Na nossa imagem de hoje o fotógrafo estava no meio da Av. Marechal Floriano quase em frente a sede da Light.

 A avenida num período de antes da abertura da Av. Pres. Vargas cumpria o papel a ela determinado pelos planos urbanísticos do Gov. Passos, de ser uma das principais ligações não só entre o  Centro e a Z. Norte mas também de via de retarguada à região portuária, pois acompanhava e estruturava  de forma paralela um eixo de ligação, isolado pelos morros da Conceição, Providência e do Pinto, o novo cais construído, ligando as duas extremidades do porto do Cais dos Mineiros, cruzando a Rio Branco e terminando na Francisco Bicalho.

Sendo ela portanto, de vital importância; conduzindo o grosso do tráfego e muitas das linhas de bonde.

Nossa foto tem uma peculiaridade, pois mostra o processo de troca da iluminação das lâmpadas de arco voltáico, no poste ao fundo, pelas luminárias a meia altura já usando as modernas lâmpadas de tungstênio, arranjo que esse que acompanhou muitas das principais vias de tráfego de bonde de nossa cidade até os anos 40, quando os canteiros centrais foram banidos na Adm. Dodsworth, a saber, Av. Copacabana, Av. Visc. de Pirajá, Rua Jardim Botânico, Rua Francisco Otaviano, Av. Pasteur……