andredecourt's photo de 14/04/05

Destruição de um bairro

O catumbi foi um dos bairros da cidade que foi praticamente varrido do mapa por intervenções urbanísticas erradas, faremos uma pequena série com 4 fotos que mostrarão a destruição de um bairro.

Nessa foto do início dos anos 70, podemos ver a destruição do traçado urbano da região, a esquerda vemos a cabeceira de um dos viadutos, certamente mais um quarteirão já foi demolido, o quarteirão ao lado em breve o será.

Comments (18)

Waldenir 14/04/05 09:02 …

Por que tantos onibus em fila? Contei oito,e praticamente nao ha outros veiculos na rua,exceto uma caminhonete.
Esse viaduto eh um dos acessos ao santa Barbara?Ao que tudo indica,tambem havia outras obras acontecendo,repare nas tubulacoes na “calcada”.

brites 14/04/05 09:33 …

É verdade. O Catumbi era um bairro e hoje é um amontoado de casas divido por um grande viaduto… e um sambódromo!
fico pensando no q foi feito daqueles q lá moravam.
Por outro lado, esta obra facilitou muito o trânsito entre Botafogo, Flamengo, Cosme Velho e Laranjeiras e o Centro. Não sei se o suficiente pra justificar tamanha destruição. Tampouco sei dizer se haveria outra opção.
O q acho pior nesta estória, a nossa história, é q os transportes coletivos ficam sempre em segundo plano no planejamento viário. Haja visto a linha amarela, sem uma passagem para transp sobre trilhos em sua execução…
Foi muito bom conhecê-lo pessoalmente ontem (se é q se pode chamar assim, já q apenas fiz uma passagem pra lá de meteórica no meetup) É legal ver os autores de tão maravilhosos flogs assim, frente a frente, gente como a gente… já me pareciam seres fantásticos, quase mitológicos, tamanho o talento para produzir e/ou veicular iamgens…!
Um [], boa quinta!

lucia 14/04/05 10:37 …

Buenas!

:)

antigorecife 14/04/05 10:39 …

Grande André!

Acompanhei todas essas mudanças no Catumbi pelas janelas desses onibus…

Voce e o Tumminelli são os inspiradores desse meu novo flog – http://ubbibr.fotolog.net/antigorecife/ – que se tiver 10% do sucesso do de voces, já considerarei vitorioso.

Abs
Alberto Benning

odeon 14/04/05 11:06 …

aquela casa que vemos no cantinho à direita ainda está de pé, não está? ou estou confundindo?

Alvaro Gabriel 14/04/05 11:14 …

Estranha essa fila de ônibus. O que seria; uma garagem ? Me parecem todos iguais.

Esse tema da destruição da cidade em prol do transporte individual e egoísta, já foi tão falado por mim que, convenientemente, parei para não me tornar mais chato do que já sou.

Veja o caso de Santa Teresa, construída na era a.j. (antes de Juscelino)e, portanto, sem prever a invasão incontrolável dos automóveis.
Hoje você não pode passear em Santa Teresa, nem as mães podem conduzir seus carrinhos de bebê, porque milhares de carros ocupam incivilizadamente as calçadas dos bairro.

Dar de ombros é a melhor solução para quem tem carro, mora em Santa Teresa e não tem garagem.

Dar de ombros é a saída de quem se arrisca a ir para o meio da rua e ultrapassar cinco ou seis carros transgressores dos direitos do pedestre.

Dar de ombros fazem as autoridades.

Dar de ombros faz a sociedade civil divididas em AMAisso e AMAquilo.

Dar de ombros faço eu que já estou ficando surdo de tanto falar.

rbpdesigner 14/04/05 11:16 …

desses ônibus eu me lembro….
[]s

rodperez 14/04/05 11:18 …

detesto carro

jro 14/04/05 13:09 …

adoro carro

f_polis 14/04/05 13:59 …

legal a foto e as informções, gostei sobretudo do comentário do Alvaro Gabriel, concordo plenamente, aqui em floripa temos um excelente exemplo de como essa ideologia predominante no urbanismo dos anos 60/70 foi destruidora, com a construção dos aterros que, privilegiando o sistema viário (entenda-se: meios individuias de transporte), desfigurou de maneira irreversível a paisagem urbana.

abraços

jban 14/04/05 15:03 …

Pena que a foto não ajuda muito

flordeliz 14/04/05 15:42 …

vc vai poder me ajudar?
beijos
boa tarde!!

tumminelli 14/04/05 16:08 …

Berm eu sou um zero à esquerda na questão Catumbi… ja andei a pé por ali na epoca do Carnaval… as poucas casas que sobraram estaõ completamente mal cuidadas, falta de grana dos moradores, é bem provavel…

Hj é um bairro tremendamente horroroso, com aquela aberração projetada pela Tartaruga Touché, que é o Sambodromo.

Tinha tudo para, apesar da destruição, ser mais aprazivel, com o casario que sobrou bem cuidado, se as autoridades ajudassem, mas a ansia de encher os cofres publicos e não dar nada em troca é muito maior!

:-) )

jason_1900 14/04/05 17:21 …

Desse flagrante só uma construção continua de pé em 2005: é a grande casa com alpendre que pode ser vista no canto esquerdo da foto.

Permanece relativamente intocada. Apenas as janelas foram reduzidas em altura recentemente… Reparem nela na proxima vez em que saírem do Santa Bárbara: fica do lado direito, a uns 200m da boca do túnel.

E tome monobloco!

icqvida 14/04/05 19:13 …

Olá! Eu sou o Guilherme, filho do MOraes da MG…
Meu pai me falou do seu site e entrei no /rioantigo e vi seu nome nos links…
As fotos são magníficas! Parabens!

jro 15/04/05 00:15 …

Acordado???

jro 15/04/05 00:18 …

Dormindo, com certeza!

Molssane…????????????????

Não seria Mulsanne?

:-) )

Alexandre Figueiredo 26/05/05 15:32 …

O Catumbi fazia parte de uma grande área, bastante povoada, nas proximidades da Av. Pres. Vargas. Havia a Praça Onze, a Cidade Nova e o Catumbi, remanescentes de uma gigantesca área povoada, um gigantesco bairro popular que foi cortado primeiro pela Av. Central (atual Rio Branco) e depois pela Av. Pres. Vargas. O Rio de Janeiro queria ser Paris e abrir largas e potentes avenidas. Mas indenizou mal os favelados, o que causou a revolta das populações pobres que, expressa em indivíduos moralmente desequilibrados mas calculistas, resultou na criminalidade organizada que hoje somos obrigados a suportar.