andredecourt's photo de 11/04/07

Largo da Lapa, anos 40

Nesse postal podemos ver o urbanismo do Largo da Lapa, urbanismo este que começou a desaparecer no final dos anos 60 e hoje está completamente desaparecido por força das várias modificações que a Lapa sofreu até os anos 90.

Nossa foto certamente é de antes de 1948, mas não muito mais antiga que isso. Por de trás do Lampadário da Lapa, vemos o prédio do Grande Hotel, ainda no seu formato original, mas sem letreiro. No ano de 1948 ele seria reformado, ganhando a fachada de hoje e virando um cinema, o Cine Colonial, sendo desapropriado em 1965 no governo Lacerda para virar a Sala Cecília Meireles.

Na transformação para Cine Colonial a fachada foi bem modificada, perdendo as características do séc. XIX e se transformando no pastiche neo-colonial que está até hoje lá. Indo na Travessa do Mosqueira ainda se pode ter uma idéia da fachada do velho hotel, pois pouco foi modificado na empena lateral.

Depois do prédio baixo, temos o belo prédio em art-noveu do Hotel Bragança, um dos bons hotéis da região no início do séc XX e hoje completamente arruinado, invadido, abandonado e pronto para desaparecer a qualquer momento, por um incêndio ou desabamento, apesar de estar tombado por diversos órgãos de proteção cultural em todas as esferas de poder.

Na foto em primeiro plano temos o lampadário, que finalmente desde o ano passado voltou a ter luminárias próximas as originais, depois de décadas de luminárias absurdas ou sem nenhuma, como aconteceu apartir de 1992, quando o lampadário virou uma grande boca banguela.

Ao seu lado temos a mítica Estação de Bondes da Lapa, uma das responsáveis pela ligação dos bondes vindos da Grande Tijuca para a Zona Sul. A estação foi o primeiro elemento desta foto a desaparecer no final dos anos 60, embora tenha resistido alguns anos como ponto dos ônibus elétricos e dos diesel da CTC.

No extremo direito da foto vemos atrás dos oitis alguns imóveis que desapareceram junto com as árvores na absurda “reforma” implementada no início dos anos 70, no governo da Guanabara de Chagas Freitas, onde quarteirões da Lapa foram arrasados com desculpas esfarrapadas, com a de liberar a visão dos Arcos. Na realidade aprofundou-se a decadência da região e desconectou o bairro da Lapa de boa parte do Centro, só hoje em dia, passados 30 anos do ocorrido que a região mostra um vigor de recuperação, mas imóveis em ruínas, população de rua e ausência de passantes ainda indiquem que falta muita coisa.

Comments (14)

derani 11/04/07 10:16 …

Aí sim, uma composição urbana perfeita.
Lindo, lindo.
Hoje, uma lástima.
Sucessão de erros.

Wagner Bahia 11/04/07 11:02 …

Linda foto. Post espetacular.

Marcelo Almirante 11/04/07 11:23 …

Olha lá o lampadário. Quanta fantasia.

edubt 11/04/07 12:01 …

Po tio. Eu postei essa foto no Flicts. Tá desmemoriado?

Luiz D’ 11/04/07 13:08 …

E a “Gato Preto” já estava lá.

Flicts? Esse Tumminelli parece o Menino Maluquinho!

js 11/04/07 13:44 …

Belissima foto. O texto retrata fielmente a irresponsabilidade dos que tombam o patrimonio sem o mínimo de planejamento para garanti-lo,e permitem invasões por brasileiros tambem abandonados.

edubt 11/04/07 14:44 …

:-) )))))
:-) ))))))))

Pior que parece mesmo foto do Grobo.

Tenho uma aqui nesse local à noite. Tá meio ruim. Nunca escaneei. Duma reportagem da Cruzeiro. Qq dia vou escaneear.

jban 11/04/07 17:08 …

Só falta a panela na cabeça…

André, Essa é a área onde minha família se fixou quando chegou da Italia e Portugal. Se procurar bem, sou capaz de ver meus pais e avós no meio dessas pessoas.

Até hoje me sinto em casa na Lapa.

Salve a Lapa !!

Rafael Netto 11/04/07 19:37 …

Não sabia que a Sala Cecília Meireles era o Grande Hotel reformado. Achava que tinham demolido um prédio e construído outro. Mas na prática deve ter sido isso mesmo, porque de um hotel pra um teatro existe uma grande distância…

O lampadário da Lapa tem um conjunto escultório interessantíssimo que entre outras coisas, representa de forma tridimensional o antigo brasão da cidade. Recentemente reparei que existe algo parecido, mas bem menos impressionante, no relógio do Largo da Carioca.

Falando nisso, tiraram o relógio de lá. Alguém sabe o que está sendo feito?

http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto

mariliacarqueja@uol.com.br 11/04/07 22:34 …

Sou colecionadora de Cartões Postais do RIO ANTIGO e já fiz alguns pps sõbre o Rio.Gostaria de enviar para você. Para onde?
Ipanema fez 100anos.
Cartões Azuis(Botelho)etc
Aguardo resposta MC

Vinicius 11/04/07 23:46 …

Rafael, o relógio foi retirado para manutenção e limpeza. Hoje a tarde colocaram ele de volta.

jason_1900 14/04/07 02:30 …

Pneu Brasil… O Chevrolet tinha um (01) desses quando veio para minhas mãos!