Nossa foto de hoje de autoria do Sr. Gyorgy Szendrodi mostra a fonte Ramos Pinto no local que se encontra desde que foi removida de seu sítio original no Largo da Glória para alargamento das vias.

Inserida apertada entre as duas galerias do quadruplicado Túnel Novo ela perdeu toda sua escala original, bem como inserida em um típico jardim modernista de uma Park Way ficava deslocava  de seu sentido romântico, pois até a forma do lago diferia do seu original em forma de trevo e em pedras de cantaria.

Mas sem dúvida a maior modificação foi a desativação dos dois jorros lateraias ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/06/24/inauguracao-da-fonte-ramos-pinto-1906/ ) , só sobrou ativo o inferior que fica praticamente desapercebido, ainda mais por quem passa de automóvel em alta velocidade. O local ainda sofreu, apartir da decadência da cidade nos anos 80 em uma série de atos de vandalismo e depredações, os quais causaram graves mutilações ao monumento, que deveria ser removido do local e levado para um onde pudesse sofrer um maior controle após ser restaurado a suas condições originais.

A aparência do local hoje é muito pior http://goo.gl/maps/OyAun não resta mais nada, o jardim tropical sumiu, o lago depois de modificado foi aterrado, a fonte pixada não tem mais vários de seus elementos serrados e quebrados, além de toda pichada, o sistema de iluminação dos túneis, tão famoso em filmes e propagandas, bem como novelas e mini-séries desativado substituído há mais de 5 anos por spots dependurados na abóboda com fios esticados naquela ar de favela que nossos governantes tanto gostam e por fim a fronte dos túneis ostentando mais um dos vacalhoutos de dinheiro público , feitos para iludir o povo e enriquecer os mandatários. O link foi estraído da pista de sentido contrário pois a foto do google no mesmo ângulo da feita há quase 40 anos pelo Sr. Gyorgy está completamente ofuscada pelo forte sol que incidia sobre a boca do túnel.