Nessa foto do arquivo de família mostro o famoso “matriarcado Rocha Leão”, em sua sede, o grande e hoje fechado, apartamento da Av. Copacabana (  http://www.rioquepassou.com.br/2005/05/18/prospecto-do-ed-provincia-av-copacabana-862-1952/ e http://www.rioquepassou.com.br/2010/05/10/av-copacabana-esquina-com-constante-ramos-final-dos-anos-60/ ) em foto de 1967.

Na extrema esquerda vemos a tia Isabel ( http://www.rioquepassou.com.br/2011/06/24/carteira-da-assistencia-medico-cirugica-dos-empregados-municipaes-pdf-1934/ ) ao seu lado indo para direita tia Maria ( http://www.rioquepassou.com.br/2008/06/23/passe-de-onibus/ ), no meio minha bisavó Laura ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/11/22/laura-vilhena-de-abreu-da-rocha-leao/ ), de pé à direita Tia Rachel ( http://www.rioquepassou.com.br/2003/12/06/1331/ ), sentadas na direita minha avó Enid ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/01/11/1394/ ) e por fim na extrema direita a grande figura da Tia Clarice ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/08/15/carteira-da-secretaria-do-interior-e-seguranca-gb/ ). De pé na esquerda minha mãe ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/01/13/1396/ e http://www.rioquepassou.com.br/2008/11/11/praia-de-copacabana-1949/ )

Uma homenagem as mulheres da família que me foram, e são, tão preciosas, que certamente adorariam conhecer Anita.