Nossa foto de hoje, tirada do Morro de Santo Antônio, mostra a silueta do na época já praticamente arrazado Morro do Castelo, o comparando com a ainda baixa cidade da era Passos, que em poucas décadas sucumbiria ao Concreto Armado.

A foto é muito interessante para vermos o alinhamento das instalações da Expo de 22 com os prédios que ainda subisistem como a Teatro Municipal, a Biblioteca Nacional e o Club Naval, bem como com o planejado e executado arruamento para a Esplanada.

Podemos distinguir a cúpula do Ministério da Agricultura e a torre do Calabouço, do seu lado a cúpula do grande Pavilhão de Festas, todas essas estrturas desapareceram entre os anos 40 e os 80 do século passado. Ao pé do Morro de Santo Antônio, na esquerda da foto, podemos ver pedaços do teto do Teatro Lyrico bem como os característicos telhados de natureza industrial da velha Imprensa Nacional, na frente dos dois o conjunto do Lyceo de Artes e Ofícios, já concluído e atrás deste o prédio do Palace Hotel.

A foto ainda nos mostra os prédios originais da 13 de Maio onde ano passado houve o desabamento do edifício Liberdade que levou a colapso a jóia déco do Ed. Colombo, seu vzinho.

A imagem pode ser vista em alta resolução, ao se clicar sobre ela