foto de andredecourt en 18/10/05

Flamengo e parte do Catete, final da década de 20.

Nessa foto tirada das encostas do morro Nova Cintra, na época ainda bem arborizadas e hoje tomada pela favela Tavares Bastos.

No bairro abaixo vemos com destaque o edifício Flamengo na época o único da orla, na esquina da rua Correia Dutra, a rua bem arborizada que vemos ao lado da palmeira mas à esquerda é a Arthur Bernardes.

Mais à direita junto a segunda palmeira podemos ver a cúpula do hotel Central, que ficava na esquina da praia com a rua Barão do Flamengo e demolido nos anos 50 .

Chama atenção no extremo esquerdo da foto a existência de grandes telhados, aparentemente de galpões fabris, no quarteirão entre as ruas do Catete, Correia Dutra, Bento Lisboa e Arthur Bernardes, sendo essas construções bem mais proximas a rua Correia Dutra. Se fossem perto das fraldas do morro poderiam ser da pedreira que existia na rua Bento Lisboa, onde hoje existe uma revenda VW ( que irá ao chão em breve), mas não é, ficando então a dúvida de que poderia ser tal grande construção.

Foto: Botelho

Encaminhada pelo João Novello

Comments (30)

luiz_d 18/10/05 8:49 …

Uma imagem quase paradisíaca.
Hoje, os arranha-céus encobrem toda a vista.
A vista do Edifício Flamengo deveria ser fantástica.
http://fotolog.terra.com.br/luizd

antolog 18/10/05 9:15 …

Se não fosse aquele morrinho ali na direita, não diria que fosse o Flamengo…

Rafael Netto 18/10/05 9:42 …

A Wilsonking já não existe mais. Será um dos próximos assuntos do meu fotolog. Não dá pra ver direito mas parece que nessa época havia construções naquele terreno.

No quarteirão citado, também podem ser vistas algumas casas no miolo que parecem ser uma vila que ainda existe na Arthur Bernardes.

Decourt, tem como apagar esse spam aí em cima?
Eu costumo apagar os “invasores” do meu flog sem piedade.

fotolog.terra.com.br/rafael_netto

andredecourt 18/10/05 9:43 …

Já apaguei cara, no intervalo que vc escrevia e postava, mas era tão brega que era engraçado !!!

lucia 18/10/05 9:47 …

Quanta diferença.

Na Correia Dutra, mora a América, que não é novela, mas faz o melhor rosbife que já comi na minha vida… :)

Perdi o invasor! :P

Buenas!

Waldenir 18/10/05 9:52 …

O bairro da Urca ainda não existia aí.Mas parece haver algumas construções por lá.E o Hotel Central é aquele bem embaixo do Pão de Açúcar?

andredecourt 18/10/05 9:57 …

Waldenir é ele mesmo, a Urca já existia como bairro, mas ainda totalmente deserta, um grande areal artificial cortado por ruas, nessa época o Hotel Balneário já estava de pé e funcionando (desde 1922/23) e certamente é a construção que pode ser vista

joaninha21 18/10/05 9:59 …

oiii! adoro seu fotolog e essa foto me chamo a atençao pq eu moro bem do lado da correa dutra! na buarque de macedo! moro entre as 2 ruas q vc citou! mto legal isso!
bjos!

paixaoporfoto 18/10/05 10:30 …

E o Rio já era lindo desde que nasceu…
Não conhecia esse… tá asicionado também..
Volto aqui com mais calma…

betotumminelli 18/10/05 10:31 …

Era uma cidade, hj é o caos. Ja to de saco cheio daqui.

AG 18/10/05 10:33 …

Esse galpão ao comprido, naquela época, só podia ser fábrica de tecido. Podia ser também uma olaria om fornos para queimar azulejos. Mas não dá para ver nenhuma chaminé ali. Deve estar econdida.

