigo Carlos Ponce de Leon de Paiva, morador das redondezas, temos uma bela imagem da Fábrica Corcovado. A foto tida como tirada da Fonde da Saudade, na realidade foi tirada da península  onde hoje há a Rua Maria Angélica, e antes abrigava a Chácara da Bica, posteriormente substituída pelo Solar Monjope.

Construída por volta de 1894 por José da Cruz, a Corcovado representava o passado industrial de grande áreas da Z. Sul,praticamente desconhecido dos atuais moradores. Posteriormente passando para a propriedade do industriário e homem de negócios Arthur Sauer, a fábrica manteve-se em atividade até os anos 30. Ocupando grande área do bairro do Jardim Botânico o passado industrial ainda é representado por vários prédios espalhados, como a Villa Arthur Sauer (  http://www.fotolog.com/andredecourt/23622084 ) sobrados espalhados por ruas traçadas no séc. XIX e início do XX, outras vilas e até mesmo lotes desvinculados de suas construções originais há muitas décadas.

A fábrica como a Aliança e a Carioca se beneficiavam dos mananciais que desciam de áreas próximas aos maciços rochosos, tão necessários a essas velhas plantas movidas por vapor. E resistiram bravamente ou até o crack de 29, ou a valorização das suas terras a ponto de ser mais vantajoso encerrar a produção e vende em lotes a área antes manufatureira.

Vala a pena lembrar que até os anos 70 a parte baixa da Gávea ainda tinha indústrias como a Sudantex e o laboratório farmaceutico Darrow, a qual o seu terreno até hoje envolve disputas entre a Associação de Moradores e uma empresa de supermercados popularescos.

 

Foto Marc Ferrez