l-do-machado-obras-metro

Nossa foto de hoje mostra a verdadeira terra arrasada que se transformou o  Largo do Machado durante as obras do Metrô nos anos 70.

Todo um tecido urbano consolidado desde o meio do séc. XIX, com algumas mudanças no período Passos, desapareceu de forma abrupta em pouquíssimo tempo, referenciais do bairro e até mesmo da cidade, como a garagem de bondes, o Café Lamas, todo o comércio da Rua do Catete e o Cinema São Luiz foram varridos pela agressiva técnica construtiva do cut and cover.

Nossa foto mstra um caminhão trafegando por entre as paredes diafragmas do poço da estação e seus acessos, os únicos referenciais urbanos que podemos nos basear são as 3 solitárias árvores do Largo do Machado, sendo uma delas um dos exemplares centenários de palmeiras imperias que existem na praça.  Todos os sobrados da Rua do Catete sumiram.

No fundo vemos a parte maior do Cinema Sâo Luis, já sem os sobrados que ficavam na sua frente e até mesmo o que lhe servia de acesso e bilheteria. O aspecto do prédio é de abandono, talvez aguardando a aprovação do edifício novo, ou uma definição do PA para ser jogado ao chão.