andredecourts foton från 2005-06-09

Uma fantástica foto retirada de um velho livro de Dunlop.

Essa foto mostra a rua de Santa Luzia no início do período Passos, lá no fundo podemos ver que o arrocamento de toda a av. Beira Mar já está construído, deixando a orla dessa parte da baia regularizada. O palácio Monroe também já pode ser vislumbrado com suas cúpulas se destacando sobre o casario.

Na parte inferior esquerda da foto vemos uma nova esquina sendo aberta, possivelmente a futura Av. Calógeras, que por muitos anos contou com apenas um quarteirão.

Em boa resolução num extremo direito da foto, embora ainda assim com pouca nitidez vemos demolições, certamente feitas para a abertura da rua Paralela, futura rua México.

Enquanto a cidade se moderniza, esse trecho da rua de Santa Luzia ainda permanece parado no Segundo Reinado, a fábrica de gelo, bem como os barracões das agremiações de remo e casas de banho de mar ainda estão intactos, poucos anos depois essas construções perderiam suas funções com o aterro do prolongamento da Av. Beira Mar, ainda no período Passos, aterro esse que ficou praticamente sem urbanização até o desmonte do morro do Castelo, onde a Beira mar nesse trecho foi deslocada para mais adiante e esse prolongamento ganhou o nome de Av. Pres. Wilson.

Nessa época o carioca começava a descobrir o mar, regatas, e os banhos de mar sendo procurados por aqueles que queriam atividades junto a natureza ou desportivas, se afastando da colonial idéia que banhos de mar só deveriam ser terapêuticos, ainda haviam cordas e decks flutuantes para ajudar os banhistas, pois em sua grande parte nadavam igual uma pedra, fora enormes e musculosas figuras que ajudavam as senhoritas e senhoras a entrar na água, as carregando respeitosamente até dentro do mar.

Comments (19)

meizinha 2005-06-09 11:07 …

Muito boa mesmo!
Eu gosto muito dessa parte da história do Rio.
Meu curso era ali na esquina de México com Sta Luzia e era muito legal estudar essa região estando ali… ficar tentando imaginar como tinha sido…
:)

jro 2005-06-09 11:19 …

Gostaria de ver um destes ajudantes carregando respeitosamente as senhoras e senhoritas até o mar.

Jro :-) ))))))))))))))))

rbpdesigner 2005-06-09 11:22 …

muito interessante, André!!!!
[]s

andredecourt 2005-06-09 11:28 …

Zé Rodrigo, as mulheres nessa época contavam que esses ajudantes eram os homens mais respeitosos da cidade, e muitas desejavam que os outros fossem como eles.

Na realidade esses caras eram os antepassados dos modernos salva-vidas e tinham um extremo senso de profissionalismo.

Antolog 2005-06-09 11:29 …

Concordo. Fantástica realmente. Podemos verificar que tudo mudou neste trecho.

jban 2005-06-09 12:05 …

A cena deveria ser insólita !

Minha avó, quando veio da Itália, morou na Rua Santa Luzia e dizia que a casa era encostada no Morro do Castelo. O pai dela, que por aqui já andava desde os anos 10, alugava esta casa. Depois foram morar na Lapa.

Waldenir 2005-06-09 12:12 …

A linha de visada eh muito boa, da para ver desde os trilhos de bonde,na propria Santa Luzia, quanto a Igreja da Gloria, la no fundo.
Os decks flutuantes parecem mais para algum tipo de obra, pois tem guindastes em cima. Talvez um “emissario submarino” da epoca.
Tambem eh interessante o detalhe da decoracao da platibanda de uma casa, no canto inferior direito.Ele esta cobrindo um pedaco do poste.
Mas de onde teria sido tirada a foto? Nao eh um ponto de observacao muito baixo,pelo menos eh mais alto do que as outras construcoes da rua.

jban 2005-06-09 12:53 …

Do morro do castelo ou da torre da Igreja de Santa Luzia

tumminelli 2005-06-09 12:57 …

ta com cara que foi fotografado da Igreja de Santa Luzia.

lucia 2005-06-09 12:58 …

“…fora enormes e musculosas figuras que ajudavam as senhoritas e senhoras a entrar na água, as carregando respeitosamente até dentro do mar.”

Muito interessante isso… ;) ))

**Foi um lapso horrível!
Já arrumei. Pior que pensei uma coisa e escrevi outra. Porque sei que dizem que o nome é esse, porque parece uma caixa de bombom… :p

AG 2005-06-09 13:51 …

Estou procupado.
Diante de uma foto belíssima como essa, cheia de informções históricas, não só pictóricas mas também escritas, o assunto que mais está provocando comentários são: “…fora enormes e musculosas figuras que ajudavam as senhoritas e senhoras a entrar na água, as carregando respeitosamente até dentro do mar.”

Vejam bem: não que eu menospreze a importância da informação, espantei-me apenas com o frisson que percorreu a espinha de alguns comentaristas.

De minha parte preferia ser carregado desrespeitosamente, entre beliscões e amassos, por esculturais figuras que o público carioca, já naquele tempo galhofeiro como sempre, havia batizado de “sereias sem rabo de peixe”.

glauceac 2005-06-09 15:28 …

Muito bom nos embebedarmos de histórias!!!!!
Abraços!
Glauce

Leflaneur 2005-06-09 16:08 …

AG, cuidado com as sereias sem rabo de peixe, pelo menos em Copacabana. Vc pode comprar por sereia um tritão, com espada e tudo!

Perigosíssimo esse negócio! Aliás, as figuras musculosas que ajudam as senhoritas e senhoras, hoje em dia, são tb muito supeitas de serem sereias sob aparência de Tritões.

Ou seja, a teoria da relatividade comprova-se no Rio de Janeiro, o que pode ser, pode ser, mas não necessariamente é.

Leflaneur 2005-06-09 16:09 …

AG,

cuidado com as sereias sem rabo de peixe, pelo menos em Copacabana. Vc pode comprar, pensando ser sereia sem rabo, um tritão, este com espada e tudo!

Perigosíssimo esse negócio! Aliás, as figuras musculosas que ajudam as senhoritas e senhoras, hoje em dia, são tb muito supeitas de serem sereias sob aparência de Tritões.

Ou seja, a teoria da relatividade comprova-se no Rio de Janeiro, o que pode ser, pode ser, mas não necessariamente é.

Lefla 2005-06-09 16:10 …

Primeiro não entra, a gente escreve tudo de novo e aí entra duas vezes.

Tô dizendo!

andredecourt 2005-06-09 16:12 …

Hehehehe !!!

fotografo 2005-06-09 18:17 …

Fala Andre, abração.

Marcelo Almirante 2005-06-09 18:57 …

Foto reveladora. Só resta saber se a moda de se banhar na praia também não tenha vindo na Europa, como tudo do melhor e mais importante desta cidade, excluindo a incontestável beleza natural de nossas terras digna de um solo sagrado. Dizem que na França foi a Chanel que inventou a moda do “bronzeio”, mas isto foi alguns anos depois desta foto.

Mauro_AZ 2005-06-09 20:14 …

Foto maravilhosa. Alguem saberia se nela e` possivel localizar a Travessa Maia, que segundo consta ligaria a Rua Santa Luzia ao Boqueirao do Passeio? E o que seria o Boqueirao do Passeio?

Meu interesse e` que, ate` 1905, na Travessa Maia no. 13, se localizava a sede e garagem de barcos de um clube que eu gosto. ;)