Há 62 anos acontecia a cerimônia de Bodas de Ouro de meus bisavós na Candelária. Celebrada por um antigo colega de Câmara dos Vereadores o Padre Olímpio de Mello a cerimônia contou com a presença de inúmeros políticos e autoridades para prestigiar o velho Autonomista, Tenentista arrependido e na época da redemocratização pós 1945 um dos fundadores e articuladores do velho PSD e que mesmo fora da vida pública e da política ainda era uma felpudíssima raposa política. E sua casa um grande confessionário de políticos dos mais variados credos e matizes, todos buscando os conselhos e as moderações praticadas por um dos grandes articuladores da política local no velho DF.