A mesma foto tirada daí hoje chega a ser aterradora.
Já sei, já sei; é o progresso, é o desenvolvimento
é a metrópole,
é o Lefla rindo de mim.

andredecourt 18/10/05 10:52 …

Alvinho, as fábricas de tecido aqui do Rio usavam muito força hidráulica, taí o fato delas serem sempre em locais perto de morros e nascentes, e nessa época já tínhamos um declínio dessa atividade na cidade, olhando o mapa atual da cidade há hoje no local uma ruela sem nome, esse telhados poderam até ser de uma vila proletária, só especulando mais

Leflaneur 18/10/05 11:24 …

Roberto, somos dois. Estou com o saco na lua disso aqui. Sexto colégio que fecha por causa de tiroteio, a Gávea, que era tão boa, tão verde, cheia de paz de cidade do interior, foi tomada por favela tb. Tudo bem, vamos invadir!!!

Eu, se puder, vou embora.

Ah, tb não vi o invasor!

Marcelo Almirante 18/10/05 11:41 …

Também estou aterrorizado pelas lágrimas da diretora que está sem obrigada a transferir o colégio. Nosso governo não nos protege e ainda quer tirar as nossas armas.

Coisas da NOVA ORDEM MUNDIAL, que o Lula , FHC, Figueiredo, Sarney, Garotinho e comparsas, seguem a cartilha direitinho.

A ordem é esculhambar, criar crises, depressões, para se instalar um estado de sítio e melhor controlar a população, desarmada é claro.

Depois de tudo bagunçado, por eles mesmos, junto com a midia é claro, irão impor uma Nova Ordem Mundial.

Marcelo Almirante 18/10/05 11:45 …

A massificação de tantos valores destrutivos na nossa sociedade, principalmente na midia, servem para baixar o tom vibratório da humanidade. Essa crise de valores é mundial.

Sempre odiei, com todas a minhas forças, figuras como Madonna. Michael Jackson, entre outros. Mas fazer o que, a população se identifica com isso.

betotumminelli 18/10/05 11:53 …

Essa cidade está entregue às baratas e a barata mor sr Cesar maia, ainda tem o desplante e o deboche de mandar o seguinte email para o seu secretariado:

“O Rio é muito mais bonito, e muito, muito, muito melhor. A tempo: e muito mais limpo”

Isso pq o cretino acabou de chegar de Madrid e Paris.

O que falta nesse pais são alguns Condes Von Stauffenberg. Esse cidadão teve peito de por uma pasta com uma bomba para matar Hitler em 1944. A bomba explodiu bem perto do coisa ruim, mas ele só se machucou, e pouco.

Falta um desse pra fazer o mesmo em Brasilia, aqui na sede da Prefeitura, no Palacio Guanabara…

jban 18/10/05 11:57 …

Os ditos galpões à esquerda parecam ser uma vila ou cabeça de porco.. Dá para ver as roupas das lavadeiras quarando(!) no quintal comunitário. O Ferrez também tem umas fotos desta região, mostrando exatamente isso. Existem ou existiam alguns galpões grandes nesta região. Na Silveira Martins havia uma Garagam-Posto chamada MUCISA, que era um posto de serviço e estacionamento que servia ao bairro e onde muitos taxistas paravam os seus carros. Havia outra da mesma rede na rua do riachuelo…. A ultima vez que passei por lá, pertencia a uma concessionária FIAT.

andredecourt 18/10/05 12:11 …

A MUCISA foi numa época mais ou menos distante, 1988/1992 um dos grandes revendedores da Nakata aqui no Rio eles tinham uma loja tb na Tijuca, coloquei uns HG “vermelhos” numa Uno 1.6R 90 que eu tive, lá.

Leflaneur 18/10/05 12:21 …

Se quiser, eu faço a pasta com a bomba.

Só não a levo porque, estando perto do pulha do Cesar Mala, ou do Redondinho, ou da Pastorinha, sou capaz de ir às vias de fato, antes mesmo de a bomba estourar!

Não aguento mais favela, não aguento mais defensores de favela, não aguento mais pagar IPTU e ainda ficar vendo essa cambada de artista de merda (me desculpem, mas Zé Maia, Arlete Salles, essa gente não tem o que fazer não?) a pedir meu voto para o SIM.

Estou num mau humor!!!!

