Na nossa foto de hoje vemos a primeira fase da construção do prédio do MAM, no final dos anos 50, ainda nas fundações e com o Aterro da Glória disforme sem a forma definida pelo programa de Reydi e Lotta Soares.

Aparentemente estávamos na conclusão do vão livre com o primeiro piso já concretado mas ainda envolto por uma grande estrtura de andaimes e escoras certamente pelas pilastras ainda não estarem concluídas.

Um pouco mais ao fundo vemos o arrocamento ainda solto na água em vários pontos embora a ponta que abriga a cabeceira da pista do SDU já estivesse com o formato definitivo, mas a Av. Júlio de Noronha ainda era apenas um projeto, bem como as sedes do Vasco e do Santa Luzia de Regatas, ainda dentro do mar.

Vemos também que o prédio da VARIG, VASP e DAC ainda estava nas estruturas envolto em mato, chama a atenção também aviões espalhados por áreas hoje urbanizadas bem como velhos hangares que foram demolidos só quando da finalização do Trevo dos Estudantes e do novo acesso para o SDU via Aterro.