Parabéns seus calhordas, vocês conseguiram!!!!!!!

Um dos museus mais importantes do mundo (exceto para o brasileiro) virou pó, cinzas e fumaça.

O Museu Nacional não tinha 200 anos, ele tinha no barato 337 anos, pois sua coleção se originava da Casa dos Pássaros, fundada no prédio que depois foi sede do Tesouro Nacional e hoje é uma das terras arrasadas nessa arrasada cidade. O que sobrava dessa coleção ardeu em chamas hoje, junto  com a importante coleção egípcia de P II, com o fóssil da Luzia, a brasileira mais antiga, com estudos arqueológicos, paleontológicos, botânicos …..arquivos da família imperial e prédio em sí, que aliás quase foi demolido pelos broncos positivistas.

Bronquice essa que veio acompanhando nossa república, que sempre relegou o passado, história e conhecimento são relegados a segundo plano por TODOS nossos governantes desde PII, negação essa que veio se acentuando nas últimas décadas. O pior, instituições privadas antes sérias, que contribuíram enormemente com por exemplo a preservação de Ouro Preto, caíram no “sonho olimPico” erguendo museus impactantes só no visual, pois em termo de acervo não passam de mera feira de ciências de colégio pequeno burguês.

Na desgraça surpreende o silêncio de nosso obscurantista prefeito e o proselitismo político de nossa esquerda, que já incluiu no pacote do golpe a destruição do museu,  destruição essa fruto de pelos menos 30 anos de desleixo, metade deles sobre influência direta de seu maior (e engaiolado) prócer. Silêncio também do reitor da UFRJ, a quem o museu estava subordinado, reitor esse que está numa guerra ideológica e fraticida contra o os “golpistas” em detrimento ao patrimônio que deveria gerir, entre eles seus milhares de alunos, prejudicados pela ideologia politico-partidária que deveria passar longe de uma instituição de ensino, onde ideologia deveria ser apenas cadeira de ciências sociais.

O MN vivia de esmolas ha décadas, R$ 500.00,00 reais de verba do governo em 2013 é uma piada, não é um número para se orgulhar e fazer política com ele, era para guardar na algibeira e ficar se fingindo de morto. E digo mais, o governo federal quebrou no ano da última eleição, onde a nomenklatura da vez, torrou todo o dinheiro da união, contratando naquele 2014, como uma louca, para provar, notadamente nas cidades do interior que vivíamos uma bonança financeira, de lá para cá, só foi deblaque. O vampirão é culpado, claro que é, mas a ele se juntam a Tia, o presidiário e todas as figuras cinzentas que orbitam a administração, onde o toma lá dá cá, a boquinha e o loteamento de cargos importantes para satisfazer líderes locais inexpressivos nacionalmente vem minando a máquina pública com gente despreparada, que muitas vezes não sabe nem colocar em negrito um texto em word, apesar de ganhar várias vezes mais que os concursados do local.

Não havia água nos hidrantes………. fato esse comum EM TODOS OS INCÊNDIOS DESSA CIDADE !!!!1

O IPHAM há anos embarreirava a construção de um prédio anexo, certamente por questões filosóficas, pois esse órgão neglicencia o resto do país onde prédios históricos desabam por falta de tutela…

Escreveria e mandaria muitos mais à merda e a puta que pariu, governantes e aspirantes de governantes, burocratas e aspirantes de burocratas que hoje agitam banderinhas partidárias pensando na futura boquinha em algum cargo DAS. Estamos entregues ao amadorismo na administração pública e só a proibição de não concursados em toda a administração pode minorar, digo minorar, pois a correção total demorará pelo menos duas gerações……..

 

Hoje vimos a perpetração de um crime contra a humanidade !!