Rafael 18/10/05 13:25 …

Marcelo Almirante,concordo contigo em número,gênero e grau.Também vejo as coisas dessa forma.Sabe aquele comportamento clássico d PM corrupto que impõe dificuldade pra vender facilidade???Pois então,instaura-se o caos,junto com a midia insuflando uma violência que não existe(violência é 1 coisa,criminalidade é outra,a midia “esquece” de esclarecer isso pra população e confunde a cabeça de todo mundo),e depois de insustentável,apresenta uma solução,conveniente àquele que a apresenta,naturalmente.É o mesmo mecanismo,rigorosamente igual.
Pessoal,sei que não tem nada a ver com a foto nem nada,mas aqui vai uma pergunta:o que vocês acham dessa história de remover as favelas de alguns locais daqui da cidade do rio???faço essa pergunta por ainda não ter 1 parecer sobre isso.
bem,fico por aqui,1 abraço,andré,e a todos também
Ah,só mais uma outra pergunta:se um ladrão invadir a minha casa armado,quem irá me defender,Arlete Salles???Zé Maia??

Mauro_AZ 18/10/05 13:39 …

Nao resisto, vou chover no molhado: De dia faltava agua, de noite faltava luz, mas era lindo pacaraca.

Quando leio as teorias de conspiracao do Marcelo…

“A ordem é esculhambar, criar crises, depressões [...] Depois de tudo bagunçado, por eles mesmos, junto com a midia é claro, irão impor uma Nova Ordem Mundial…”

…meu primeiro impulso e’ achar que e’ apenas fantasia. Mas quando vejo o que esta’ acontecendo com Vasco e Flamengo… Tem outra explicacao?

andredecourt 18/10/05 13:47 …

Sou a favor das remoções sempre fui a favor da retirada de favelas inurbanizáveis como Santa Marta e grande parte da Rocinha e as que avançam por APA’s e margens de rios e canais.

Favela não é moradia de ninguém e sim terreno fértil para demagogos e politiqueiros

prfragoso 18/10/05 16:38 …

André,
Saindo um pouco da “problemática favela”, e entrando na “solucionática técnica de fotografia”:
vc saberia dizer se estas fotos em tom sepia era devido à ação do tempo, ou seria o processo de revelação usado na época?
No album de família temos algumas fotos dos anos de 1870 (meus avós) que são assim…
Boa tarde.

andredecourt 18/10/05 17:29 …

Paulo, acho que era a emulsão a base de algum mineral que oxidava com o tempo, aqui tb temos umas fotos muito antigas do Sec. XIX que estão com esse tom de bronze, algumas já até apagando, foram digitalizadas, lógico

Marcelo Almirante 18/10/05 18:29 …

Não seria Teoria, existe uma prática de dominação, agendada por sinal. O que manda é o poder econômico, a “bufunfa”. Pensar que vivemos no mundo da Alice seria de muita ingenuidade.

Um relato sobre o roubo de NIOBITA no país, por exemplo. O povo só acredita se sair na Globo:

http://www.flickr.com/photos/quadro/53754042/

marcela busmayer 18/10/05 20:09 …

Muito legal seu fotolog, tava procurando fotos do rio antigo e atual e seu fotolog me ajudou muito!

Soraya 18/10/05 22:16 …

OI!
Vc sabe me dizer se a praia de Copacabana já recebeu areia adicional? Preciso da informação pra um trabalho escolar e não sei onde encontrar…

Soraya 18/10/05 22:16 …

me email:
cavalie@bol.com.br
Abçs

Garota de Ipanema 25/10/05 9:26 …

Olha que coisa mais linda mais cheia de graca
eh essa cidade que eu nao me canso de apreciar,
e k cada dia k passa vai ficando mais linda
beijao

Fco Patricio 31/10/05 20:00 …

Esse Hotel Central (do Flamengo) cuja sua construção remonta ao ano de 1915, era o preferido de Santos Dumont. Sua localização precisa era o quarteirão entre a Dois De Dezembro (o bonde percorria esta rua) e a Buarque de Macedo. Disponho de um rarissimo original aereo do local datado de 1920