andredecourt's photo de 15/01/08 

Para quem ficou curioso com as informações e especulações dadas ontem, onde citávamos a hipótese de a Light ter usado um “testa de ferro”, o inglês H. L. Wheatley, para a implantação de sua linha de ônibus elétricos na Av. Central.

Publico hoje uma das páginas do órgão de comunicação interna na Brill Company, fabricante da carroceria e chassis do curioso veículo onde em Maio de 1918; ou seja, 4 meses antes de entrar em operação por Wheatley e 8 antes da concessão ser passada para a The Rio de Janeiro Traction, Light and Power; menciona que os veículos foram encomendados pela própria Light para serem usados nos modernos bulevares do Rio, ajudando o sistema de bondes.

Essa página, fragmento de um órgão de comunicação, certamente restrito à época a engenheiros e empresas de transportes sobre trilhos, e ainda por cima escrito em inglês e publicado fora do Brasil, põe por terra uma das versões oficiais e contadas por quase todos os historiadores do tema sobre esse capítulo do transporte público em nossa cidade.

O tema merece uma profunda pesquisa em arquivos e na BN, mas de forma superficial tudo indica que Wheatley era um terceiro agindo em nome da toda poderosa Light.

 

Comments (4)

rodperez 15/01/08 09:17 …

Eae, André??

Alguma novidade?? mande-me um e-mail!!

abração

jban 15/01/08 10:36 …

Era um bom ônibus. Era o Bom-Brill !!!!

Ai ! Essa foi horrível !

derani 15/01/08 13:07 …

O bichão era feio que dói…
Na certa, um laranja esse H. L. Wheatley.

jban 15/01/08 15:57 …

Queremos mais informações de como era feita a recarga das baterias.