andredecourt's foto van 3-2-06

Ontem o amigo Luiz Darcy postou em seu flog uma foto da região da Cinelândia logo após a demolição do convento da Ajuda ( http://fotolog.terra.com.br/luizd:249 ), mostrando o novo alinhamento da ainda praça Ferreira Viana, hoje praça Floriano, como também a existencia de um “varietê” nos terrenos do convento.

Hoje o Roberto Tumminelli ( http://www.flickr.com/photos/carioca_da_gema ), irá postar uma foto detalhada do varietê que ocupava o espaço, e eu então num post triplo com os amigos, posto então a planta do novo PA da área, quando da demolição do convento.

Esse PA dá as dimensões atuais da Cinelândia, ainda só se preocupando com o entorno da área e não detalhando o interior do futuro bairro Serrador.

Vemos na parte de baixo da planta a Av. Rio Branco, e um pouco acima, os jardins da praça, ali pela linha pontilhada podemos ver o antigo alinhamento em forma triangular, que acompanhava o prolongamento da rua da Guarda Velha, atual 13 de Maio rumo ao litoral, a linha mais forte, paralela à avenida Rio Branco, mostra como seria o alinhamento das novas construções e também da nova praça.

À direita da planta vemos a rua Evaristo da Veiga com seu traçado irregular e também o Palácio Pedro Ernesto, nessa época em obras de finalização, esse PA também contemplava, a demolição de imóveis localizados atrás do palácio (área em negrito), para a criação de uma via por trás do mesmo e o alargamento da rua Alcindo Guanabara, essa planta nos mostra claramente que o palácio foi construído respeitando o antigo PA, razão para qual se forma aquele largo na sua frente.

Como curiosidade posto o que está escrito na planta:

Na parte superior esquerda- ” Aprovado pelo Dec. 1643 de 25 de Dez de 1921,. Vide segunda publicação em 26 de Dez de 1921″

Na parte central inferior da planta- “Observação: A largura da nova rua, entre meios-fios deve ser de de 11,50 m e a largura do passeio do lado do terreno do antigo convento da Ajuda, deve ser de 2,65 m. Rio 21 de Julho de de 1922. Ass Prefeito Carlos Sampaio.”

A última nota interessante é comprovar que o antigo nome da rua Pedro Lessa, nessa época ainda com um só quarteirão era Conde da Barca

Comments (8)

luiz_d 3-2-06 6:29 …

Caramba, você tem documentos incríveis.

http://fotolog.terra.com.br/luizd

Rafael Netto 3-2-06 6:46 …

A rua Álvaro Alvim e aquelas ruazinhas transversais são algo meio sinistro…. lembra “film noir”, aqueles becos típicos de cidades americanas e raros no Brasil.

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

edubt 3-2-06 9:29 …

Eu devo ter essa planta aqui…

Qt à Alvaro Alvim e adjacencias, eu adoro aquelas ruas com os pequenos bares e resturantes. Acho elas muito significativas e tipicamente cariocas. Sem contar com a cerveja (de garrafa) que é geladinha.

:-) )))

Rafael Netto 3-2-06 10:01 …

Aí é que está… eu não acho a Álvaro Alvim “tipicamente carioca”, é um beco escuro e sujo, espremido no meio de fundos de edifícios. Os bares estão virados para a Cinelândia.

Eu já tinha visto uma planta parecida com essa em exposição na Biblioteca do CT-UFRJ, acho que era um livro da Avenida Central, pré-Quarteirão Serrador, com o Convento da Ajuda e a Praça Ferreira Vianna. Mas era escrito em “letras de fôrma”.

nana_abranches 3-2-06 10:45 …

Olá André,tudo bom?
Estou invadindo seu flog por uma indicação e resolvi te escrever pedindo um email de contato pois gostaria de trocar figurinhas contigo a respeito do meu TFG (trabalho final de graduação)… quem sabe vc pode me ajudar com imagens!!
Aguardo contato!!!

Mauro_AZ 3-2-06 13:50 …

Que post excelente. Agora para mim ficou totalmente claro o posicionamento do Palacio Monroe, que me dava a impressao de estar fora de alinhamento com o tracado das ruas. Na planta da para ver que antes da demolicao do convento e a ampliacao da praca, a localizacao do Monroe tinha logica.

jban 3-2-06 14:58 …

Me parece a planta da Praça Eugenio Jardim

jban 3-2-06 15:20 …

André,

Um excelente documento ! Eu sabia da mudança de alinhamento, mas gostei de ver as plantas