Nossa foto de hoje do fantástico acervo da Life, embora seja um postal, mostra a ainda praticamente horizontal Copacabana vista do Pão de Açúcar possivelmente na primeira metade dos anos 30.

A única massa de prédios da foto pode ser vista no Lido, após vistamos só casas até vermos a empena cega do Ed. Guarujá, após ele prédios somente na região do Posto VI onde com muito esforço vemos tênuamente os gêmeos Quintanilha e Araguaya o Ypiranga e possivelmente o nosso prédio emparedado ( http://www.rioquepassou.com.br/2006/03/30/o-endereco-misterioso-do-plano-agache/ e http://www.rioquepassou.com.br/2010/09/22/o-endereco-misterioso-do-plano-agache-ii/ ) podemos perceber outros prédios no eixo da Av. Copacabana, mas de forma totalmente esparsa.

Outro ponto interessante é na região do Corte de Cantagalo vermos o Caminho do Caniço ainda aparecendo, pois a Av. Henrique Dodsworth era apenas um plano e sua abertura se daria poucos anos depois, demorando quase 7 anos para ser concluída em 1941.

O mais incrível e ver na encosta do Dois Irmãos o solitário prédio da Av. Niemeyer, por décadas o prédio de apartamentos mais ao sul da cidade, e que nessa época deveria ficar no paraíso.

A imprensa ( jornais O Dia e Estado de São Paulo e na rabeira o O Globo) começam a mostrar a gambiarra dos trens chineses do seu Cabral, você leu aqui esse assunto em primeiríssima mão, logo que as primeiras fotos começaram a circular nas redes sociais.