Nossas fotos hoje nos levam a um lugar pouco conhecido de muitos cariocas, o Vale Encantado no Alto da Boa Vista, onde há um clube, um dos muitos construídos no final dos anos 60, para atrair a efervecente classe média urbana que se consolidava naquela época. Muitos como o Vale Encantado ainda existem, mas quase todos com suas finanças capengando, dos da várzea da Barra  quase todos desapareceram, como também vários na Z. Sul e Norte, devorados pela inadimplência que causa o atraso de salários dos funcionarios e de impostos e ruína da infra-estrutura.

O Sr. Gyorgy deve ter sido levado para esse local do Alto certamente como um programa de fim de semana, almoço no clube, alguma piscina e logicamente fotos, de uma região ainda deserta da cidade, da qual o Vale Encantado possuia uma privilegiada vista.

A primeira foto mostra a área já arruada e loteada, antes do Plano Lúcio Costa, mas ainda praticamente vazia, o Jardim Oceânico vemos os quarteirões vazios e as ruas de terra.

Já a seguinte mostra a hoje adensada região do Canal de Marapendi, nem as torres de Athaydeville estão de pé, possivelmente subirão no grande terreno que já está com a vegetação de restinga arrancada, rumo a Lagoa da Tijuca vemos outra área desmatada, que pode ser a destinada por um dos condomínios de casas mais antigo da Barra, o Porto dos Cabritos.

Por fim a última foto mostra a região da Lagoa de Marapendi, totalmente vazia, exceto pelas já abertas Rio-Santos, futura  Av. das Américas e Via XI futura Av. Alvorada e depois Ayrton Senna, que nessa época não passava de onde seria construído o Cebolão.

A cidade teve uma área vazia para repensar seu urbanismo, infelizmente pela época de sua ocnstituição e pelas influências rodoviaristas e modernistas ao extremo que o Brtasil passava naquela época tivemos o Plano Lúcio Costa que tinha seus defeitos, mas que foram em muito amplificados quando o mesmo foi rasgado, nos anos 80 e 90 e hoje, pelos administradores que se uniram aos dois maiores canceres do Rio de Janeiro a máfia dos ônibus e da especulação imobiliária. A Barra promete repetir em escala muitas vezes amplificadas os erros da predada Copacabana do pós guerra, e certamente isso impactará o resto da cidade, poderímos ter consertado agora com as olimpíadas, mas pelo que vemos teremos ainda mais erros. E esse curta de Paulo Martins http://vimeo.com/5598293 que compara o novo ao velho, será uma irônica fábula ao que não aconteceu, onde a cidade velha com todos os seus problemas se mostrará mais viável que o planejado.

Aqui está o Vale Encantado nos dias de hoje, e a vista que se esgueira pelas grades do clube em nada lembram a de 41 anos atrás http://g.co/maps/kyctm

Fotos de Gyorgy Szendrodi