Com a desativação das pistas do Trampolim do Diabo na Gávea no início dos anos 50 a cidade ficou se um local próprio parta corridas de carros, até a inauguração do Circuito da Barra no final da década (http://www.rioquepassou.com.br/2006/11/13/pista-da-barra-i/ http://www.rioquepassou.com.br/2006/11/14/pista-da-barra-ii/ http://www.rioquepassou.com.br/2006/11/15/pista-da-barra-iii/ ) usou-se as avenidas pouco ocupadas da Esplanada do Castelo, a Quinta da Boavista, o entorno do Maracanã e até mesmo a Ilha do Fundão. As fotos de hoje mostram uma corrida de carros, em Junho de 1956 na Park Way da Praia de Botafogo, inaugurada uns 4 anos antes, juntamente com trechos internos da orla do bairro.

A sequência de 7 imagens mostra a improvisação do circuito, com o público aglomerado junto aos meio-fios, sacos de areia como guard-rails e muito do antigo bairro, como  o prédio da SEARS, o Ed. Pimentel Duarte e o Ed. Vifer com sua fachada original.

As fotos também são ótimos destemunhos do urbanismo da região, destaque para a região do Mourisco, e mostram também os primeiros balanças já subindo como o gigantesco Belair.

Como vemos corria-se de tudo, carros americanos de década anterior, de MGs, carros esporte do nipe de Jaguar e até mesmo um VW Sedan que faz um belo contra-esterço na entrada do Morro da Viúva. Acho que o carro ganhador é uma Ferrari, possivelmente a que foi, já bem modificada de Camilo Christófaro, e que ganhou no Circuito da Barra o GP do IV Centenário, isso é uma informação a conferir.

Aproveitem as fotos: