andredecourt's Foto von 20.05.05

Uma bela foto de Copacabana vista do alto.

Nessa foto de 1939 podemos comprovar que a verticalização na área do Lido já era bem significativa, embora longe do atual sufocamento, haviam muito prédios baixos, de 5 pavimentos, que não formavam o paredão que temos hoje.

A rua que vemos em primeiro plano é a Barata Ribeiro, e nessa foto comprovamos que não havia um só prédio junto as encostas do morro da Babilônia, acredito que perto da rua Duvivier nem casas existiam, as fraldas do morro iam diretamente à rua.

Na linha do horizonte vemos que já haviam bastante prédios na orla, mas o interior do bairro ainda era praticamente todo horizontal.

Essa configuração se manteve até praticamente o fim dos anos 40, quando o “American Way” dos vencedores começou a influenciar com muita força a cultura mundial e rapidamente a Copacabana aprazível desapareceu.

O golpe de misericórdia veio no final dos anos 50 início dos anos 60 com a especulação selvagem, que destruiu as últimas casas de um bairro já saturado para em seus lugares colocar prédios com centenas de apartamentos, hoje vemos filme parecido em bairros como Botafogo e Jardim Botânico.

Foto: National Geographic

Comments (17)

lucia 20.05.05 09:57 …

Mui Buenos dias!!

:)

lucia 20.05.05 10:00 …

Se até você tá achando, acho que sim… :) )))

Waldenir 20.05.05 10:07 …

Eh interessante observar que a verticalizacao de Copacabana comecou pelo Posto Dois e pela orla,depois se prolongou para o resto.Pelo menos,os predios que existiam na epoca da foto ainda eram artisticamente aproveitaveis,com bom acabamento, menores, e nao aquelas caixas de concreto e vidro que se ve hoje em dia.

lekopr 20.05.05 10:10 …

Que legal esse flogao!
Parabéns pela iniciativa, as imagens são ótimas.

Como é interessante isso, meu pai também gosta. Eu por gostar de como foi a evolução, meu pai por gostar de história.

Abraço e novamente parabéns.

Leyrson [ lekopr@hotmail.com ]

leflaneur 20.05.05 10:10 …

Minha teoria é de que Copacabana foi usada pelos EUA para refúgio de ETs exilados, como no filme Men in Black. Tenho quase certeza. Só não vou mais fundo em minha investigação e denúncias, porque sei que há amigos meus que têm forte chance de serem, eles mesmos, ETs disfarçados. Em Copacabana ou vc é ET disfarçado de humano, ou humano tentando não parecer menos ET. O que torna a população bastante esquisita. Principalmente quando dá pra beber…

Abraços André, bom finde!

lucia 20.05.05 10:26 …

Rolando de rir do Lefla!!!!!!!!!!!!!!!!
:) )))))))))))))))))))))))))))))))))))))

** pensei inicialmente na torradeira, depois, na
parte que ficavam as maçanetas das geladeiras…

;)

dropel 20.05.05 10:27 …

Sempre que eu venho aki, fico triste com oque fizeram com o nosso Rio, apesar de novo, nasci em 80, fico imaginando como o rio era lindo. E que poderia muito bem ter se desenvolvido sem que fose destruindo sua historia, e construindo um moderno sem alma.

Infelizmente ja ta feito, nos resta comtemplar as fotos e viver de memoria…

abraços,

anarchi 20.05.05 10:28 …

AMAZING

Luiz D´ 20.05.05 10:33 …

Morar em casa, em Copacabana, foi um privilégio. A natureza era belíssima, o bairro mais humano. Entretanto, faltava água, o esgoto era despejado “in natura” na praia, havia muitas moscas, os telefones eram raros e péssimos.
Havia coisas boas e ruins. Como quase sempre.
http://ludaol.multiply.com/

bpm 20.05.05 10:56 …

Quanta diferença! hehehe

AG 20.05.05 11:04 …

Meu pai era, como se costuma dizer em Minas, um sujeito “sistemático”. A mineirada usa esse termo para dizer que o cara é cheio de manias e opiniões esquisitas.

Pois o velho Arnaldo, lá pelas tantas da vida, resolveu mudar-se com a família (nós) de Ipanema para Petrópolis. Foi um caos principalmente entre a ala jovem do grupo. E não houve argumento que dissuadisse o homem a mudar de idéia. E entre as razões apresentadas estavam todas e mais algumas que o Luiz citou aí em cima.

Mas a que mais nos apavorava era a de que, se um dia, toda a população de Copacabana resolvesse vir para a rua não haveria espaço suficiente; a única saída é que ficassem uns por sobre os ombros dos outros ou se jogassem na água do mar.
” – Pera lá, pai ! Troço maluco ! Quando é que uma coisa dessa vai acontecer ?

Pois agora acabei de descobrir. Eram os ETs do Leflaneur que já ameaçavam os terráquios. De alguma forma ele já sabia disso.

E quer saber de uma coisa ? Agora estou me lembrando; meu pai tinha um monte de ternos pretos.

glauceac 20.05.05 11:40 …

Tua cidade é muito linda mesmo!!!!!!!!!!
Eu sempre coloco às pessoas que na minha ótica as cidades mais lindas do Brasil em belezas naturais são : O Rio e o “meu” Recife !

Parabéns pelas nossas Cidades, sem desmerecer os encantos das demais!!!!!!!!!!
Glauce

jro 20.05.05 11:44 …

Concordo com o Lefla!!!

:-) )))))))))
:-) ))))))))))))
:-) )))))))))))))))))))))

Vou te mandar umas fotos neste fim de semana.

Jro :-) )

gerard_3 20.05.05 12:26 …

Caracas essa teoria do Lefla é sensacional…agora entendo muita coisa…ahãmmm!

:) ))
:) )))

Bjócas!
De

pikyto 20.05.05 12:58 …

Que foto magnífica! Apesar da verticalização, percebe-se um arejamento que não mais existe.
Na foto anterior, pelo ano, acredito que o navio atracado seja o encouraçado Minas Gerais, depois de modernizado (tinha duas chaminés e ficou com uma).
Abs.

jaymelac 20.05.05 15:59 …

A Copacabana da foto era realmente a “Princezinha do Mar”, cantada por Dick Farney. Coitadinha, envelheceu desamparada, e mesmo com a “plastica” praticada pelo Conde (erca!) continuou um horror, sobretudo no local onde se iniciou sua verticalização. Apesar de tudo, acho que o Posto Seis ainda se salva…

Abração, e um bom fim de semana…

honorio vargas 22.05.05 18:04 …

Respeitadas as devidas proporções, temos uma replicação desse fenômeno, em Icarai-Niquit.