Por motivos de obras nosso arquivo inédito, bem como os livros e demais materiais de consulta estão indisponíveis, portando faremos um repeteco de posts que foram realizados no fotologo desde o início do “foi um RIO que passou”, quando possível com os textos revisados e enriquecido. O de hoje, publicado em Janeiro de 2004, mostra a regíão do Posto IV, tomada do Posto III.

Foto tirada provavelmente da esquina da Rua Siqueira Campos, podemos identificar praticamente todos os prédios até a rua Barão de Ipanema, o primeiro da direita para a esquerda é o edifício Guará, o em construção é do Hotel Luxor, o prédio mais baixo com pequena torre é do Hotel Londres, demolido em 1952 pela “especuladora” Predial Corvovado, depois vemos o edifício Guarujá ( com suas 4 torres na cobertura ) e finalmente o edifico Lellis/São Paulo, que ocupa todo o lado par do primeiro quarteirão da Barão de Ipanema, o edifício entre o Guarujá e o Lellis, não fica na orla sendo possível que seja o prédio de número 22 da Barão de Ipanema .
A verticalização já tinha começado mas não era tão agressiva quanto hoje, se até os anos 40 tivesse havido uma programação urbanística Copacabana seria bem diferente do que é hoje

Foto publicada na Beira Mar de 25/7/1936